Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Nenhum banner para exibir

Anunciar Empresa
PELO 4º DIA CONSECUTIVO BRASIL REGISTRA MAIS DE MIL ÓBITOS POR COVID-19 – Quase 650 mil casos antes do pico a ser registrado nesta quinzena.

PELO 4º DIA CONSECUTIVO BRASIL REGISTRA MAIS DE MIL ÓBITOS POR COVID-19 – Quase 650 mil casos antes do pico a ser registrado nesta quinzena.

ULTRAPASSAMOS A ITÁLIA E NOS TORNAMOS O 3º PAÍS EM VITIMAS DA PANDEMIA. VEJA A SEGUIR O BALANÇO DA SEMANA.   CIENTISTAS
CIDADES COMEÇAM A REATIVAR O TRANSPORTE COLETIVO URBANO EM SC – Ônibus intermunicipal ainda sem previsão de retorno.

CIDADES COMEÇAM A REATIVAR O TRANSPORTE COLETIVO URBANO EM SC – Ônibus intermunicipal ainda sem previsão de retorno.

PREFEITOS DEFINEM CONDIÇÕES PARA OPERAÇÕES E OS CUIDADOS PARA EMPRESAS RETOMAREM OS SERVIÇOS COM MENOS RISCOS DE CONTAMINAÇÃO. Principais cuidados: 50% da
INVERNO CHEGA PESADO NO SUL E NO CENTRO DO PAÍS – Mínima foi em Urupema, na Serra Catarinense. Geou também na Gaúcha.

INVERNO CHEGA PESADO NO SUL E NO CENTRO DO PAÍS – Mínima foi em Urupema, na Serra Catarinense. Geou também na Gaúcha.

SOL E CÉU CLAROS, MAS COM MUITO VENTO, APÓS A GEADA, TROUXERAM UMA SENSAÇÃO ATÉRMICA NEGATIVA EM 10 MUNICÍPIOS DAS
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E A DO CONHECIMENTO: Atropelaram a Educação e a resistência a novas culturas

REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E A DO CONHECIMENTO: Atropelaram a Educação e a resistência a novas culturas

HÁ 20 ANOS QUE A NOSSA EDUCAÇÃO ESTÁ ENSINANDO CONTEÚDOS E FORMANDO GENTE PARA TAREFAS DO SÉCULO PASSADO. A ORGANIZAÇÃO E
CAMINHO NATURAL DA  EDUCAÇÃO PODERÁ SER A PRIVATIZAÇÃO – Aquisição de vagas pode aliviar o peso crescente na estrutura e nas contas públicas.

CAMINHO NATURAL DA EDUCAÇÃO PODERÁ SER A PRIVATIZAÇÃO – Aquisição de vagas pode aliviar o peso crescente na estrutura e nas contas públicas.

NAS MÃOS DE PROFISSIONAIS O SETOR SE TORNARIA MAIS PRODUTIVO E SEM INTERFERÊNCIA IDEOLÓGICA, PARTIDÁRIA E DE CONTEÚDOS EXÓTICOS. O Ensino
ESTIAGEM PODE COMPROMETER ABASTECIMENTO NO SUL DE SC – Mais 15 dias sem chuva forte justificará decreto de emergência.

ESTIAGEM PODE COMPROMETER ABASTECIMENTO NO SUL DE SC – Mais 15 dias sem chuva forte justificará decreto de emergência.

BARRAGEM QUE ABASTECE CRICIÚMA E REGIÃO ESTÁ COM 10% DE SUA CAPACIDADE DE ESTOCAGEM. CIDADES, INDÚSTRIAS E AGRICULTURA PODEM TER
CAMPO NÃO PARA E JÁ COLHEU 90% DA SUPERSAFRA DE GRÃOS – Área já está quase toda coberta de milho e é preparado solo para nova safra.

CAMPO NÃO PARA E JÁ COLHEU 90% DA SUPERSAFRA DE GRÃOS – Área já está quase toda coberta de milho e é preparado solo para nova safra.

DADOS IMPORTANTES REVELAM QUE DEPOIS DA PANDEMIA PROVAVELMENTE O MUNDO PRECISARÁ MUITO DE ALIMENTOS E O BRASILEIRO PRECISARÁ COMER E RECUPERAR SUA
FIQUE EM CASA, EVITE IR BUSCAR O VÍRUS E CONTAMINAR QUEM VOCÊ AMA – Parar a Terra, no bom sentido, é preciso!

FIQUE EM CASA, EVITE IR BUSCAR O VÍRUS E CONTAMINAR QUEM VOCÊ AMA – Parar a Terra, no bom sentido, é preciso!

