Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Nenhum banner para exibir

Anunciar Empresa
BRASIL MANTÉM MÉDIA ACIMA DE MIL ÓBITOS DIÁRIOS – OMS diz que América do Sul é novo epicentro do vírus e Brasil é o mais afetado.

BRASIL MANTÉM MÉDIA ACIMA DE MIL ÓBITOS DIÁRIOS – OMS diz que América do Sul é novo epicentro do vírus e Brasil é o mais afetado.

VEJA ADIANTE O BALANÇO DE HOJE. MINISTRO INTERINO VISITA ESTADOS PREOCUPADO SUPER LOTAÇÃO DE HOSPITAIS. Hoje: 26.754 mortos e 438.238 casos. 
INVERNO CHEGA PESADO NO SUL E NO CENTRO DO PAÍS – Geou forte na Serra Catarinense, Gaúcha e até no Sudeste do País.

INVERNO CHEGA PESADO NO SUL E NO CENTRO DO PAÍS – Geou forte na Serra Catarinense, Gaúcha e até no Sudeste do País.

SOL E CÉU CLAROS, MAS COM MUITO VENTO, APÓS A GEADA, TROUXERAM UMA SENSAÇÃO ATÉRMICA NEGATIVA EM 10 MUNICÍPIOS DAS
“NÃO PERGUNTE O QUE SEU PAÍS PODE FAZER POR VOCÊ, DIGA O QUE VOCÊ PODE FAZER POR ELE”/Kennedy – Então, palmas e ‘panelaços’ a médicos privados voluntários e a empresas que já estão contribuindo!
HÁ POLÍTICO BRASILEIRO, EM TODOS OS LADOS, PENSANDO QUE É DEUS E OUTROS QUE TEM CERTEZA QUE SÃO – Observe a vaidade de certos líderes e a arrogância de alguns  parlamentares.

HÁ POLÍTICO BRASILEIRO, EM TODOS OS LADOS, PENSANDO QUE É DEUS E OUTROS QUE TEM CERTEZA QUE SÃO – Observe a vaidade de certos líderes e a arrogância de alguns parlamentares.

SÃO COMO O REI SOL DA FRANÇA QUE NUTRIA ENORME INVEJA E CIÚMES DE QUEM FAZIA SUCESSO OU RECEBIA APLAUSOS
BEM HUMORADAS: FUTEBOL, PAIXÃO NACIONAL E “ÓPIO” DO POVO SOFRIDO – O esporte capaz de inspirar aplausos na mansão e festa na favela.

BEM HUMORADAS: FUTEBOL, PAIXÃO NACIONAL E “ÓPIO” DO POVO SOFRIDO – O esporte capaz de inspirar aplausos na mansão e festa na favela.

PARA OS BEM SITUADOS, CHANCE DE VISIBILIDADE; PARA ALGUNS INQUILINOS DO PODER, OPORTUNIDADE DE AGRADAR SÚDITOS; E PARA OS CARENTES
BRASIL JÁ NASCEU COM A CORRUPÇÃO – Depois da herança dos últimos governos, estamos enfrentando outra pandemia.

BRASIL JÁ NASCEU COM A CORRUPÇÃO – Depois da herança dos últimos governos, estamos enfrentando outra pandemia.

DOS TEMPOS DE PLATÃO AOS DO PESÃO CARIOCA, PASSAMOS DE CABRAL PORTUGUÊS A CABAL DO RJ A ATUAL PANDEMIA PARECE MAIS
USARAM JESUS DE FORMA IMPRÓPRIA, EM VÃO, E EM LUGAR INADEQUADO – No mínimo isso poderia acionar a lei do retorno como aviso (cheias e vírus).

USARAM JESUS DE FORMA IMPRÓPRIA, EM VÃO, E EM LUGAR INADEQUADO – No mínimo isso poderia acionar a lei do retorno como aviso (cheias e vírus).

O CARNAVAL NÃO DEVE SER O LUGAR IDEAL PARA PROTESTAR USANDO O NOME E A FIGURA DE DEUS. Coincidência ou não,
IMAGENS MÁGICAS DE SANTA CATARINA – A magia de Floripa, Balneário e Rio do Rastro.

