ELEIÇÕES 2021 DEVEM ENTRAR NA PAUTA DO CIDADÃO EM OUTUBRO PRÓXIMO – Esse ‘palaque eletrônico’ é a essência da Democracia

ELEIÇÕES 2021 DEVEM ENTRAR NA PAUTA DO CIDADÃO EM OUTUBRO PRÓXIMO – Esse ‘palaque eletrônico’ é a essência da Democracia

IMAGENS: TSE-DIV

 

UMA ELEIÇÃO É A OPORTUNIDADE QUE O CIDADÃO TEM DE AJUDAR A DECIDIR O FUTURO, VOTANDO OU SENDO CANDIDATO

 

NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES VAMOS VOTAR PARA PRESIDENTE DA REPÚBLICA, GOVERNADOR DO ESTADO, GOVERNADOR DISTRITAL, SENADOR, DEPUTADO FEDERAL, DEPUTADO ESTADUAL E DEPUTADO DISTRITAL.

 

bb90861d-9914-4f49-9bb2-2e9021bce220

 

O eleitor exerce o direto sagrado de votar, por isso que a eleição é a essência da Democracia.

 

congresso nascional

 

E o candidato tem o dever de corresponder à expectativa de quem o escolha como representeante no Legislativo ou como procurador para dirigir os destinos das unidades da federação.

É por isso que participar de uma eleição é uma realização humana para um candidato. Mais importante que os números, é o crescimento pessoal, o aprendizado e o capital social.

Ao longo dessa caminhada, o candidato fica sabendo as carências das pessoas, da agenda comunitária e aumenta seu patrimônio politico para outras jornadas, porque amplia seu círculo de amizades, arranja novos torcedores e forma redes de apoio.

 

VEM AÍ O MUTIRÃO DEMOCRÁTICO: AS ELEIÇÕES 2021 

No ano que vem iremos votar para presidente da República, governador Estado e do Distrito federal, senador, deputado federal, deputado estadual e deputado distrital.

 

Além da estrutura do pleito há também o processo eletrônico, a urna para o voto, os programas eleitorais gratuitos para veiculação das propostas dos candidatos, a divulgação geral da campanha pela mídia convencional e a mídia eletrônica (redes sociais/Internet).

 

Cabe ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) organizar todo esse processo e fiscalizar toda a mobilização de partidos e candidatos, além da divulgação e disponibilização das leis a serem seguida.

Historicamente, disputam a eleição de presidente da República a média é de 15 candidatos, envolvendo mais de 35 partidos. Para os demais cargos, serão centenas de candidatos na rua.

 

A partir do mês de agosto que antecede as eleições é dever do cidadão acompanhar os a divulgação das propostas pelos meios e plataformas de comunicação, além de participar da campanha de rua e os comícios, reuniões e outros eventos relacionados.

É um compromisso que de dois em dois anos temos com o Brasil: observar muito bem as propostas e as trapalhadas dos candidatos.

Mesmo que nossos ouvidos não são pinico para receber algumas descargas indesejáveis, o fato é que precisamos ouvir tudo. A nossa omissão vai beneficiar os piores candidatos. Então, o jeito é fazer desse limão uma limonada.

Não é prudente votar em branco, anular o voto ou não comparecer às urnas. Isso vai ser um tiro no pé. Só vai beneficiar os maus políticos.

O voto é a essência da Democracia e a nossa maior arma contra mal intencionados, os demagogos, os mercadores de ilusões e os que jogam para as arquibancadas (plateia) e os que embarcam em ondas que muitas vezes elegem fenômenos de votos, mas que na verdade são como bolha de sabão, isto é, bonitos por fora mas vazios por dentro.

Bem informados, poderemos poderemos evitá-los, ou pelo menos aprendermos para barrá-los na próxima eleição. Faz parte do jogo democrático e da política.

 

~~~~~~~~~~~~~

 

PARA RECORDAR

 

ELEIÇÕES 2018 ESTÃO NA RUA – Palaque eletrônico entra no ar nesta sexta: horário eleitoral e suas surpresas

Post original: 30 ago. 2018 às 19:31

NESTAS ELEIÇÕES VAMOS VOTAR PARA PRESIDENTE DA REPÚBLICA, GOVERNADOR DO ESTADO, SENADOR, DEPUTADO FEDERAL, DEPUTADO ESTADUAL E DEPUTADO DISTRITAL.

 

FIQUE POR DENTRO DE TUDO ATRAVÉS DOS PROGRAMAS ELEITORAIS

 

A divisão ficou assim:

Terça, quintas e sábados: presidente da deputado federal.

Serão programas de 25 minutos, sendo 12,30 para os candidatos a presidente e a outra metade para as chapas ao Legislativo (Câmara Federal).

Nas segundas, quartas e sextas, programa dos candidatos ao Senado, Assembleias Legislativas e o Governo do Estado. Serão 7 min ao Senado; 9 minutos aos deputados estaduais e 9 minutos aos candidatos ao Governo.

TEMPOS:

“O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou o tempo de propaganda que cada candidato vai ter durante o horário eleitoral gratuito no rádio e na TV. No caso da disputa presidencial, Geraldo Alckmin (PSDB) é o candidato que vai ter mais tempo (5 minutos e 32 segundos), seguido de Lula (PT) com 2 minutos e 23 segundos e de Henrique Meirelles (MDB) com 1 minuto e 55 segundos. Os demais presidenciáveis vão ter menos de 1 minuto cada.”

 

maxresdefaulttt

 

bb90861d-9914-4f49-9bb2-2e9021bce220

Vamos votar para presidente da República

download

Vamos votar para governador do Estado

 

99fc5a62eff806bba921caf68db33e75d4cffa49

Vamos votar para deputado estadual

 

congresso nascional

Vamos votar para deputado federal e para senador

EXPECTATIVAS COM RELAÇÃO AOS PROGRAMAS ELEITORAIS

Quem estará no ar como candidato do PT? Para onde migrarão os eleitores que dizem votar em Lula? Qual candidatura irá inflar e qual candidatura irá se desidratar? A eleição vai se bipolarizar entre direita e esquerda para o segundo turno?

São perguntas que começarão a ter respostas no horário eleitoral do TSE.

A partir desta sexta, 31 de agosto, entram no ar os programas políticos do horário eleitoral pela TV e o rádio. Temos um compromisso com o Brasil: observar muito bem as propostas e as trapalhadas dos candidatos.

Apesar de que nossos ouvidos não são pinico, o fato é que teremos de ouvir tudo. A nossa omissão vai beneficiar os piores candidatos. Vamos fazer desse limão uma limonada e assistir aos programas.

Nem pense em votar em branco, anular o voto ou não comparecer às urnas. Isso vai ser um tiro no pé. Só vai beneficiar os maus políticos. O voto é a essência da Democracia e a nossa maior arma. Com ele poderemos mandar embora os que só fazem demagogia e mal feitos.



Politica de Privacidade!