MINISTRO ENFRENTOU FERAS EM DAVOS E AQUI DENTRO – No Brasil está comprovado: reformas já trazem esfeitos positivos:

MINISTRO ENFRENTOU FERAS EM DAVOS E AQUI DENTRO – No Brasil está comprovado: reformas já trazem esfeitos positivos:

MELHOR ÍNDICE DE EMPREGOS EM 6 ANOS E FMI REVÊ PARA CIMA CRESCIMENTO DE NOSSO PIB. POUCO SE FALOU DISSO ESTA SEMANA…

Perspectivas gerais são melhores ainda para 2020. PIB pode ser de 2.2% e o do mundo de 2.4%, segundo balanço de líderes e organismos internacionais em Davos.

A reação relativamente positiva da Economia Brasileira é mais devido aos sinais de sustentabilidade nas contas do Governo, que de outros fatores, mas o gigante está reagindo.

Mas a sustentabilidade vai depender mesmo das reformas aqui dentro que trarão segurança para os investidores externos.

Também a economia mundial também manter crescimento em alta.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

OBSERVAÇÃO

Não temos compromisso – nem ideológico, de defender o Governo.

MAS, O ERON PORTAL PERGUNTA:

Quanto tempo fazia que a gente não via um ministro da Economia discutindo, inclusive em Inglês, num evento desse tamanho?

Sinal dos tempos…

 

~~~~~~~~~~~

AS REFORMAS

Só a reforma da Previdência e as medidas de emergência em tramitação no Congresso, por exemplo, já deram ânimo ao mercado e esperanças a investidores.

Alguns analistas atribuem a melhora no crescimento da Economia mais à segurança dos agentes econômicos quanto ao futuro sustentável do poder público do que propriamente a fatos novos no mercado.

Mesmo que tenham pesado muito, eventos como a capacidade aquisitiva da população, crédito mais barato, liberação do FGTS, vendas tradicionais de fim de ano e promoções como a Black Friday não foram determinantes do resultado até surpreendente. Teriam sido mais consequências do início da arrumação da casa.

1-destaque-470256-esplanada888

Esses fatores ajudaram muito mas seriam efêmeros não fossem as atitudes do Executivo, o protagonismo do Legislativo e as ações da área econômica.

O que mais deve ter pesado foi a certeza dos agentes econômicos de que não irão se inviabilizar as contas do Governo.

Quem iria por dinheiro em investimentos na produção sem os sinais de que o País pode honrar seus compromissos?

É por se ter indicadores de que o Brasil está retomando seu caminho que a indústria está crescendo, as pessoas estão comprando, consequentemente, o mercado de trabalho está reagindo.

Texto: Eron J Silva