URUPEMA/SC GANHA TÍTULO DE ‘CAPITAL NACIONAL DO FRIO’

URUPEMA/SC GANHA TÍTULO DE ‘CAPITAL NACIONAL DO FRIO’

NA REGIÃO CONGELAM ATÉ PINHEIROS, RIACHOS E CACHOEIRAS

É o ponto mais alto de SC

 

Na localidade de Morro das Torres (1.750 m de altitude) chaga registrar menos dois dígitos e sensação térmica de -15 Cº todo inverno.

 

Agora a cidade tem o título de a mais fria do Brasil e também receberá moderno equipamento para receber turistas.

 

De iniciativa do senador Esperidião Amin, foi aprovada pelo Senado e já foi sancionada, a lei que concede a denominação de Capital Nacional do Frio a Urupema, em SC

 

 

wp-16383683254056071274301282911835

 

 

Galeria de fotos do inverno

(do nosso arquivo)

 

 

WhatsApp Image 2019-08-03 at 10.24.25 (1)

WhatsApp-Image-2019-07-07-at-09.47.32

WhatsApp-Image-2019-07-07-at-09.47.34

 

WhatsApp Image 2019-07-05 at 08.55.12 (1)

 

 

 

CAPITAL NACIONAL DO FRIO 

O Brasil agora tem sua “Capital Nacional do Frio”.

O senador Esperidião Amin teve aprovado projeto criando a ‘Capital Nacional do Frio’, em Urupema/SC.

 

Aprovado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), o projeto foi à sanção presidencial, ocorrida no último dia 30 de novembro.

A cidade de Urupema está localizada na Serra Catarinense e sua altitude média é de 1.425 metros, a mais alta do estado. Mas, no Morro das Torres, vasta região de morros, a altitude chega a 1.750m acima do nível do mar.

Por isso é considerada uma das cidades mais frias do País, com temperatura média anual de 14ºC. Lá são registradas as principais temperaturas negativas do Brasil todo inverno.

MODERNO EQUIPAMENTO RECEBERÁ TURISTAS

 

SANTA CATARINA INVESTE EM VITRINE DE PRODUTOS TURÍSTICOS DE INVERNO

Será em Urupema e é o maior do gênero da Serra Catarinense.

Trata-se de um complexo para atração de turistas durante o inverno, quando registram lá as mais baixas temperaturas o País.

A estrutura contará com vários produtos típicos e espaços para turistas que poderão saborear a gastronomia típica e conhecer as manifestações culturais.

 

09b4835d-2b88-48b3-8fa6-0794ccbcee33-1536x1152

FOTO: BOG OLIVETE SALMÓRIA

 

ESTADO INVESTE R$ 8,2 MILHÕES NA CIDADE MAIS FRIA DO BRASIL

O governador Carlos Moisés/SC esteve em Urupema recentemente quando assinou convênio para construção do maior equipamento de turismo de inverno do Estado.

Menos de um mês após ter recebido o projeto do complexo do centro da cidade, incluindo uma Rua Coberta, o governo do Estado já deu andamento ao processo de construção da obra.

Ao assinar o convênio de R$ 8,2 milhões, cerca de 5 milhões para o projeto da Rua Coberta, o governador disse que é a forma de valorizar a capacidade dos cerca de 2.400 moradores locais que foram capazes de, com a ajuda da natureza, formar uma bela atração turística até aqui, apenas com suas forças.

“Eles tem o mesmo valor que os catarinenses de cidades maiores do Estado”, observou.

 

MAS O QUE É ESSA VITRINE  DOS PRODUTOS TURÍSTICOS DO FRIO?

A Rua Coberta de Urupema é uma concepção diferente do que existe do gênero.

 

Urupema (1)

 

É um projeto de urbanização de toda a praça central, incluindo e cobertura da rua Florisnaldo da Silva Muniz e que foi idealizado para criar um espaço mais confortável, coberto, protegido, que proporciona capacidade para usos gastronômicos, de lazer e culturais.

São quatro as principais utilidades da proposta que é composta de: via de pedestres exclusiva e a via de veículos em sentido único fora da cobertura; área destinada a espaços comerciais (gastronômicos e culturais) com atendimento em dois níveis (térreo e mezanino); área de descanso – que inclui bancos para descanso e contemplação; e área de lazer, no térreo e no superior, com pátios cobertos e com pérgula e poltronas suspensas e palco, além de sanitários públicos e acessibilidade total.

No total, o governador Carlos Moisés confirmou na sexta-feira, 10, o repasse de um total de R$ 8,2 milhões para o município. Somente para a implementação do projeto da Rua Coberta, serão aproximadamente R$ 5 milhões.

Fonte: Blog Olivete Salmória/Lages

 

POSTAGEM ANTERIOR 

O Governo de Santa Catarina Confirmou que já está protocolado e será encaminhado um projeto que será a vitrine do Estado, em termos de equipamento para o turismo de inverno.

 

WhatsApp Image 2020-07-15 at 10.52.39 (1)

 

O equipamento será construído no ponto mais frio do País, na Serra Catarinense. É um complexo para melhor aproveitamento do potencial do frio, principal produto do turismo de serra.

Essa obra prevê a revitalização da praça central e de seu entorno. Porém, o núcleo do empreendimento será a construção da cobertura da rua chamada Florisvaldo da Silva Muniz, certamente uma grande atração aos visitantes, especialmente em dias de frio com geada ou neve.

A “Rua Coberta” reunirá espaços para lazer, ambientes típicos da região, como fogão a lenha, chimarrão, chapa apropriada para assar pinhão, churrasqueiras e outros atrativos de ambientes para se curtir o frio.

Além, é claro, de outros espaços apropriados para a gastronomia típica e a comercialização de produtos típicos e souvenirs.

Tudo indica que o churrasco e os pratos à base do pinhão serão a essência da gastronomia típica a ser colocada à disposição.

A previsão é de o Estado investir mais de R$ 5 milhões, além da contrapartida municipal.

 



Politica de Privacidade!