BRASILEIRÃO 2021 SÉRIE “A” – Galo vira o jogo em Salvador e é campeão após 50 anos. Derrotado, Bahia vê rebaixamento mais próximo

BRASILEIRÃO 2021 SÉRIE “A” – Galo vira o jogo em Salvador e é campeão após 50 anos. Derrotado, Bahia vê rebaixamento mais próximo

Foto: Atlético.com.br

APÓS ESTAR PERDENDO POR 2 A 0 PARA O BAHIA, O ATLÉTICO FAZ 3 GOLS EM 5 MINUTOS E CONQUISTOU O BI

Keno entrou no 2º tempo, fez 2 gols e virou o herói do BI. Antes, Hulk havia cobrado pênalti e marcado o 1º da virada. Gols do Bahia: Gilberto e Luiz Otávio.

 

O Bahia abriu a contagem no começo do 2º tempo e logo marcou o 2º gol. Cuca mexeu no time e em 5 minutos veio a vitória por 3 a 2.

Em BH, hoje a noite vai ser de festa, pois a torcida viu adiado o grito de campeão por duas vezes e estava mais ansiosa ainda.

Agora o Galo cumpre tabela no Brasileiro e se prepara para outro duelo: a final da Copa do Brasil com o Athletico Paranaense.

 

ANTERIOR

No domingo, assistindo ao jogo, o ídolo Reinaldo chorou!

Hulk usou o gesto de Reinado para comemorar seus gols nos anos 80 e o Rei se emocionou.

PERTO DO TÍTULO

COM 11 PONTOS DE VANTAGEM SOBRE O FLAMENGO, 2º COLOCADO, O GALO SÓ NÃO SERÁ CAMPEÃO SE PERDER TODOS OS JOGOS RESTANTES.

Mas o flamengo terá de ganhar todos os seus.

Caso o Rubro-Negro empate o próximo jogo com o Ceará e o Galo vença o Bahia, põe a mão na taça já na próxima quinta-feira.

Com o Mineirão lotado, neste domingo (28), o Atlético-MG venceu o Fluminense por 2 a 1 e praticamente garantiu a Taça.

Saiu perdendo, mas virou o jogo com 2 gols de Hulk, para o delírio da torcida, que na verdade já comemoro o  título.

O lendário Reinaldo assistiu ao jogo deste domingo.

Ele é um dos maiores ídolos da torcida e da história do Galo. Emocionado, ele chorou, assistindo de camarote à partida que colocou o time mais perto do título.
Ele nunca foi campeão do Brasileirão da Série A, apesar de uma carreia vitoriosa. Participou da campanha de 1980, quando o Flamengo foi campeão e em 1983 o Galo ficou em terceiro lugar.

POST ANTERIOR

ESPECIAL:

O VEXAME DO ÚLTIMO GRE-NAL

Coisas da cultura do nosso futebol. Mais um Gre-Nal com provocação, confusão e expulsões.

Neste sábado o Beira-Rio foi palco de mais um Gre-Nal pelo Campeonato Brasileiro série “A”. Como sempre, após o apito final do árbitro se intensificaram as provocações e terminou em briga quase generalizada dentro de campo.

Tudo começou quando torcedores do Internacional, que venceu a partida por 1 a 0, desfilaram com caixões pelas arquibancadas e um foi parar dentro de campo.

Tudo piorou para o clima se exaltar, porque o Grêmio, com mais uma derrota, praticamente não tem mais chances de se salvar do rebaixamento.

Aí a provocação da torcida do time da casa e dos próprios jogadores, tendo em vista a iminência do rebaixamento do tricolor para a Série “B”, teve início a confusão entre jogadores dos dois times, resultando em  duas expulsões.

A vitória Colorada veio pelo único gol, marcado de cabeça por Taison, ainda no primeiro tempo. Com a situação delicada do Grêmio no Campeonato, os torcedores colorados aproveitaram para fazer provocações nas arquibancadas.

Fantasias de fantasma da Série B e material recortado em formato de caixão, nas nas cores do rival, foi o que bastou para ter início a briga.

Patrick (Inter) e Cortez (Grêmio) acabaram expulsos.

Assim que o jogo terminou, a comemoração no Beira-Rio foi intensa entre atletas e torcedores. Por exemplo, o Patrick passou a exibir dentro do campo um caixão de papelão com as cores do Grêmio, o que desencadeou a confusão entre jogadores dos dois times. (Fonte: Gazeta dos Esportes)

 

 

 

 

 

 



Politica de Privacidade!