Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Nenhum banner para exibir

Anunciar Empresa
DEVEREMOS ENTRAR NAS ÚLTIMAS SEMANAS CRÍTICAS DA COVID E CURVA DEVE COMEÇAR A ACHATAR – País passa de 1,5 milhão de casos e de 63,2 mil óbitos.

DEVEREMOS ENTRAR NAS ÚLTIMAS SEMANAS CRÍTICAS DA COVID E CURVA DEVE COMEÇAR A ACHATAR – País passa de 1,5 milhão de casos e de 63,2 mil óbitos.

MAS, OS PRÓXIMOS DOIS MESES SERÃO MUITO DIFÍCEIS, DIZEM INFECTOLOGISTAS. A QUEDA SÓ COMEÇA EM SETEMBRO. Veja universos onde chegarão as
APÓS CICLONE BOMBA, VEIO GEADA E COMEÇOU A NEVAR NA SERRA CATARINENSE – Sul contabiliza os prejuízos de mais uma catástrofe. De hoje até segunda previsão é de mais frio e chuva.

APÓS CICLONE BOMBA, VEIO GEADA E COMEÇOU A NEVAR NA SERRA CATARINENSE – Sul contabiliza os prejuízos de mais uma catástrofe. De hoje até segunda previsão é de mais frio e chuva.

FOTOS DE URUPEMA: Marleno Muniz Farias. Segundo ele, ocorreu o fenômeno Sincelo, congelando até a névoa, no Moro das Torres. E a
CONGRESSO APROVA PRORROGAÇÃO DAS ELEIÇÕES PARA NOVEMBRO – SAIBA AS NOVAS DATAS DEVIDO À PANDEMIA.

CONGRESSO APROVA PRORROGAÇÃO DAS ELEIÇÕES PARA NOVEMBRO – SAIBA AS NOVAS DATAS DEVIDO À PANDEMIA.

SENADO E CÂMARA APROVAM O ADIAMENTO DAS ELEIÇÕES PARA NOVEMBRO. Sessão conjunta das duas Casas sanciona a matéria nesta quinta,
CORRIDA ARMAMENTISTA CONTRA O VÍRUS – Nova “Gerra Fria” entre superpotências será em busca de armas contra pandemias.

CORRIDA ARMAMENTISTA CONTRA O VÍRUS – Nova “Gerra Fria” entre superpotências será em busca de armas contra pandemias.

A DISPUTA PARA DEMONSTRAÇÃO DE FORÇA, AGORA, SERÁ EM BUSCA DE UMA VACINA CONTRA O CORONAVÍRUS. Já fomos à Lua e
VEJA AS CITAÇÕES QUE SE TORNARÃO IMORTAIS – Confira porque a humanidade será outra depois da pandemia.

VEJA AS CITAÇÕES QUE SE TORNARÃO IMORTAIS – Confira porque a humanidade será outra depois da pandemia.

DUAS SÃO DO SECRETÁRIO GERAL DA OMS E UMA É DE AUTOR DESCONHECIDO. PALAVRAS EMBLEMÁTICAS E QUE SE REVESTIRÃO DE
EXTRAÇÃO PREDATÓRIA DE FLORESTAS NO BRASIL É UM FATO – Mas em reservas indígenas é meia verdade dizer que só há invasões e roubo.

EXTRAÇÃO PREDATÓRIA DE FLORESTAS NO BRASIL É UM FATO – Mas em reservas indígenas é meia verdade dizer que só há invasões e roubo.

HÁ MUITA VISTA GROSSA À EXPLORAÇÃO CLANDESTINA. COMO PODE O CORTE DE MIL ÁRVORES NÃO TER SIDO VISTO. MUITA GENTE
DISCUSSÃO SOBRE QUEIMADAS NA AMAZÔNIA PARECE FOGO DE PALHA DE ONGS E IDEOLOGIA DE RICOS QUE INCENDIARAM SUA RESERVA NATURAL – No Brasil o fogo sempre existiu em áreas agrícolas e de pastagens tradicionais.
INSISTEM NA VOLTA DE UM ESPORTE DE MASSA, MESMO SEM MASSAS NOS ESTÁDIOS –  “NÃO FAZ SENTIDO A VOLTA DO FUTEBOL AGORA, SERÁ UMA IRRESPONSABILIDADE”.

