Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Anunciar Empresa
A CIDADE MAIS FRIA E ECOLÓGICA DO BRASIL – Urupema/SC, a terra das araucárias e da neve.

A CIDADE MAIS FRIA E ECOLÓGICA DO BRASIL – Urupema/SC, a terra das araucárias e da neve.

Caminhos da Serra Catarinense - um modelo europeu de rodovias turísticas, onde a paisagem desfila à frente do visitante devido
O QUE ROLA NAS REDES SOBRE POLÍTICA – Veja algumas pérolas do Lula, professor em economia, administração e previdência.

O QUE ROLA NAS REDES SOBRE POLÍTICA – Veja algumas pérolas do Lula, professor em economia, administração e previdência.

  Como se pega a leptospirose e tudo sobre seu "Plano AÇO". E saiba o significado dessa sigla "AÇO". SUGESTÃO DE  LULA
CAMINHOS DA SERRA – Modelo europeu de estradas turísticas

CAMINHOS DA SERRA – Modelo europeu de estradas turísticas

Os projetos financiados pelo BID - Banco Interamericano de Desenvolvimento – seguem o modelo europeu de rodovias turísticas. O asfalto
CÂMARA DE VEREADORES PODE VIR A FAZER ESCOLA/SC – Projetos propõem reduzir para 1/4 salário de vereadores e para metade repasses mensais.

CÂMARA DE VEREADORES PODE VIR A FAZER ESCOLA/SC – Projetos propõem reduzir para 1/4 salário de vereadores e para metade repasses mensais.

Qualquer momento podem entrar na pauta essas medidas que seriam inéditas no País. Em Lages, o vereador passaria a ganhar
BEM HUMORADAS DO FUTEBOL NO PORTAL – Raridade sobre a Seleção: vídeo à cores de uma final ganha por mais de 2 gols!

BEM HUMORADAS DO FUTEBOL NO PORTAL – Raridade sobre a Seleção: vídeo à cores de uma final ganha por mais de 2 gols!

Raridade entre os clubes brasileiros: vídeo à cores de um título mundial do Santos. Coisa impossível! ...... FRASE DE UM LEITOR AQUI
FUTEBOL SERIA O ÓPIO DO POVO? – O fato é que durante as competições o torcedor esquece as mazelas. Essa aí foi a do último amistoso, contra ao Panamá.

FUTEBOL SERIA O ÓPIO DO POVO? – O fato é que durante as competições o torcedor esquece as mazelas. Essa aí foi a do último amistoso, contra ao Panamá.

    A seleção canelinha de vidro da Copa da Rússia, abaixo, foi um carrossel, mas, rolando no gramado. Resultado: voltamos pra
NOVAS CARAS PARA PREFEITO DE LAGES/SC – Qual delas tem o melhor projeto para os próximos 10 anos?

NOVAS CARAS PARA PREFEITO DE LAGES/SC – Qual delas tem o melhor projeto para os próximos 10 anos?

Cenário aponta para uma novidade na Prefeitura. Os vereadores Lucas Neves e Jair Júnior são os virtuais caras. Logo, em Lages/SC,
QUASE 13 MIL MULHERES SÃO MÃES SOZINHAS EM LAGES/SC – Mas, essas guerreiras enfrentam com dignidade a tarefa de criação dos filhos.

QUASE 13 MIL MULHERES SÃO MÃES SOZINHAS EM LAGES/SC – Mas, essas guerreiras enfrentam com dignidade a tarefa de criação dos filhos.

Diante dessa realidade, que políticas sociais e de apoio as três esferas de governo tem para alevianar o peso da

MARÇO É MÊS DE PAGAR O LIXO – Serviço é terceirizado e executado 2ª, 4ª e 6ª.


Esta postagem foi publicada em 1 de março de 2018 Notícias em Destaques Slide Topo.

É uma tendência, hoje, o pode público terceirizar serviços e mitas de obras. Em Lages serviços como como roçada, poda de árvores, máquina, limpeza da estrutura física entre outros são serviços contratados. A coleta do Lixo e a fiscalização eletrônica são exemplos disso.
No mês de março é quando a população paga a Taxa Única da coleta do Lixo. Mesmo mês que os contribuintes pagam o IPTU.
Para pagamento de forma parcelada, em até 12 vezes sem juros, o contribuinte terá de efetuar a solicitação junto ao escritório central da Semasa. Historicamente os primeiros meses do no ão pesados. iniciam as aulas quando vencem alguns compromissos como o lixo, o IPTU e outros.
 Veja a seguir mais detalhes

O desconto da taxa de recolhimento do lixo urbano, em Lages, é feito diretamente na tarifa da água, de duas formas: parcelamento em 12 vezes sem juros (de janeiro a dezembro) ou pagamento em cota única, na tarifa de fevereiro, com vencimento em 12 de março de 2018. Portanto, aqueles consumidores de água, distribuída pela Semasa, e que também são beneficiários do sistema de coleta de lixo, podem pagar por este serviço de forma parcelada, mas para isso precisam solicitar o parcelamento diretamente no escritório central da Semasa, situado na rua Manoel Tiago de Castro, número 119 (sala térrea do Edifício Cacimba) – atendimento das 8h às 18h sem fechar ao meio-dia.

 

No caso contrário, o desconto é feito em cota única, com vencimento sempre no mês de março. “Em qualquer momento, o consumidor que estiver pagando pelo serviço em cota única poderá optar pelo parcelamento. Só é preciso que ele venha até o nosso escritório e faça a solicitação. Desta forma, a Semasa irá parcelar a partir do mês em que o consumidor formalizar este pedido”, explica a gerente comercial da Semasa, Rafaela Machado.

Decreto reajusta valor da tarifa

De acordo com o decreto número 17.048, de 12 de dezembro de 2017, o prefeito Antonio Ceron fixou o valor da taxa de coleta do lixo urbano, para o exercício 2018, definido em base mensal e de acordo com a frequência da coleta e as categorias dos imóveis. Para os imóveis residenciais o reajuste foi de 1,68%. Já os imóveis da categoria comercial, industrial e público tiveram reajuste de 2,5%.

Os imóveis estão divididos em residencial, comercial, industrial e público, enquanto que a coleta é feita com frequência diferenciada, levando-se em conta a região urbana. Na área central da cidade e nas avenidas Presidente Vargas e Luís de Camões o lixo é recolhido seis vezes por semana, enquanto que nas demais áreas urbanas de Lages a coleta ocorre três vezes por semana.

Para os imóveis da categoria residencial, por exemplo, o valor da taxa está fixada em R$ 168 para coleta três vezes por semana, aumentando para R$ 336 no caso dos imóveis localizados nas áreas de recolhimento do lixo durante seis vezes por semana. De acordo com o decreto do Executivo municipal, os contribuintes beneficiários da “Tarifa Social” estão isentos do pagamento da coleta do lixo para o exercício 2018.

Fotos: Marcelo Pakinha

75 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-