Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Anunciar Empresa
O INFERNO ASTRAL DOS EX-GOVERNADORES DO RIO – Os ex-governadores vivos ou estão presos ou passaram pelos presídios que construíram.

O INFERNO ASTRAL DOS EX-GOVERNADORES DO RIO – Os ex-governadores vivos ou estão presos ou passaram pelos presídios que construíram.

ESTÁ EXPLICADO PORQUE O ESTADO DO RIO ESTÁ MAIS QUEBRADO QUE ARROZ DE TERCEIRA. A tragédia governamental do Rio de Janeiro
CÂMARA TRABALHANDO TODOS OS DIAS – Agora a Câmara de Vereadores de Lages/SC realiza eventos a semana toda.

CÂMARA TRABALHANDO TODOS OS DIAS – Agora a Câmara de Vereadores de Lages/SC realiza eventos a semana toda.

APÓS UMA AUDIÊNCIA PÚBLICA NA QUARTA, NOJE HOUVE UMA PALESTRA SOBRE PRIMEIROS SOCORROS. A Câmara de Vereadores de Lages está fazendo
AS BEM HUMORADAS DO PORTAL: Não perca! Ainda hoje, debate entre Lula e Temer, em cadeia nacional.

AS BEM HUMORADAS DO PORTAL: Não perca! Ainda hoje, debate entre Lula e Temer, em cadeia nacional.

ESSA FOI A MELHOR QUE ROLOU HOJE NAS REDES SOCIAIS ACERCA DAS PRISÕES DE TEMER E LULA. E MAIS: BANDIDOS ZOMBAM
EX-PRESIDENTES INVESTIGADOS OU PRESOS – As maiores autoridades do País sob suspeita ou presas.

EX-PRESIDENTES INVESTIGADOS OU PRESOS – As maiores autoridades do País sob suspeita ou presas.

COISA QUE SÓ ACONTECE NO BRASIL, COMO A JABUTICABA, FRUTA  QUE SÓ DÁ POR AQUI. Na manhã desta quinta, 21, o
DECEPCIONADO, LADRÃO DEVOLVE FERRAMENTAS QUE LEVOU – Temia ter de usar o produto do furto: eram duas caixas, a mais pesada continha ferramentas e a outra ossos.

DECEPCIONADO, LADRÃO DEVOLVE FERRAMENTAS QUE LEVOU – Temia ter de usar o produto do furto: eram duas caixas, a mais pesada continha ferramentas e a outra ossos.

VÊ SE O LARÁPIO IRIA CORRER O RISCO DE TER DE USAR O PRODUTO DO FURTO. TEMIA TER DE PEGAR
ESPAÇO DA ATUAÇÃO PARLAMENTAR – A página do vereador Amarildo Farias do PT de Lages/SC.

ESPAÇO DA ATUAÇÃO PARLAMENTAR – A página do vereador Amarildo Farias do PT de Lages/SC.

AÇÕES MAIS RECENTES DO VEREADOR AMARILDO FARIAS, EM PLANTÁRIO. ......................................................   BENEFÍCIO PARA TRANSLADO Em Moção Legislativa, o vereador Amarildo sugere ao Executivo a
CAUSOS DO ERON PORTAL – Prefeito demite secretário que esqueceu do “carção” para ele inaugurar banheiro carrapaticida. (Esse banheiro destina-se ao banho de boi com carrapato).

CAUSOS DO ERON PORTAL – Prefeito demite secretário que esqueceu do “carção” para ele inaugurar banheiro carrapaticida. (Esse banheiro destina-se ao banho de boi com carrapato).

DUAS HISTÓRIAS DE FAZER VOCÊ DAR GAITADAS DE RISO. INCRÍVEIS QUE ATÉ PARECEM MENTIRAS   As trapalhadas de prefeitos e vereadores Secretário é
COLÉGIO EMBLEMÁTICO DE LAGES FAZ ANIVERSÁRIO – Sessão solene destaca os 55 anos do Colégio Industrial de Lages/SC.

COLÉGIO EMBLEMÁTICO DE LAGES FAZ ANIVERSÁRIO – Sessão solene destaca os 55 anos do Colégio Industrial de Lages/SC.

VEREADOR OSNI FREITAS BUGRE FOI UM DOS AUTORES DA PROPOSTA. A Câmara de vereadores de Lages realizou sessão solene realizada dia

NOS ÚLTIMOS 15 ANOS INCHARAM A MÁQUINA DO ESTADO – Virou um carrapato maior que a vaca: a Economia


LOGOMARCA-ERON-PORTAL-GRANDE
Esta postagem foi publicada em 25 de novembro de 2018 Administração, Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo, Política.