IMAGENS MÁGICAS DE SANTA CATARINA – A magia de Floripa, Balneário e Rio do Rastro.

VEJA UM VÍDEO DE PARAR O FÔLEGO E FOTOS MUITO ESPECIAIS. Dentro da série Magias de Santa Catarina,  destacamos aqui: Florianópolis

SENADO APROVA PRESTAÇÃO DE CONTAS SIMPLIFICADA PARA MUNICÍPIOS PEQUENOS; CNM COMEMORA


1814728
Esta postagem foi publicada em 26 de setembro de 2017 Administração, Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo, Política.

Proposta que estabelece a prestação de contas simplificada para Municípios de pequeno porte avança no Congresso Nacional. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) acompanhou a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 77/2015, em segundo turno, pelo Plenário do Senado Federal nesta terça-feira, 20 de setembro, e comemorou a aprovação do texto por unanimidade.

A matéria faz parte da pauta prioritária do movimento municipalista brasileiro. Ela foi votada em primeiro turno em agosto, aprovada pelo Plenário e agora segue para a análise da Câmara dos Deputados. Apresentada pelo senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), a PEC favorece a adoção de regras mais simples para a celebração de convênios e transferências de créditos da União e Estados.

Com a aprovação da PEC, a obrigatoriedade dos Municípios de prestar contas e publicar balancetes nos prazos fixados em lei, ao arrecadarem seus impostos, será diferenciada em mais de 60% dos Municípios, com até 15 mil habitantes. Os órgãos e entidades da administração pública dispensarão a eles um “tratamento jurídico diferenciado”, ao simplificar a liberação de recursos e a fiscalização das contas prestadas, inclusive quando se tratar de transferências voluntárias entre os Entes da federação.

Um dos objetivos da PEC é evitar a demora na liberação de recursos e a suspensão de repasses de convênios em decorrência de trâmites burocráticos. Na prática, a definição das novas regras de prestação de contas ainda deverá ser feita pelos parlamentares por meio de projeto de lei complementar, depois que a PEC for aprovada na Câmara dos Deputados.

Atuação
Durante atuação no Senado, representantes da CNM e o vice-presidente da entidade, Glademir Aroldi, se reuniram com Anastasia. A entidade concorda com a PEC, que questiona os atuais critérios de prestação de contas para todas a administrações municipais. Esses normas acabam prejudicando os Municípios menores, por conta da burocracia, da deficiência de pessoal qualificado e da falta de estruturas tecnológicas.

Para o relator da PEC, senador Romero Jucá (PMDB-RR), a matéria representa um ganho muito grande para a máquina pública. Ele lembrou que 85% dos Municípios de Roraima serão beneficiados. A senadora Marta Suplicy (PMDB-SP) elogiou a sensibilidade do relator e do autor, ao destacar que a medida vai atingir cerca de 400 Municípios paulistas.

Unanimidade
Durante a deliberação no Plenário, diversos senadores manifestaram apoio à matéria. Dentre eles, o senador Otto Alencar (PSD-BA), que disse que a medida vai facilitar a prestação de contas desses Municípios, sem que estes tenham que abrir mão da responsabilidade fiscal. O senador Benedito de Lira (PP-AL) acredita que alteração constitucional vai desburocratizar as rotinas das Prefeituras e lembrou que a grande maioria dos Municípios brasileiros são de pequeno porte.

Para o senador Lindbergh Farias (PT-RJ), a PEC é “extremamente importante”, pois vai na direção do interesse dos Municípios. O autor da PEC agradeceu o apoio dos colegas e garantiu que proposta busca aprimorar a administração pública brasileira. Rose de Freitas (PMDB-ES), Edison Lobão (PMDB-MA), Jorge Viana (PT-AC), Aécio Neves (PSDB-MG), Simone Tebet (PMDB-MS), Flexa Ribeiro (PSDB-PA) e Ivo Cassol (PP-RO) foram alguns dos senadores que exaltaram a PEC.

Votação

O Observatório Político da CNM mostra como votou os senadores nos dois turnos da PEC. A entidade incentiva os gestores municipais a acompanharem a atuação de seus parlamentares. Veja a votação em segundo turno aqui e a votação do primeiro turno aqui.


344 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-