Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Nenhum banner para exibir

Anunciar Empresa
HÁ POLÍTICO BRASILEIRO PENSANDO QUE É DEUS E OUTROS QUE TEM CERTEZA QUE SÃO – Observe a vaidade de certos governadores e a arrogância de alguns deputados.

HÁ POLÍTICO BRASILEIRO PENSANDO QUE É DEUS E OUTROS QUE TEM CERTEZA QUE SÃO – Observe a vaidade de certos governadores e a arrogância de alguns deputados.

SÃO COMO O REI SOL DA FRANÇA QUE NUTRIA ENORME INVEJA E CIÚMES DE QUEM FAZIA SUCESSO OU RECEBIA APLAUSOS
NOTÍCIAS FOGUETES NO ERON PORTAL – Aprovado “Coronavoucher” de R$ 600 reais para informais.  Presidente participa de vídeo conferência do G-20.

NOTÍCIAS FOGUETES NO ERON PORTAL – Aprovado “Coronavoucher” de R$ 600 reais para informais. Presidente participa de vídeo conferência do G-20.

HOJE PELA MANHÃ O PRESIDENTE JAIR BOLSONARO PARTICIPA DE VÍDEO CONFERÊNCIA DO G-20 Ele focou na defesa da vida e da
NOTÍCIAS CURIOSAS DURANTE A PANDEMIA – O avião que pulveriza com água benta a população.

NOTÍCIAS CURIOSAS DURANTE A PANDEMIA – O avião que pulveriza com água benta a população.

  AJUDA QUE VEM DO CÉU! No interior de São Paulo um padre distribui pelos ares ajuda divina: água benta contra o
O BRASIL É ESTRATÉGICO PARA O MUNDO – Quase um continente com solo para produzir alimentos e para oferecer matéria prima.

O BRASIL É ESTRATÉGICO PARA O MUNDO – Quase um continente com solo para produzir alimentos e para oferecer matéria prima.

É PRECISO ENTENDER LOGO QUE DAQUI UM POUCO TEREMOS ENORME PODER. E QUE ISSO PODERÁ COMEÇAR APÓS A PANDEMIA, SE
EMPREGADOS DAS PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS TEM SALÁRIOS GARANTIDOS POR 60 DIAS – Governo anuncia linha de crédito para garantir a folha.

EMPREGADOS DAS PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS TEM SALÁRIOS GARANTIDOS POR 60 DIAS – Governo anuncia linha de crédito para garantir a folha.

TAMBÉM FORAM ANUNCIADAS OUTRAS MEDIDAS PARA REDUZIR O IMPACTO DA PANDEMIA NA ECONOMIA.   FOLHA DE PAGAMENTO Fotos: Agência Brasil Nesta amanha o governo
TODO TRABALHO É DIGNO – Por isso devemos ter orgulhar do nosso. Alguém pode nem ter um!

TODO TRABALHO É DIGNO – Por isso devemos ter orgulhar do nosso. Alguém pode nem ter um!

IMAGINA DAQUI UNS DIAS SE NÃO EXISTIR MAIS OS GARIS? A verdade é que recebemos de Deus e do Universo nossa
ADIAMENTO DE ELEIÇÕES PODE SER INEVITÁVEL – E não seria medida antidemocrática e sim questão de bom senso e prioridade.

ADIAMENTO DE ELEIÇÕES PODE SER INEVITÁVEL – E não seria medida antidemocrática e sim questão de bom senso e prioridade.

SERÁ OPORTUNIDADE, TAMBÉM, PARA SE COMEÇAR A REPENSAR ESSA FESTANÇA BATIZADA DE "MUTIRÃO DEMOCRÁTICO" E SE ESTABELECER ELEIÇÕES GERAIS DE
HOJE É O DIA MUNDIAL DA ÁGUA, O QUE NÓS AINDA TEMOS EM ABUNDÂNCIA – Então podemos lavar mais as mãos, principal veículo do vírus.

HOJE É O DIA MUNDIAL DA ÁGUA, O QUE NÓS AINDA TEMOS EM ABUNDÂNCIA – Então podemos lavar mais as mãos, principal veículo do vírus.