SEM ACABAR COM A ESTABILIDADE DO FUNCIONÁRIO PÚBLICO NADA VAI ANDAR E NÃO REDUZ A MÁQUINA, POIS SÃO MUITOS OS INIMIGOS NA TRINCHEIRA. HÁ GENTE QUE GANHA PARA FAZER OPOSIÇÃO TUMULTUAR.

Só que as reformas virão na marra, porque elas interessam à maioria. Há novos ares de Norte a Sul e os agentes econômicos internos e externos já começam a dar respostas. Basta ver os números da economia.

A angústia por mudanças é algo tão evidente que antes mesmo de assumir, o novo Governo já está fazendo a revolução econômica, de gestão, social e dos costumes.

3174837_JAIRBOLSONAROfacebooke1504916698545

Também basta observar as reações positivas no mundo apenas com a confirmação na prática pela equipe de transição das propostas de campanha do presidente eleito Jair  Bolsonaro.

Nem é preciso ser uma sumidade em economia, finanças e gestão para enxergar que a forma de condução do País em todos os sentidos era um equívoco, um desastre!

Sem falar nas limitantes ao desenvolvimento que a ideologia vinha causando na economia, afugentando empresas e preocupando investidores. É só ver os números e perceber o caos em que nos encontramos.

Senão vejamos: Estado inchado, excesso de ministérios, uma legião de chefes para os índios, inoperância nos quadros, gastança exagerada em programas e o mal da estabilidade do servidor público.

É bom lembrar que a estabilidade do servidor possibilita a geração de inimigos na trincheira. E é um prego na engrenagem da gestão pela inoperância e a acomodação e na economia pelos interesses e privilégios, além do mal da corrupção endêmica.

O resultado não poderia ser outro, senão o comprometimento de quase 90% do PIB em folha de pagamento e previdência privada e das três esferas – União, Estados e Municípios – falta de qualidade nos serviços públicos, decadência da infraestrutura e um déficit público de mais de R$ 3,7 trilhões devido aos juros.

Que as cabeças da classe política seja iluminada por alguma força para ajudar a por ordem na desordem!

OPINIÃO DO ERON PORTAL.

………………………………………………….

 

O QUE JÁ PUBLICAMOS ANTE:

 

O TAMANHO IDEAL DO ESTADO.

Todos nós perguntamos: qual o tamanho que deveria ter o Estado? A extrema esquerda prega um Estado com tudo nas mãos. Maior que a Economia. O outro lado defende um Estado mínimo, que não gaste tudo o que é dos outros e se quebrem todo mundo. É que depois socializam o prejuízo. Mas, há quem diga que nenhum, nem o outo seria o ideal.

Parece-nos que o projeto a ser implantado em janeiro seja m avanço.

No intermediário estão: o centro esquerda, o centro direita e o centro. Estes pregam um Estado o suficiente para fazer as coisas andar e que todo mundo ganhe. Certamente ainda não apareceu quem tenha a receita para se chegar a essa perfeição de equilíbrio. Provavelmente, a partir daqui, a tendência vai ser o revezamento do poder nas mãos de cada um desses polos.

O fato é que a estrutura pública não pode ser um carrapato maior que a vaca: a Economia. Mas também não pode ser tão mínimo. A tendência, no mundo, é cada vez mais a tenologia produzir e a riqueza ser dividida, via lucros, entre as pessoas.

Há 25 anos, no Brasil, Delfin Netto já dizia: para dividir é preciso, primeiro, formar o bolo. Se o ex-ministro da Fazenda nos governos militares estava certo, ainda não sabemos. Só que nas sociedades e economias mais modernas – o Primeiro Mundo – tipo: Alemanha, Estados Unidos, Reino Unido, França, Japão, Áustria e outros, é o que normalmente vem ocorrendo.

Correndo por fora, na conjuntura mundial, estão a Rússia e a China. Mas deve ser pelo tamanho em população e território ou pelo potencial de riquezas  naturais.

Aqui no Brasil estamos nessa gangorra: num período estamos bem, em outro estamos mal. Um dia um modelo é experimentado, no outro é derrubou ou se mata. Isso ocorreu recentemente com o PT.

Vem por aí a eleição de um novo presidente. Atualmente os dois extremos estão em evidência. No meio há muita gente com potencial, mas que nem abriu a boca e ainda nem tem marketeiro para formatar a proposta e dizer o que pretende fazer. A verdade é que tudo é uma incógnita. Até e porque são 48% os eleitores que não sabem o que vão fazer na eleição.

 

 


191 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-