INSISTEM NA VOLTA DE UM ESPORTE DE MASSA, MESMO SEM MASSAS NOS ESTÁDIOS – “NÃO FAZ SENTIDO A VOLTA DO FUTEBOL AGORA, SERÁ UMA IRRESPONSABILIDADE”.

HÁ TANTA COISA GRAVE EXIGINDO GASTO DE DINHEIRO, ENERGIA E USO DE ESTRUTURA NESTE INSTANTE. E O MAIS GRAVE É QUE

TRAJETÓRIA – Um divisor de águas nas administrações municipais – Lages/SC.


7
Esta postagem foi publicada em 15 de março de 2019 Administração, Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo, Política.

SAIBA – EM NOSSA VISÃO – QUEM FOI O PREFEITO QUE DEU OS PRIMEIROS TRAÇOS MODERNOS À CIDADE DE LAGES/SERRA CATARINENSE.

A História das Administrações de Lages pode ser dividida em antes e depois de JUAREZ FURTADO.

Quando se elegeu, a cidade não tinha nenhum acesso asfaltado. A entrada era pela antiga BR-2, que passava no Coral e a saída era pela mesma estrada, ao lado de onde hoje é a Curva da Morte.

A partir da administração Juarez Furtado, Lages deixou de ser uma ilha, em termos de acessos asfaltados. O principal deles foi a Avenida Papa João XXIII, rumo à Cidade Alta.

Foi após o primeiro acesso que Furtado construiu a Avenida SC e a Curva da Morte; uma das pistas da Avenida Belisário Ramos (Avenida Carahá); Av D. Pedro II (agora reformulada); Av Presidente Vargas, 1º de Maio, Acesso à áreas industrias, Mateus Junqueira, João Pedro Arrua, Avenida Brasil, Humberto de Campos, Avenida Camões após o Hospital Infantil, Ferrovia, Presidente Vargas. Avenida São Joaquim, ente outras.

SAM_7881 (Copy)

Era época que ele chama “de chumbo”,  a Ditadura Militar, mas que vivia o “milagre econômico” dos governos de exceção.

Acredita que na esteira das necessidades dos presidentes de mostrar desenvolvimento e justificar a Revolução de l.964 com a presença de militares no poder federal.

Furtado conseguiu aprovar um grande projeto de pavimentações com recursos financiados pelo Banco do Brasil.

Com isso ele causou a primeira revolução administrativa, transformando Lages de uma espécie de “Fazenda Asfaltada em uma cidade mais moderna em termo de mobilidade urbana.

Mais dois prefeitos deram novo impulso na modernização de Lages. Paulo Duarte construiu a segunda pista da AV Carahá e uma série de prédios na rede física da Rede Municipal de Ensino.

Duarte pode ser considerado o maior prefeito da História, pois tirou a cidade da depressão econômica com com o fim do ciclo da madeira extrativa (araucárias nativas) e a perda dos distritos de Correia Pinto e Otacílio Costa que levaram as duas maiores fábricas do seu município e pode consolidar a estrutura urbana moderna.

SAM_7882 (Copy)

Depois o grande salto foi promovido por Raimundo Colombo que completou a malha de Avenidas asfaltadas, como a Caldas Júnior, Avenida Camões, entre outras.

Diante do sucesso administrativo, Juarez Furtado consolidou e legitimou sua posição de político de nome estadualizado. Fez o sucessor na Prefeitura, Dirceu Carneiro, elegeu-se deputado federal e depois foi deputado estadual e presidente da AL.

Um homem que saiu da política com as mãos limpas e sem acrescentar muito ao rol de bens na sua declaração do Imposto de Renda. Pouco mais do que já tinha quando entrou para a vida política.

Com a aposentadoria como parlamentar, hoje advoga em Florianópolis para completar a renda digna de um homem de trajetória exemplar na História política de Santa Catarina.

Esta pequena parte da História de Juarez Furtado mostra porque ele foi um divisor de águas na construção da estrutura viária de Lages.

A cidade é uma antes e outra depois de sua Administração. Passou de uma espécie de fazenda asfaltada a uma cidade mais moderna, segura e bonita, em termos de mobilidade urbana.

 

 


529 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-