ACONTECEU EM LAGES O I LAGES MATSURI – comemoração dos 110 anos da imigração japonesa

ACONTECEU EM LAGES O I LAGES MATSURI – comemoração dos 110 anos da imigração japonesa

…….

1° Lages Matsuri reuniu milhares de pessoas

 

REALIZADA NESTE SÁBADO A PROGRAMAÇÃO DO I MATSURI

O I Lages Matsuri comemorará os 110 anos de imigração japonesa no Brasil. A Fundação Cultural de Lages (FCL) e a ACNBL (Associação Cultural Nipo Brasileira de Lages) se esmeraram na preparação, inscrições e apresentações para que o evento fosse um sucesso.

A Fundação Cultural fez parceria com as secretarias de Meio Ambiente e Serviços Públicos, Semasa, Corpo de Bombeiros, Secretaria de Planejamento e Obras (Seplan), Diretoria de Trânsito (Diretran) e as Polícias Militar e Civil tem cuidado de toda a logística do Lages Matsuri.

Palco, sistema de som, banheiros químicos, tendas e a estrutura da Biblioteca Pública Carlos Dorval de Macedo são responsabilidades da Prefeitura, através da FCL e demais secretarias. A equipe do Centro de Educação Ambiental Ida Schmidt também está auxiliando na organização. A ACNBL executa as atrações artísticas, decoração, praça de alimentação, exposição de arte oriental e as oficinas de origami e mangá. Também há a possibilidade de uma oficina de bonsai.

As oficinas foram realizadas na parte da tarde do sábado (21 de julho), a partir das 14h na Biblioteca, e as inscrições podem ser realizadas na hora das oficinas com as instrutoras. As oficinas foram gratuitas e não foi necessário levar material.

O presidente da ACNBL, Gilberto Massashi Ide, diz que serão três turmas para o período da tarde. “São seis vagas por turma para cada oficina. As turmas foram dividas em três com horários que iniciam às 14h no piso superior da biblioteca”, informa.

Shows, gastronomia e encerramento especial

O I Lages Matsuri tem uma programação voltada para registrar os 110 anos de colonização japonesa no Brasil, mas também é um evento que tem por objetivo contar aos lageanos que a comunidade nipo brasileira em Lages é forte e atuante. O início das atividades está programado para as 10 horas, deste sábado (21), com solenidade de abertura aconteceu às marcada para as 11 horas, com presença de autoridades e a execução dos hinos de Lages, Brasil e Japão e tradução simultânea para o japonês.

Ao longo do dia os visitantes foram recebidos numa pracinha de alimentação com venda de pasteis japoneses, tempurá, sushi e yakisoba e uma loja de artigos japoneses.

Os shows também fazem parte da programação, além das apresentações do grupo de Taiko (tambores japoneses) Sakura Daiko, mostra de danças japonesas e artes marciais também fazem parte das atrações.

O encerramento foi às 17h30, quando barquinhos com velas foram lançados no Tanque. Segundo os organizadores é uma tradição japonesa que representa a paz.

Veja a programação do Iº Lages Matsuri:

10h – início das atividades;

11h – cerimônia de abertura;

13h30 – apresentação de judô;

14h – Show Taiko Sakura Daiko (tambores);

14h30 – Danças japonesas;

15h – Lai Do (demonstração com espadas);

15h15 – Danças Japonesas;

15h30 – Demonstração de Karatê;

16h – Workshop de Taiko;

16h30 – Danças japonesas;

17h – Show Taiko Sakura Daiko (tambores);

17h30h – Encerramento com soltura de barquinhos japoneses no Tanque.

Serviço:

O quê? – Oficinas de mangá e origami do I Lages Matsuri;

Quando? – 21 de julho, sábado;

Onde? – Biblioteca Pública Municipal Carlos Dorval de Macedo;

Hora? – a partir das 14h;

Como? – inscrições diretamente no local com as professoras, gratuitas, e com 6 vagas para cada oficina.

LAGES, SC, 21.07.2018: Cultura - O 1° Lages Matsuri celebrou os 110 anos da imigração japonesa no Brasil, o festival nipônico reuniu em sua programação danças típicas japonesas, apresentações com Taiko e artes marciais como Judô e Karatê. A iniciativa foi da recém criada Associação Japonesa de Lages, que reune imigrantes japoneses e descendentes.
O 1° Lages Matsuri celebrou os 110 anos da imigração japonesa no Brasil, o festival nipônico reuniu em sua programação danças típicas japonesas, apresentações com Taiko e artes marciais como Judô e Karatê. A iniciativa foi da recém criada Associação Japonesa de Lages, que reune imigrantes japoneses e descendentes.