BOMBA! BOMBA! BOMBA! Saiba porque Bolsonaro chamava o atual governador de Bomba. E como foi que “o Bomba” chegou a governador.

BOMBA! BOMBA! BOMBA! Saiba porque Bolsonaro chamava o atual governador de Bomba. E como foi que “o Bomba” chegou a governador.

VEJA COMO BOLSONARO SE REFERIA AO COMANDANTE MOISÉS, ANTES DA CANDIDATURA A GOVERNADOR.

Fotos: Notícias Uol

O governador de SC surpreendeu em tudo na eleição. Primeiro porque sua candidatura já foi uma surpresa. Saiu candidato a governador por acaso. Aceitou o desafio só para “ajudar” o candidato a senador pelo PSL em SC, Lucas Esmeraldino. Mas a maior surpresa foi esta: acabou sendo uma sensações da última eleição de governador no Brasil.

Ele era assessor do então pré-candidato ao Senado, Lucas Esmeraldino. Vira e mexe iam juntos a Brasília se encontrar com o então pré-candidato a presidente da República pelo PSL, Jair Bolsonaro.

O presidente lidou até que convenceu o Moisés a sair candidato ao Governo, “mesmo que só fosse para completar a chapa em SC e “ajudar” o Esmeraldino” que concorreu ao Senado. Isto ainda era em abril do ano do pleito, quando o Comandante se filiou ao PSL.

Ao saber que Moisés era bombeiro, toda vez que se reuniam o presidente Bolsonaro tratava o Comandante Moisés de “o Bomba”. Bomba pra cá, bomba pra lá, o homem acabou pegando jeito para a coisa e num instante já estava dando aula de campanha política a todo mundo.

20181008-merisio_moises_sc_rep (1)

E não é que o BOMBA “bombou” mesmo! Bombardeou todo mundo. Mas, a maior bomba mesmo foi nos últimos dias do 1º turno, quando podou todo mundo. Passou frouxo pelos favoritos:  Décio Lima (PT), depois pelo Mariani (MDB) e foi para o 2º turno já na frente do seu oponente Merísio (PSD).

Resultado: o Merísio levou bomba e o Moisés Bombeiro bombou em SC: 71% dos votos!

Pior é que agora quem pode levar bomba é o governador Moisés. Com a montagem de um governo republicano, foi perdendo companheiros e parece que já não tem mais uma base para se livrar de um possível processo de Impeachment.

Por sinal já está em andamento uma CPI contra ele.