JASCS: milhares de pessoas aqui – restaurantes fecham para almoço e janta

JASCS: milhares de pessoas aqui – restaurantes fecham para almoço e janta

Cadê a noite de Lages para aproveitar o potencial de consumo de mais de 10 mil pessoas. Não poderiam fazer promoções e atrair essa gente? Coisas da preguiça e da acomodação!

 

O poder público fez sua parte. Trouxe um evento de magnitude 10. Mas até agora não quiseram aproveitar isso. Porque não vão até as concentrações e nas competições fazer campanhas promocionais para atrair essa tente que está ávida por consumir e conhecer nossa cultura e nossa gastronomia?

Não queiram dizer que na segunda é a folga do pessoal. Este setor da noite não pode dar ao luxo de fechar as portas, especialmente durante um evento desse tamanho.

O setor gastronômico de Lages precisa pensar em trabalhar. Não é possível que no meio de uma competição da envergadura dos JASC feche tudo à noite.

São mais de 10 mil pessoas que estão na cidade, entre atletas, acompanhantes e turistas. Nesta segunda não havia nada aberto. Nem nos postos mais tradicionais e preparados para isso.

Empresários visionários e competentes como Edésio Forbici e o saudoso Daniel Binatti,foram os autores da maravilhosa ideia da Via Gastronômica.

O poder público fez sua parte e ajeitou tudo por lá. Preparou a Rua com esmero e ficou linda. Mas de que adiantou? A  acomodação e a zona de conforto não deixam as coisas acontecer. Ninguém quer se esforçar.