SUCESSÃO PRESIDENCIAL – Preso, Lula cai 6 pontos. Novidade na pesquisa da Datafolha foi Joaquim Barbosa, mas analistas acham que deve ficar batendo no teto do números eleitorais

SUCESSÃO PRESIDENCIAL – Preso, Lula cai 6 pontos. Novidade na pesquisa da Datafolha foi Joaquim Barbosa, mas analistas acham que deve ficar batendo no teto do números eleitorais

 

Um eleição das mais pulverizadas, fracionadas, no primeiro turno

Pelas pesquisas a gente já começa a perceber a confirmação de que a sucessão presidencial será mesmo uma incógnita sobre quem passará para o segundo turno.

Ontem o instituto de pesquisas Datafolha publicou mais uma pesquisa sobre a corrida presidencial. Agora com a possibilidade de Lula não concorrer. Mesmo na prisão, o ex-presidente vem liderando nas  intenções de votos. Só que caiu seis pontos. Baixou de 37 antes para 31 agora. Marina Silva e Bolsonaro estão bem próximos. Mas, o ex-ministro do STF, Joaquim  Barbosa, foi a nova surpresa com quase 9%

Os comentários são de que:

Alckmin vem permanecendo com menos de 5%; Ciro Gomes ainda não provou que está a vivo; candidaturas Bolsonaro, Marina Silva, Joaquim Barbosa e Lula devem mesmo se desidratar ao longo do caminho.

Possibilidades apontadas: incógnitas para o 2º turno; pode dar dois nomes da esquerda ou dois da direita ; que o nome do presidente ainda nem apareceu com destaeque.

ANEXO

VEJA O QUE DEMOS ONTEM.

Temer reassume de olho na Câmara. Uma mulher esteve ma presidência do Brasil até ontem.

Abaixo, a agenda fornecida pelo Palácio do Planalto da presidente em exercício, Ministra do STF, Carmem Lúcia. É só para você ter uma ideia de apenas meio dia de uma autoridade desse porte. Ala assumiu às 11 h e iniciou a agenda às 13 h.


Horário Audiência
13h00 Audiência com a Ministra Grace Mendonça (AGU).
13h30 Audiência com o Ministro de Estado da Defesa, General Joaquim Silva e Luna.
15h00 Audiência com José Hélio Fernandes, presidente da FENATAC, Flávio Benatti,presidente da Seção II – CNT, Pedro Lopes, presidente da ABCT, e Olívia Pinheiro, diretora da CNT.
Assunto: Tratar das novas regras expedidas pelo CNJ para ordens Judiciais de penhora on line (BACEN JUD).
15h30 Audiência com o senador Valdir Raupp e com o governador de Rondônia Daniel Pereira
Pauta: STA 801 Participam da audiência: capitão Phelippe Rodrigues Menezes, subchefe da Casa Militar de RO; Carlos Terceiro de Medeiros, superintendente de Integração de RO; Luciano Alves de Souza Neto, procurador do Centro de Estudos da PGE/RO; tenente Luiz Francisco da Costa; José Cleber Martins Viana; Vera Carla Nelson Cruz Silveira; deputado Mauro de Carvalho; deputado Jesuíno da Silva Boabaid; deputado Juracy Barbosa Moreira; deputada Marinha Raupp
16h00 Audiência com Debora Diniz
18h00 Audiência com Jayme de Oliveira, presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros

……….

Anexo

Passo a passo do dia de hoje no Governo Federal

O presidente Michel Temer passou o cargo agora, às 11 h, na Base Aérea de Brasília, à presidente do STF, ministra Carmem Lúcia. A transmissão aconteceu na Base Aérea de Brasília porque o presidente Temer embarcou lá para o Peru. Foi participar da Cúpula da Américas. O tema central dessa cúpula será o combate à corrupção. Sugestivo para a mesa em que Temer estiver.

Agenda

A agenda oficial da pressente interina Carmem Lúcia começou às 13 h, primeiramente com o pessoal da casa. A sequência está logo acima.

O presidente Michel Temer fica no Peru até amanhã, sábado. Deve figurar mais na sua agenda a questão da Venezuela, tanto em relação à crise grave que o paí enfrena, como dos imigrantes para os vizinhos, especialmente o Brasil.

Aquele país  não deverá participar do evento. Inclusive o presidente Nicolás Maduro foi desconvidado pelo presidente do Peru, Martín Vizcarra.

O foco das conversas de Temer no evento deve ser sobre a questão dos imigrantes venezuelanos, hoje já chegando a mais de 40 mil só na porta de entrada de Roraima.

Outra ausência na Cúpula será a do presidente Donald Trump, dos Estados Unidos. Ele não comparecerá tendo em vista a crise diplomática em função dos fatos na gerra da Síria, envolvendo até a Russia.

……………..

ANEXO II

Veja a seguir o passo a passo dos fatos desde ontem

Porque a posse de Carmem Lúcia?

Como agora não existe vice-presidente da República, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que é o próximo na linha sucessória é pré-candidato a presidente ou a reeleição, e o presidente Eunício Oliveira, do Senado, é candidato à reeleição a senador, quem assume a presidência da República, na ausência do presidente titular, é a presidente do STF, ministra Carmem Lúcia. Ela fica  na linha sucessória até setembro quando se finda seu mandato no STF.

O fato mais curioso nessa transmissão de cargo amanhã é a data: uma sexta-feira 13! Não que assumir o cargo de presidente da República do Brasil, hoje, seja algo tão cadavérico e assustador… Sempre é honroso assumir o comendo de nosso País. É o cargo máximo na carreira pública de um cidadão.

É que nas atuais circunstâncias, uma troca de comando no Palácio do Planalto é muito diferente que num passado bem recente. Chama bem mais atenção.