MORO ACERTOU ENTRAR PARA O GOVERNO? – Qual a melhor hora para deixar a carreira de sucesso?

MORO ACERTOU ENTRAR PARA O GOVERNO? – Qual a melhor hora para deixar a carreira de sucesso?

Veja quando os mais bem sucedido na carreira mudaram de rumo. Moro: de celebridade e poderoso a Ministro da Justiça.

O ex-juiz Sérgio Morfo, agora Ministro da Justiça, é um belo exemplo de quem fez uma carreira fulminante e que não foi por circunstâncias, oportunismo ou sorte. Foi por competência e perfil mesmo.

A melhor hora de mudar de rumo.

O segredo é não ultrapassar as mestas, os objetivos. Então, a melhor hora de encerrar a carreira e mudar de rumo é o momento em que a pessoa estiver no topo. Se já chegou ao ponto máximo, porque esperar uma eventual decadência? O correto é tomar outra direção enquanto estiver em alta, iniciar outra carreira, talvez.

Clássicos exemplos

Ao analisarmos a trajetória das grandes figuras da História que se destacaram nas mais variadas áreas da atividade humana, iremos constatar que aquelas que e não ultrapassaras sua meta e buscaram novos horizontes são um sucesso até hoje. Ou foram até partir desta vida.

E a constatação acima vale também para as celebridades, sucessos de mídia, artistas ou até para a corte amorosa.

Veja alguns exemplos no geral:

Os Beatles, o Pelé, Frank Sinatra, FHC, Margareth Tatcher e outros, saíram para outra no topo ou se aposentaram.

Quem insistiu, decaiu, sumiu ou se desastrou.

Então, se já atingiu o que seria o máximo na atividade que escolheu, não insista. Vá em busca de outros ares e novas conquistas. Ser útil em outras áreas.

Os que se deram mal porque insistiram:

Elvis Presley, Michael Jackson e grandes atrizes viram a vida perder o sentido e foram embora bem antes.

Na política, pela arrogância, muitos quiseram ser donos do mundo e caíram.

Exemplo bem atual:

Lula chegou ao ponto máximo, diante das limitações. Mas desejou ser dono do mundo. Primeiro da América, depois do mundo, através de um novo sistema. Talvez fosse parte da meta inicial. Mas se esqueceu que o socialismo era algo superado, fora das tendências. E sucumbiu.

ENTÃO, para concluir: o juiz Sérgio Moro acertou na decisão de ir para o Governo. Agora estará brilhando em outras cenas e mais próximo do STF, que poderá ser o ponto máximo da nova direção tomada.

……

AS 48 LEIS DO PODER

Nesse livro de Robert Greene, é explicado muito bem o desastre de quem não muda de rumo assim que consegue o topo de seu objetivo. Uma delas é a de Ícaro.

Na lei 47 está lá.

Não ultrapasse o alvo que estabeleceu; na vitória, aprenda o momento de parar

Dá o exemplo de Ícaro. Ele e o pai, Dédalo, foram condenados à pena do labirinto, onde o Minotauro se alimentava de carne humana, segundo a lenda.

Descobriram que para sair de lá era só voando, partindo de um penhasco. Dédalo, o pai, inventou asas de cera, pois havia muita colmeia no Labirinto.

Deu certo e saíram voando em direção à praia. Dédalo, mais experiente e prudente, foi logo para a costa. Ícaro, mais ousado e aventureiro, gostou de voar e subiu cada vez mais. Com o sol muito quente, derreteu a cera, ele caiu e morreu no mar.

ANEXO

Está lá no livro  a Lei 47:

A hora da vitória é com frequência o momento mais perigoso de todos. No calor da vitória a arrogância e o excesso de confiança podem levá-lo a ultrapassar o alvo que você havia estabelecido inicialmente, e ao ir longe demais você faz um número maior de inimigos do que aqueles que derrota. Não deixe que o sucesso lhe suba a cabeça. Não há substituto para a estratégia e um planejamento cuidadoso; estabeleça um objetivo e, ao alcançá-lo, pare.

1-Dédalo - A Queda de Ícaro - Jacob Peter Gowy