SAIBA MAIS DO QUE DIZEM CIENTISTAS E TÉCNICOS SOBRE A IMPORTÂNCIA DO ISOLAMENTO – E certamente que o vírus é quem ditará o ritmo de uma flexibilização.

SAIBA MAIS DO QUE DIZEM CIENTISTAS E TÉCNICOS SOBRE A IMPORTÂNCIA DO ISOLAMENTO – E certamente que o vírus é quem ditará o ritmo de uma flexibilização.

IGREJAS, ESPETÁCULOS, BARES, RESTAURANTES, HOTÉIS E ESCOLAS: QUAIS SETORES SERIAM ABERTOS PRIMEIRO E POR QUE É IMPORTANTE O ISOLAMENTO E O DISTANCIAMENTO SOCIAL?

Nos últimos 45 dias acompanhamos e registramos inúmeras orientações de autoridades, cientistas, médicos e da OMS. Também este Portal ouviu algumas autoridades e técnicos renomados.

No mundo, há um histórico do controle da contaminação pelo Covid-19. Quem adotou, obrigatoriamente, máscaras, fez testagem em massa, distanciamento social, isolou os bolsões de contaminados, fechou fronteiras, as comunicações físicas (aérea, aquática e terrestre), já está com um certo controle da pandemia. A curva achatou.

É exatamente aí que está o perigo, no Brasil. Os bolsões de crise hospitalar e de contaminados são, em ordem crescente: Fortaleza, DF. Manaus, RJ e SP.

Segundo a maioria esmagadora das opiniões de especialistas, os locais acima só não contaminaram os demais em altos índices, exatamente porque houve o fechamento das comunicações físicas: estradas, aeroportos e náuticos.

Em países como a China, Japão, Itália, Espanha e Estados Unidos essa foi a primeira providência. Além, é claro, do uso em massa de máscaras es testes.

LOGO

Em SP, por exemplo, a flexibilização começa no dia 10 de maio. A promessa é de muito critério no plano de diretrizes para a volta à normalidade.

É bom que se cuidem algumas coisas: estradas, transporte coletivo, aéreo e aquáticos. Caso relaxem nisso, veremos um crescimento estrondoso dos casos em grandes cidades de SP. Lá é onde estão 2/3 da população do Estado.

MAIOR PERIGO

As igrejas trazem as maores preocupações

Segundo os técnicos e nossos entrevistados, quem vai à igreja é exatamente a pessoa do grupo mais vulnerável: são exatamente aqueles que estão acima dos 60 anos, os mais humildes e desinformados, alguns fanáticos em religião, os mais fragilizados, física e psicologicamente, e os que já são portadores e com alguns sintomas.

Nas igrejas, por exemplo, mesmo que haja cuidados, é um local de abraços, apertos de mão, conversas tete a tete e busca de afeto, conforto e carinho.

Como o vírus vive por mais tempo em toda superfície metálica, mesmo com todo cuidado, as pessoas correm um enorme risco. Além disso, elas buscam a atenção de religiosos, às vezes como último recurso. Quer dizer: é natural que os líderes espirituais irão estar mais expostos ao vírus, tornando-se potenciais contaminados.

Então, é preciso que padres, pastores e religiosos em geral, atentem para um detalhe: sua missão é cuidar do seu rebanho, então, o primeiro passo deve ser cuidar da vida e das pessoas. De que adianta todo um rebanho à disposição agora e perder a maioria, para ficar só com um enorme rebanho de almas!?.

Presta atenção, caro internauta: os mais interessados em abrir tudo a qualquer custo são os que tem menos idade, as elites, os que precisam de receita, os que gostam de aproveitar a oportunidade de faturar, os políticos oportunistas e os egoístas que desprezam os mais velhos e os vítimas potenciais do infortúnio.

ERON PORTAL