MUITA GENTE AINDA NÃO TEM ÁGUA EM CASA E MAIS DE 40% NO MUNDO NÃO TEM ÁGUA NEM PARA BEBER.

SENADO APROVA DECRETO DE CALAMIDADE E JÁ ESTÁ PUBLICADO E EM VIGOR – Uma comissão mista vai acompanhar os gastos facilitados pelo decreto.


Sessão Deliberativa Remota destinada a deliberar sobre o Projeto de Decreto Legislativo (PDL) 88/2020, que reconhece o estado de calamidade pública no Brasil. 

O Senado vota nesta sexta-feira (20) o Projeto de Decreto Legislativo (PDL) 88/2020, que reconhece o estado de calamidade pública no Brasil. Esse é o único item na pauta da reunião, convocada pela Presidência do Senado Federal. A sessão deliberativa é remota, ou seja, senadores poderão debater o assunto e votar a matéria pelo computador, sem estar presentes ao Plenário. 

A proposta, aprovada na noite da quarta-feira (18) pela Câmara dos Deputados, permite que o Executivo gaste mais do que o previsto e desobedeça às metas fiscais estabelecidas para 2020 para custear ações de combate à pandemia de coronavírus. O senador Weverton (PDT-MA) é o relator da proposta. 

A sessão deliberativa remota é conduzida pelo 1º vice-presidente do Senado Federal, senador Antonio Anastasia (PSD-MG). 

Na sala da Secretaria de Tecnologia da Informação do Senado Federal (Prodasen), senadores e funcionários da Casa se preparam para o ínicio da sessão. 

Foto: Jane de Araújo/Agência Senado
Esta postagem foi publicada em 20 de março de 2020 Administração, Noticia Extra, Notícias em Destaques Slide Topo.

OBJETIVO DA MEDIDA É FLEXIBILIZAR A LRF, O TETO DE GASTOS E AS AÇÕES DO EXECUTIVO TENDO EM VISTA A CRISE DO VÍRUS.

COM 100% de votos “SIM”  dos 75 senadores que votaram, foi aprovado hoje no Senado o Decreto de Calamidade Pública em todo o País, devido ao coronavírus.

Nem precisou dos votos de todos os integrantes da Casa, já que foi uma votação inédita, por vídeo conferência, não usual, demoradas e era preciso apenas de 42 votos “SIM”.

download (43)

Votação virtual inédita foi presidia pelo senador Antonio Anastasia, em virtude de o presidente Davi Alcolumbre estar com resultado positivo em exame do coronavírus.

 

O encerramento da votação, antes de todos os senadores votar, foi porque, em alguns casos, os restantes já haviam sido chamados, mas a conexão estava difícil. A matéria precisava ser declarada aprovada e sancionada o quanto antes.

O decreto do Executivo tem como objetivo principal flexibilizar ações e providências, liberar o teto de gastos e atenuar a Lei de Responsabilidade fiscal. Tudo devido ao enfrentamento à ameaça mundial.

Sabemos que, em condições normais, uma compra do poder público, por exemplo, depende de um processo engessado e licitação que demanda um tempo de, no mínimo, 45 dias. E daqui um pouco as coisas podem precisar ser feitas para ontem.

Uma comissão composta poar seis senadores se seis deputados vai acompanhar os gastos com a flexibilização que o Decreto de Calamidade pública vai permitir.

Entre outros efeitos, o Decreto possibilita descumprir a LRF – Lei de Responsabilidade Fiscal, aumentar ao teto de gastos e agilizar o processo de compra, entre outras ações que dependam de burocracia como a licitação, por exemplo.

Outro acordo positivo com o Legislativo foi a transferência de R$ 8 bilhões relativos a emendas impositivas para que o Ministério da Economia possa usá-las como no que for mais urgente.

 

~~~~~~~~~~~~

POSTAGENS ANTERIORES.

Usinas doam álcool “índice 70” para produção de álcool gel à saúde. Na mesma linha, a Ambev também entra no mutirão solidário e fabrica álcool gel e doa a hospitais.

ANVISA OFICIALIZARÁ RAPIDAMENTE O PROCESSO. CERVEJARIAS TAMBÉM PRODUZEM ÁLCOOL E DOAM A HOSPITAIS.


56 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-