RAUL SEIXAS E SÍLVIO BRITO JÁ PREVIAM ISSO HÁ MAIS DE 30 ANOS: O DIA EM QUE A TERRA PAROU

SABORES DA SERRA CATARINENSE/SC – Churrasco e o Entrevero: pratos simples, mas com sabor sofisticado.


churrasco
Esta postagem foi publicada em 5 de maio de 2020 Destaques 2, Noticia Extra, Notícias em Destaques Slide Topo, Slide Esportes.

 

BOAS OPÇÕES PARA SE CONSUMIR NESTES TEMPOS DE PERMANÊNCIA EM CASA. O PINHÃO JÁ ESTÁ DISPONÍVEL NO MERCADO. A SAFRA COMEÇOU NO ÚLTIMO DIA 15 DE ABRIL.

No “esquenta” das reportagens que o Portal prepara sobre o inverno que vem por aí, publicamos a história do prato que é a essência da gastronomia da Serra Catarinense, à base da semente da araucária: o pinhão.

É UM PRATO TÍPICO ONDE SE DESTACAM: PINHÃO, LINGUIÇA, CARNE VERMELHA E LEGUMES.

FOTO 2

O personagem desta reportagem é Júlio César Ribeiro Ramos, de família tradicional e histórica de Lages, ex-vereador e o primeiro a iniciar no Turismo Rural, em Pedras Brancas. É uma das figuras mais importantes da consolidação do turismo em Lages.

Ele é o criador do prato mais interessante e original da culinária típica de nossa região: o Entrevero. O prato está registrado como de sua autoria. Com certeza é um dos mais consumidos na Festa Nacional do Pinhão.

Já existe até uma cultura toda especial voltada para o preparo do prato: instrumentos para descascar o pinhão e conservação do produto em supermercados para uso o ano todo. Consta do cardápio dos principais restaurantes de Lages e Região; da Festa Nacional do Pinhão; e das fazendas de Turismo Rural.

Fomos buscar maiores informações na FCC – Fundação Catarinense de Cultura, no Caderno da Serra – Identidades. Conheça toda a história do prato e de seu criador.

Histórico: Julio conta que na fazenda de seu pai, Plínio Ribeiro Ramos, tinham o hábito de fazer o chamado “Café com Salgado”. Por volta do ano de 1985 Júlio começou a trabalhar com turismo, sendo pioneiro na atividade na região de Lages, e por esse motivo resgatou a gastronomia da região. Ele conta que servia em sua fazenda para os turistas o churrasco de moquém, mas não tinha o hábito de servir junto com aperitivos como linguicinha e outros. Certo dia um turista pediu que ele servisse um aperitivo e então ele resolveu resgatar os ingredientes que eram servidos no café com salgado (linguicinha, pinhão e frescal), e surgiu a ideia de fazer em um disco de arado um prato diferente. Nesse disco ele refogou charque e linguicinha campeira. Percebeu que ficou muito salgado. Nesse momento, viu uma funcionária que estava fazendo almoço passar com um prato de tomates picados e resolveu acrescentá-los Denominação: Entrevero Outras denominações freqüentes: Entreverado Região: Serrana Município: Lages Entrevistado(a): Julio Cesar Ribeiro Ramos Saberes Código LGS-S-03 Lages Lages 99 Identidades ao refogado. Além deste, acrescentou cebola, pimentão e pinhão cozido. Um amigo, vendo isso, comentou que aquele era um verdadeiro “entrevero”, então batizou esse prato com o nome de Entrevero, ou Entreverado Serrano. Em seguida houve a Festa do Pinhão e o Globo Rural fez uma reportagem com Julio sobre a gastronomia típica serrana. O entrevero foi o prato escolhido para ser apresentado no programa, e eleito o prato do ano do Globo Rural de 1989. Nos concursos gastronômicos da Festa do Pinhão esse prato foi campeão por três vezes consecutivas, tendo participado também de outros concursos gastronômicos em que também foi campeão. Júlio afirma que a receita original é feita com ingredientes produzidos em Lages e essa receita é a única verdadeira. Não se opõe que essa receita seja usada ou comercializada. Existem outros tipos de entreveros, mas esse é o típico serrano. Ele fica incomodado quando vê essa receita ser feita de forma diferente usando o nome de entrevero – o seu foi patenteado como Entrevero (ou Entreverado).

Descrição / Observações Gerais:

Ingredientes: Alcatra, carne de porco, bacon, linguiça calabresa, pinhão cozido, cebola, alho, pimentão verde, pimentão vermelho, cenoura, tomate, óleo, tempero verde e sal.

Modo de fazer: Picar todos os ingredientes separados, fritar as carnes aos poucos, num disco ou panela de ferro. Colocar os outros ingredientes, deixando o tomate por último e refogar até o ponto desejado.


1470 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-