COLUNA ERON J.SILVA DIA 18/05/2017.

COLUNA ERON J.SILVA DIA 18/05/2017.

ERON J SILVA

FOTO 1

Deputado luta por demanda no aeroporto

Agora que o Aeroporto Regional de Correia Pinto está praticamente pronto e prestes a ser homologado, o desafio é conseguir demanda para vôos regulares e diários. Só assim o investimento irá fazer sentido. O deputado Gabriel Ribeiro/PSD tem o caminho das pedras para conseguir essa demanda: motivar as pessoas das regiões vizinhas a usar o avião. Para isso, ele sugere envolver os prefeitos nessa tarefa. São, ao lado de empresários e agentes de turismo, os maiores interessados. “É preciso mostrar para as pessoas que andar de avião é moderno, seguro e até barato em relação aos custos de uma viagem terrestre e a economia do tempo que poderá ser destinado aos negócios, eventos e o turismo”, destacou ele. Outro passo a ser dado é definir o grupo gestor para o novo aeródromo.

 

FOTO 2

Dois projetos de alcance social

 

O vereador Amarildo Farias/PT defendeu a criação de espaços adequados para prática de patinação. Propôs que as pistas que serão construídas para os JASC, ao redor do Ginásio Jones Minosso, sejam com material que permita a patinação. Lembra que Lages possui grupos que praticam esse esporte, como “Roller Lages”, com mais de 200 integrantes. Outra sugestão foi um projeto tipo o “ATIVA LAGES”, que funcionava aos domingos, na Avenida Duque de Caxias, despertando o hábito e a cultura da prática esportiva e de lazer. Era um projeto a custo praticamente zero, envolvendo organizações civis voltadas ao lazer: academias, grupos de ciclistas, patinação, roller, dança, voleibol, basquete e outros.

 

FOTO 3

Legislativo pede reforço nas vacinas

O vereador David Moro/PMDB, teve aprovada moção requerendo à Prefeitura, à Secretaria de Estado da Saúde e ao Governo federal, mais doses de vacina contra a gripe, destinada a idosos, gestantes, crianças, portadores de doenças crônicas e a grupos direta ou indiretamente envolvidos com a Saúde, expostos ao risco de contaminação. Alerta, ainda, que os hospitais também possuem funcionários que necessitam de vacinação. “Foram disponibilizadas para Lages apenas 55 mil doses de vacina trivalente que previne contra as três espécies de vírus. São insuficientes para atender toda demanda”, alerta David.