NOVO SALÁRIO MÍNIMO E O IMPACTO NOS BENEFÍCIOS E PROGRAMAS SOCIAIS

NOVO SALÁRIO MÍNIMO E O IMPACTO NOS BENEFÍCIOS E PROGRAMAS SOCIAIS

NOTÍCIA RARA: SUA RENDA É ATUALIZADA AUTOMATICAMENTE, APESAR DE QUE APENAS COM A INFLAÇÃO

Os efeitos imediatos atingem o novo salário mínimo, o abono salarial, o CadÚnico e o seguro-desemprego.

Agora com o valor nacional do SM, que subiu no dia 1º, também houve um aumento automático de 10,18% em seus benefícios e programas sociais. Mas apesar disso é sem ganho além da inflação há três anos.

Mesmo assim, o brasileiro inicia ano com um novo valor para o salário mínimo e nos benefícios previdenciários e nos programas sociais, além do efeito no salário, é claro.

Também há uma promessa de ampliação do alcance de programas como o Auxílio Brasil, Tarifa Social de Energia e vale-gás.

Veja o que publicou o g1: “os valores previstos para o segundo semestre de 2021 serão pagos no início de 2022. Ou seja, o calendário 2022, ano-base 2020, terá início previsto para janeiro de 2022.

A decisão foi tomada pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), que é formado por representantes do governo, dos trabalhadores e dos patrões.

De acordo com números oficiais, a mudança no calendário representará uma economia de R$ 7,45 bilhões em despesas neste ano, em um momento em que o governo enfrenta dificuldades para cumprir o teto de gastos – regra que limita a alta das despesas à variação da inflação do ano anterior”.

Fonte: g1

 

 

MAIA CEDO

CONFIRMADO SALÁRIO MÍNIMO DE 2022

A equipe econômica do governo confirmou o valor de R$ 1.212 para o novo salário mínimo que entra em vigor ia 1º de janeiro, amanhã.

Nesta sexta-feira será editada uma Medida Provisória (MP) a ser publicada no Diário Oficial da União, que depois ainda será aprovada pelo Congresso Nacional.

O SM teve aumento de 10,04% em relação ao atual, de R$ 1.100. O governo havia proposto, em agosto, um valor de R$ 1.169, mas a inflação aumentou nos últimos meses.

Já a proposta orçamentária para 2022, com previsão de salário mínimo de R$ 1.210, foi aprovada no Congresso na semana passada, o que será elevado para R$ 1.212 pela MP, agora.

Fonte: ISTOÉ Dinheiro

MAIS CEDO

COM ALTA DA INFLAÇÃO, SALÁRIO MÍNIMO JÁ VALE 10,2% A MENOS; SERÁ CORRIGIDO ATÉ DIA 31.

 

O TEMOR É QUE INFLAÇÃO DE 2 DÍGITOS POSSA CAUSAR EFEITO PSICOLÓGICO E CONTINUAR PUXANDO PREÇOS PARA CIMA

 

Atualmente, a alta dos preços, principalmente devido aos dos combustíveis, puxa a inflação para cima e o salário mínimo já perdeu 10,2% da renda em um ano (IFI).

Segundo Relatório de Acompanhamento Fiscal do IFI, publicado pelo Portal Ig Mail, os combustíveis, especialmente a gasolina, são os vilões do IPCA.

Ainda conforme os técnicos o cenário fiscal também piora expectativas do mercado para o ano que vem.

 

POST ANTERIOR

DATENA OCUPA ENORME ESPAÇO NA OPINIÃO PÚBLICA ATRAVÉS DE ENTREVISTAS E DEBATES POLÊMICOS

MEDIDAS DA CÂMARA DE SÃO PAULO E ENTREVISTA DE CIRO GOMES ELEVAM A TEMPERATURA AMBIENTE

 

Ultimamente o programa “Brasil Urgente”, do apresentador José Luiz Datena, da “Band”, tem se notabilizado ainda mais por apresentar entrevistas e debates recheados de polêmicas.

Nesta quinta (11) o apresentador é que foi o ponto alto da polêmica. A certa altura, irritou-se, ao vivo, e até ameaçou deixar o programa.

O programa do Datena é um dos poucos, ao vivo, que realmente mexem direto nas feridas e, sem medo, cutucam vespeiros e onças com vara curta. É um baita programa.

A alta temperatura de ontem teve início quando o apresentador criticou medidas fiscais tomadas pela Câmara Municipal de São Paulo e que afetam funcionários da educação na capital paulista.

Fonte: Portal O TEMPO
 Foto: Uol

 

POST ANTERIOR

EM 2018

Prefeitura de Lages realiza debate sobre mudanças dos procedimentos contábeis municipais

Esta quinta-feira foi de palestras, troca de informações e esclarecimentos para secretários e técnicos das secretarias municipais da prefeitura de Lages. Isto porque foi realizado pela municipalidade, no Orion Parque Tecnológico da Serra Catarinense, o Debate sobre Mudanças dos Procedimentos contábeis Municipais. Na pauta do encontro, que contou com a participação do prefeito Antonio Ceron e do vice Juliano Polese, os assuntos que norteiam a contabilidade e aplicação dos recursos públicos em Lages.

De acordo com a contadora e diretora de Contabilidade da Prefeitura, Lunara Neto Souza, este debate serve principalmente para alinhar os procedimentos e trabalhos do serviço público na área contábil no que preconizam as normas dos órgãos como: Receita Federal, Tesouro Nacional, Tribunal de Contas e Ministério Público. “Com isso, queremos promover boas práticas, aperfeiçoar a gestão e sanar algumas dúvidas de quem aplica o dinheiro público”, explicou Lunara.

Para o prefeito Ceron é dever do gestor público ter austeridade e respeito às pessoas e ao dinheiro público em suas ações administrativas. “Temos que ter responsabilidade no que fazemos. Por isso, estas orientações técnicas são muito importantes para que possamos desempenhar nosso trabalho de forma transparente e eficaz”, disse.



Politica de Privacidade!