Coluna Eron J. Silva 15/03/18

Coluna Eron J. Silva 15/03/18

Alguém do Sul pode estar na sucessão

A sucessão presidencial poderá ter um nome do Sul numa das chapas. Só digo uma coisa: não devemos falar mal do cavalo senão nunca mais o vendemos bem. Veja o que descobri: por questões geográficas, pela densidade eleitoral do Sul e por escassez de melhores quadros, alguém daqui e até mesmo de SC, poderá estar numa chapa, mesmo de vice-presidente. Nomes de SC: não por densidade eleitoral e não por ser uma coca cola num deserto. PP – Esperidião Amin; PT – Claudio Vignatti; PMDB – Mauro Mariani; PSD – Raimundo Colombo. Nomes que ainda não são filiados, mas que em 30 dias ainda podem se filiar. São vários em condições e até um de nós. Se acharmos que está tudo ruim, vamos lá se candidatar. Não peque por omissão.

 

Foto 2

Precisamos fortalecer nossos candidatos

Não vamos cruzar os braços em relação à eleição para deputado. Vamos exercitar o espírito do voto regional, senão os profissionais da política virão lá de fora e levam nossa força política. É fundamental elegermos candidatos comprometidos com nosso desenvolvimento. Como está, hoje, temos chances reais só de reeleger o deputado estadual Gabriel Ribeiro e a deputada federal Carmem Zanotto. Caso seja reeditada a campanha Serrano Vota em Serrano, além de aumentarmos as chances desses dois, poderemos eleger pelo menos mais estadual e um Federal. Para isso precisamos da força de entidade como ACIL, CDL e AMURES para conscientizar sobre a importância de elegermos representantes.

201703291652291490817149

A valorização dos bons exemplos

Não basta o político ser sério. Ele precisa parecer sério. Veja como a opinião pública valoriza os bons exemplos. Uma reportagem de apenas 10 linhas no eroportal.com.br sobre a devolução de celular à Câmara é uma das campeãs de acessos. O vereador Bruno Hartmann devolveu mais uma das linhas e seus assessore só usam as linhas pessoais.