Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Nenhum banner para exibir

Anunciar Empresa
VEJA PARTE DA HISTÓRIA DA CONSTRUÇÃO DA ESTRADA CORVO BRANCO/sc – “Estamos tingindo de preto as asas brancas do corvo”.

VEJA PARTE DA HISTÓRIA DA CONSTRUÇÃO DA ESTRADA CORVO BRANCO/sc – “Estamos tingindo de preto as asas brancas do corvo”.

ESSA CONSTRUÇÃO FOI MAIS UM DOS DESAFIOS DA ENGENHARIA À NATUREZA. ELA PASSA POR UM SANTUÁRIO ECOLÓGICO DE GRÃO PARÁ.
FÓRUM PARLAMENTAR/SC FOI À ANTT DISCUTIR CONCESSÃO DA 101 – Amin e FECAM integraram essa comitiva.

FÓRUM PARLAMENTAR/SC FOI À ANTT DISCUTIR CONCESSÃO DA 101 – Amin e FECAM integraram essa comitiva.

O senador Esperidião Amin participou da reunião do Fórum Parlamentar Catarinense com a Diretoria da ANTT, em Brasília. Objetivo foi
UM SONHO DA SERRA DO RIO DO RASTRO – UM TELEFÉRICO LIGANDO SIDERÓPOLIS AO MIRANTE DE BOM JARDIM..

UM SONHO DA SERRA DO RIO DO RASTRO – UM TELEFÉRICO LIGANDO SIDERÓPOLIS AO MIRANTE DE BOM JARDIM..

PENSADO NO GOVERNO CATARINENSE PASSADO, O PROJETO INTERESSOU A INVESTIDORES EXTERNOS. MAS AGORA ESTÁ FORA DA PAUTA DO TURISMO DE
OBRAS DAS RODOVIAS CATARINENSES TEM AS DIGITAIS E AMIN – BR 282 e Esterada da Serra do Rio do Rastro foram seus desafios.

OBRAS DAS RODOVIAS CATARINENSES TEM AS DIGITAIS E AMIN – BR 282 e Esterada da Serra do Rio do Rastro foram seus desafios.

GOVERNADOR POR DUAS VEZES, O ATUAL SENADOR ESPERIDIÃO AMIN SEMPRE FOI UM APAIXONADO POR RODOVIAS. DESDE OS TEMPOS DE SECRETÁRIO
A MULHER NA POLÍTICA – A força da bancada do batom continua em alta em Santa Catarina.

A MULHER NA POLÍTICA – A força da bancada do batom continua em alta em Santa Catarina.

URUPEMA - NA SERRA CATARINENSE - DEVE SER O MUNICÍPIO COM A MAIOR BANCADA FEMININA. São quatro as vereadoras que estão
BASTIDORES DO INDICIAMENTO DE JULIO GARCIA EM IMAGENS – Maioria do público da terça, 15, nos arredores do plenário da ALESC, era de repórteres.

BASTIDORES DO INDICIAMENTO DE JULIO GARCIA EM IMAGENS – Maioria do público da terça, 15, nos arredores do plenário da ALESC, era de repórteres.

PRESIDENTE DO PODER GARANTE QUE VIVERÁ UM CALVÁRIO ATÉ O STF, MAS PROVARÁ OS EQUÍVOCOS DESSA INVESTIGAÇÃO ALCATRAZ EM RELAÇÃO
AUDIÊNCIA PÚBLICA DISCUTE PROJETO QUE BENEFICIA 60% DOS MUNICÍPIOS – A matéria é do deputado Jerry Comper, presidente da comissão de assuntos municipais/SC.

AUDIÊNCIA PÚBLICA DISCUTE PROJETO QUE BENEFICIA 60% DOS MUNICÍPIOS – A matéria é do deputado Jerry Comper, presidente da comissão de assuntos municipais/SC.

PROJETO PROPÕE ALTERAÇÃO NA DISTRIBUIÇÃO DE RECURSOS AOS MUNICÍPIOS. OS MENORES, UNS 60%, SERIAM OS MAIS BENEFICIADOS. Atualmente o bolo do
EDITORIAL –  É importante se criar municípios? Qual o efeito disso no retorno dos impostos?

EDITORIAL – É importante se criar municípios? Qual o efeito disso no retorno dos impostos?

HOJE A DIVISÃO DO BOLO ARRECADADO NO ICMS É DE PARTE IGUALMENTE A TODOS E PARTE COM BASE NO MOVIMENTO

STF RETOMA JULGAMENTOS – Caso Lula cria expectativa – Mas há outros assuntos polêmicos


stf-supremo-tribunal-federal
Esta postagem foi publicada em 31 de julho de 2018 Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo.

SEMANA DE PAUTA CHEIA NO STF – SUPERIOR TRIBUNAL FEDERAL

Entre as matérias, está um recurso da defesa do ex-presidentes e Lula que pode entrar na pauta. O assunto estava na Segunda Turma e foi remetido ao Plenário pelo ministro Luiz Edson Fachin, relator da Lava Jato. A presidente Carmem Lúcia não deve pautar esse assunto.

Ainda do interesse da defesa do ex-presidente Lula, existem duas ações tramitando no STF. Uma delas da OAB, pedindo a revisão da prisão a partir da condenação em Segundo Grau.

Também a ministra Carmem Lúcia já disse que ela não vai incluir este assunto na pauta porque não há fatos que justifiquem essa discussão agora. Seria uma alteração na jurisprudência.

Também o futuro presidente, ministro Dias Tofolli, que deve assumir dentro da ordem cronológica, em setembro, disse que antes da eleição não será incluído esse julgamento. Provavelmente nem depois, devendo ficar para o ano que vem.

A ministra Carmem Lúcia irá para o lugar do ministro Dias Tofolli, na Segunda Turma, responsável pelos casos da Lava Jato.

ALGUNS ASSUNTOS POLÊMICOS DA PAUTA:

A questão da descriminalização do aborto. Já há uma audiência pública marcada para sexta-feira. Pode vir a ser admitida a interrupção da gravidez até a décima segunda semana. Essa é uma ação patrocinadas pelo P-SOL;

Tabela das tarifas do frete, relativas ao acordo do Governo com os caminhoneiros por ocasião da greve;

Na semana que vem pode entrar em discussão outro tema polêmico: a questão do salário dos ministros que serve de base para o teto dos salários no serviço público. O STF e a ministra Carmem Lúcia não querem mexer nisso agora.

Porém, há enorme pressão de associações, entidades representativa dos integrantes do Judiciário e integrantes deste para que os salários sejam reajustados. O assuntos deve ficar para o orçamento do ano que vem.

 


93 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-