BREGA OU O LEGÍTIMO INTELIGENTE POPULAR? – Parece que intelectuais do ócio é que tem inveja de quem faz sucesso.

BREGA OU O LEGÍTIMO INTELIGENTE POPULAR? – Parece que intelectuais do ócio é que tem inveja de quem faz sucesso.

ATÉ FALAR EM DOR DE CORNO TEM SEU VALOR. MAS É AQUELA MANIA DE ROTULAR AS PESSOAS QUE CAEM NAS GRAÇAS DO POVO.

Primeiro as pseudos celebridades e setores da cultura rotularam de brega Reginaldo Rossi, Sidney Magal e José Augusto, só pra ficar entre os artistas populares dos shows. É que eles ganhavam dinheiro com suas músicas.

Ainda há que se destacar a luta que a moderna música sertaneja travou para furar a barreria do preconceito.

Agora esse preconceito se espalha para todo rincão onde alguém popular se destaca, na política ou nas atividades das periferias.

Quem assistiu hoje ao documentário sobre Reginaldo Rossi, provavelmente percebeu qualidade em seus temas e inteligência na letra da música “Mon Amour, Meu Bem, Ma Femme”.

Ou ainda deve ter encontrado sabedoria nas palavras do cantor Falcão e nas de um crítico de música ou sociólogo, ambos falando sobre a do dor de Corno.