NOSSA CARNE ESTÁ EM ALTA – Brasil recebe certificado/SC comemora, e já tinha status de livre de febre aftosa sem vacinação.

NOSSA CARNE ESTÁ EM ALTA – Brasil recebe certificado/SC comemora, e já tinha status de livre de febre aftosa sem vacinação.

AGRONEGÓCIO DE SC ESTÁ COMEMORANDO

Uma noticia esperada em todo o País, especialmente pelo agronegócio de Santa Catarina, foi o nosso reconhecimento internacional como país livre de febre aftosa com vacinas;ão. A carne brasileira já estava com esse status, faz 12 anos. Mas, faltavam 25% dos Estados. SC era o único Estado reconhecido como livre de febre aftosa sem vacinação. Mas, a certificação anunciada melhora ainda mais nossa situação, pois abre mais ainda o mercado internacional.

Nesta quinta-feira o Ministro da Agricultura, Blairo Maggi, recebeu em Paris/França, na Conferência Internacional de Saúde Animal, da OIE o certificado oficial de “País livre de febre aftosa, com vacinação”.

Há 12 anos todo o território brasileiro se tornou zona livre de febre aftosa com vacinação. Faltavam apenas os Estados de Roraima, Amazonas, Amapá e parte do Pará. Com esse  reconhecimento internacional, as entidades representativas do setor esperam ampliar o mercado internacional da proteína animal brasileira.

Recentemente quatro frigoríficos de Santa Catarina foram habilitados pela Coreia do Sul, um dos maiores consumidores de carne suína, que irá comprar cerca de 30 mil toneladas por ano do Brasil.

O início vai ser por Santa Catarina porque missões coreanas estivaram no Estados e habilitaram nossos frigoríficos, já que somos o único Estado brasileiro com status de livre de febre aftosa sem vacinação.

Agora, com o anúncio desta quinta-feira todo o Brasil está habilitado a vender para mercados exigentes como os da Coreia e o Japão. O fato abre mais mercados, possivelmente o da Rússia, onde estavam suspensas as importações do Brasil.