Coluna Eron J. Silva 08/02/18

Coluna Eron J. Silva 08/02/18

Já começou o ano legislativo

Os vereadores voltam do recesso e a Câmara retomou as atividades normais. O novo presidente, Luiz Marin, começou a comandar de fato os trabalhos. Até aqui administrava a burocracia e planejava a gestão. Para alguns vereadores o recesso não significou férias e sim oportunidade para ficar mais perto da população. O vereador David Moro, por exemplo, disse que nem viajou e usou o tempo na atenção aos eleitores e para planejar as ações de 2018. Diz que o primeiro ano deste mandato foi gratificante. Conseguiu trazer até recursos ao Município.

Foto 2

Produção alternativa do quintal

Com apenas meio hectare e uma hora de trabalho por dia, diz a FAO, um homem produz para alimentar uma família de cinco pessoas: o casal e três filhos. Para áreas menores já existem de graça: assistência técnica, sementes e insumos. Tudo é oferecido pelo poder público de quase todos os municípios. Em Lages, um dos projetos mais bem sucedidos é o das hortas comunitárias e escolares. E ainda há como agregar valor, fazendo adubo orgânico, cuja matéria-prima está em toda parte. Com esse adubo, a produção é maior e a produção vale mais. Então, sobra renda para outras coisas que não vêm diretamente da terra. Lembrando ainda que o produto orgânico é saudável. Vamos usar a criatividade, dedicação e vontade. É preciso jogar a vaquinha da salvação no precipício e sair da zona do conforto.

 

Foto 3

A importância do espaço dos bichos

O Espaço dos Bichos, página dedicada aos animais no eronportal.com.br é o segundo mais visualizado. Esta semana perdeu apenas para a matéria do turismo de serra, nosso maior negócio daqui em diante. O vereador Bruno Hartmann, que teve sua plataforma baseada na valorização da vida do ser humano e na causa animal, disse que o SITE presta um relevante serviço ao abrir espaço à defesa animal. As pessoas estão cada vez mais preocupadas com a vida, a começar pelos seres vivos indefesos e abandonados e com o ser humano que tem necessidades especiais, como os autistas, idosos e doentes.