ACIL RECEBE DADOS DO SENAI/SC – Uma das mais importantes instituições para aprendizagem profissional

ACIL RECEBE DADOS DO SENAI/SC – Uma das mais importantes instituições para aprendizagem profissional

O diretor do SENAI SC, Jefferson Gomes, esteve reunido com lideranças do setor produtivo de Lages. A ACIL – Associação Empresarial de Lages – recebeu em sua reunião semanal, o diretor regional do Senai em SC, Jefferson Gomes.

Na oportunidade, ele repassou aos diretores alguns dados referentes ao trabalho realizado pela instituição no estado.

Há muito que o Senai se destaca como uma das maiores instituições de educação profissionalizante do Brasil, forma cerca de 2,5 milhões de pessoas por ano, em todo o país.

Dados mais recentes revelam que em Lages, desde sua inauguração em 1956, já formou 120 mil pessoas.

Conforme o que destacou Gomes, “de cada dez pessoas que entram no ensino médio, apenas 4 se formam e de cada 10 pessoas que entram no Senai, 9 se formam.

“Nossa lógica de formação de pessoas é transformar o jovem e prepará-lo para ir para universidade”. Ressalta, ainda, que outro dado importante repassado por ele, é sobre as novas profissões.

ANEXO

Como dado complementares, conforme conteúdo repassado pela Assessoria de Imprensa da ACIL, O diretor do Senai destacou que hoje existem 7,5 bilhões de pessoas no planeta, sendo que, 3,5 bilhões trabalham. Destas, 1 bilhão de pessoas trabalham em profissões que não existia antes de 2011. “Os novos números que temos agora é de que nos próximos cinco anos, 65% das profissões que serão ofertadas ainda não existem”, declarou.

Para atender a demanda das indústrias catarinenses, o Senai investiu R$ 3 bilhões em um projeto chamado Programa de Aumento da Competitividade da Indústria, com o objetivo de criar institutos para testes da indústria. Em Santa Catarina foram criados sete institutos de tecnologia para fazer testes nas áreas de alimentos, logística, eletroeletrônica, ambiental, automação, materiais e têxtil. Existem ainda três institutos de inovação no estado: laser, sistemas de manufatura e sistemas embarcados. “Hoje o Senai já tem a primeira rede de testes para indústria e a segunda maior instituição de pesquisa e tecnologia do país. Qualquer tipo de ação que possa ajudar no desenvolvimento regional estamos juntos”, finalizou ele.

d49bf7e8389fe90b7c3fa16c33af6038