CAPÃO ALTO AVANÇA NA IMPLANTAÇÃO DA REDE DE TRATAMENTO DE ESGOTO

CAPÃO ALTO AVANÇA NA IMPLANTAÇÃO DA REDE DE TRATAMENTO DE ESGOTO

Capão Alto avança na implantação da rede de tratamento de esgoto

 Onze anos depois de iniciadas as primeiras tratativas para implantação da rede de tratamento de esgoto de Capão Alto, as obras caminham para finalização. Desde que foi assinada a ordem de serviço para construção da Estação de Tratamento de Esgoto, se passaram cinco anos.

Esta semana o prefeito Tito Pereira Freitas determinou prioridade máxima para conclusão das redes coletoras e o esgoto de mais de 600 famílias passará a ter uma destinação correta.

“Estamos com duas frentes de trabalho. Uma concentrada na ampliação da rede esgotamento sanitário e outra na reurbanização das ruas ao entorno da praça Hortêncio Vieira de Córdova. O saneamento vai resolver um problema antigo de saúde pública e a pavimentação das ruas, ao redor da praça com calçadas e sinalização moderna elevará a autoestima da comunidade”, prevê o prefeito.

No ritmo que estão as obras Capão Alto poderá ser em breve, o primeiro município da Serra Catarinense com 100% de esgoto tratado. “Estas obras estão sendo possíveis, graças as parcerias e os recursos federais, estaduais e de emenda da deputada Carmen Zanotto”, explicou o prefeito.

Ele adiantou que os recursos do Fundam a ser liberado pelo governo do estado este ano, será empregado na revitalização de toda extensão da rua que corta o perímetro urbano do município, a João Vieira. Tito Freitas admite as dificuldades financeiras da prefeitura, mas diz que, com planejamento tem conseguido otimizar a aplicação do dinheiro público.

Estação de Tratamento de Esgoto custou R$ 1.5 milhão

A Estação de Tratamento de Esgoto (Ete) de Capão Alto está com toda estrutura pronta. Localizada a cerca de um quilômetro do perímetro urbano funcionará por gravidade. O investimento na unidade foi de R$ 1.546.210,42, com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC I), liberados através da Fundação Nacional de Saúde Funasa.

A previsão inicial era de que em final de 2013, Capão Alto já tivesse com a rede de esgotamento pronta e operando. O prefeito Tito Freitas observou que, a Estação de Tratamento de Esgoto já foi energizada e está praticamente em condições de processar o esgoto das residências.

Investimento de R$ 247 em pavimentação e calçadas

A revitalização da praça Hortêncio Vieira de Córdova, pavimentação das ruas Vidal Antunes, Henrique Córdova, Atílio Mortari e João Vieira, custarão precisamente R$ 247.600,740. Neste custo está incluído também, a construção de passeios público e a execução do contrato está sendo viabilizada através da Caixa Econômica Federal.

As lajotas das calçadas serão em cor vermelha e a lajota direcional em cor cinza. Dentre as melhorais ao redor da praça estão previstas também, cinco faixas de pedestres, drenagens das ruas, sinalização de trânsito e remodelação completa do paisagístico da praça.

Só em passeios públicos serão quase 800 metros quadrados de calçadas margeando as ruas Atílio Mortari, Henrique Córdova, Vidal Antunes e João Vieira. Nas pavimentações das ruas serão quase dois mil metros quadrados de benfeitorias, fora a reurbanização de toda extensão da rua João Vieira que será complementada com recursos do Fundam.