ESTADO ISLÂMICO: Neonazistas do holocausto do século XXI; Por aqui também temos bandidagem e até uns 2 anos ameaça de radicalismo ideológico

ESTADO ISLÂMICO: Neonazistas do holocausto do século XXI; Por aqui também temos bandidagem e até uns 2 anos ameaça de radicalismo ideológico

VIOLÊNCIA TAMBÉM TEMOS POR AQUI E ATÉ 2 ANOS ATRÁS HAVIA A AMEAÇA DO RADICALISMO IDEOLÓGICO.

O que dizer do grupo EI que usa as pessoas como escudos humanos?

O que pensar de radicais que destroem tudo o que significa avanço, fonte de conhecimento, cultura e História?

TERRA ARRASADA

Com certeza você vai se indignar aos saber mais sobre o que o EI fez  na terra arrasada de Mossul – Iraque.

Esse grupo de malucos foi recebido com festa pelos habitantes de Mossul, 2ª maior cidade iraquiana. Lá virou o coração desse movimento mais radical da História e que estava reeditando o Holocausto no século XXI.

O EI fez das pessoas escudos humanos para se proteger do Exército Iraquiano. A população se viu naquela situação de que “se ficasse o bicho comia – as bombas do Exército – se corresse o bicho pegava – os terroristas do Estado Islâmico que atiravam em quem ousasse fugir.

MAS POR QUE FALAR TANTO NO ESTADO ISLÂMICO?

Por que tanta atenção a fatos de tão longe?

É que ninguém está livre do surgimento aqui de ações desse tipo.

Veja em favelas das nossas metrópoles. Não há por lá melícias e violência parecida como que faz o EI?

Veja nos radicais de nossa polítrica de até dois anos atrás. Pensaram em fazer aqui um Estado poderoso e radical para servir a meia dúzia e a pobreza ficar com o pão e circo, a essência do socialismo de Fidel Chaves e Lenin.

………

MAIS BARBARIDADES DO EI

Depois da última batalha entre o exército e o EI a gente percebe a terra arrasada que ficou por uma causa sem sentido.

Esse foi o movimento radical só comparado ao Nazismo de Hitler. Destruiu as cidades, a história, as pessoas e os sonhos delas..

Mossul virou o coração do Estado Islâmico, onde as pessoas acabaram com escudos humanos por uma causa inglória.