Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Anunciar Empresa
NOVA POLÍTICA, NOVAS PRÁTICAS, NOVA CONSCIÊNCIA – Deputado reduz metade dos assessores e economia pode manter escola de até 1.000 alunos.

NOVA POLÍTICA, NOVAS PRÁTICAS, NOVA CONSCIÊNCIA – Deputado reduz metade dos assessores e economia pode manter escola de até 1.000 alunos.

SUA MAIS RECENTE MEDIDA OUSADA: EXIGÊNCIA DE EXAMES TOXICOLÓGICOS NA HORA DA MATRÍCULA DO ACADÊMICO DA UNIVERSIDADE PÚBLICA. O mesmo deputado
QUAL A ORIGEM DO NOSSO SUBDESENVOLVIMENTO, SINÔNIMO DE MISÉRIA E IGNORÂNCIA? Seria porque já nascemos com o espírito derrotista para herdar o Reino dos Céus?

QUAL A ORIGEM DO NOSSO SUBDESENVOLVIMENTO, SINÔNIMO DE MISÉRIA E IGNORÂNCIA? Seria porque já nascemos com o espírito derrotista para herdar o Reino dos Céus?

O FATO É QUE FOI BEM NESSA ESCOLA DE BERÇO QUE FOMOS ESTIMULADOS A CULTUAR A POBREZA E A MISÉRIA.
EDITORIAL: SERVIÇOS AUTÔNOMOS – TÁBUA DE SALVAÇÃO DOS EXCLUÍDOS PELO MERCADO – Emprego fichado (fixado) está em extinção devido aos encargos.

EDITORIAL: SERVIÇOS AUTÔNOMOS – TÁBUA DE SALVAÇÃO DOS EXCLUÍDOS PELO MERCADO – Emprego fichado (fixado) está em extinção devido aos encargos.

QUEM DIRIA! SER VENDEDOR OU AUTÔNOMO DEIXA DE SER FEIO! VIRA MODA E COMEÇA A SALVAR A ECONOMIA, A PÁTRIA
SISTEMA FOREVER ÁGUIAS BRASIL DE CRICIÚMA – Comunicadores e apresentadores dessa fórmula de sucesso e de mudança de vida.

SISTEMA FOREVER ÁGUIAS BRASIL DE CRICIÚMA – Comunicadores e apresentadores dessa fórmula de sucesso e de mudança de vida.

O ESTILO DE ATUAÇÃO, PRESENCIAL E VIRTUAL, DOS PRINCIPAIS GERENTES E APRESENTADORES DE OPORTUNIDADES DE NEGÓCIO E DE PRODUTOS. A Forever é
GOVERNADOR MOISÉS CUMPRE AGENDA NO SUL – Anuncia recursos e inaugura trecho de estrada.

GOVERNADOR MOISÉS CUMPRE AGENDA NO SUL – Anuncia recursos e inaugura trecho de estrada.

NESTA SEXTA, 13, PARTICIPOU DE EVENTO BENEFICENTE DA "Nova Ama", QUANDO ANUNCIOU AJUDA FINANCEIRA. A agenda em Criciúma (sexta) e no
UM LUGAR QUALIFICADO E DE FUTURO PROMISSOR – Criciúma/SC tende a ser uma das melhores cidades para se viver, em 10 anos.

UM LUGAR QUALIFICADO E DE FUTURO PROMISSOR – Criciúma/SC tende a ser uma das melhores cidades para se viver, em 10 anos.

ANDA A PASSO ACELERADO EM TRÊS FRENTES: INFRAESTRUTURA, EDUCAÇÃO E SAÚDE. AGORA DEVE DESCOBRIR NO TURISMO O SEU 4º PILAR. Com
CONHEÇA UM FENÔMENO INTERNACIONAL EM FOLCLORE E ARTES POPULARES – Um espetáculo em coreografia, visual, ritmo, técnica e vigor físico.

CONHEÇA UM FENÔMENO INTERNACIONAL EM FOLCLORE E ARTES POPULARES – Um espetáculo em coreografia, visual, ritmo, técnica e vigor físico.

PELA PRIMEIRA VEZ NO BRASIL, O GRUPO ESTÁ EM CRICIÚMA SE APRESENTANDO NA 31ª FESTA DAS ETNIAS. Veja agora um breve
CHOQUES NAS CULTURAS COLONIAIS – Diferenças entre as colonizações Norte Americanas e as Sul Americanas/Brasil.

CHOQUES NAS CULTURAS COLONIAIS – Diferenças entre as colonizações Norte Americanas e as Sul Americanas/Brasil.

AS LÁ DE CIMA FORAM BASEADAS NO TRABALHO E AS DAQUI DE BAIXO NA FÉ PREGADA POR CATÓLICOS. Ao analisarmos as

Poluição da Baia de Guanabara tem raiz na cultura


Esta postagem foi publicada em 26 de agosto de 2016 Notícias em Destaques Slide Topo.

O maior poluidor do planeta não é a fábrica, é o homem. Isso ficou comprovado no Rio de Janeiro, durante alguns dias que a mídia mundial passou a questionar muito a qualidade da água de onde foram realizadas as competições de vela e canoagem das Olimpíadas.

Faz parte do costume de muita gente jogar lixo nos rios e no mar; de algumas cidades que não resolvem a questão do correto destino no lixo urbano e a maioria vai também para as águas. O rio Carioca, que deu cognome ao povo da Cidade do Rio de Janeiro, sumiu e está moribundo como canal de esgoto até à Baía.

Bastou colocar guardas da Força Nacional e algumas providências que estacaram o despejo de dejetos no mar, que as águas da Baía até parecessem um Mar do Caribe. É claro que a Natureza colaborou e pouco choveu durante os 17 dias dos jogos. Não houve ressaca para agitar o mar, fazer o lixo boiar e expor os atletas ao meu cheiro e aumentar o fiasco.

Um dos maiores legados dos jogos para o meio ambiente é educativo. Como é que foi possível curar as feridas da ação do homem há décadas (ou camuflá-las) sem muitos investimentos em obras? É mágica! Resta, agora, fortalecer a nova cultura que é possível surgir, de cuidados com o mar e com as águas em geral.

O Rio Carahá, em Lages/SC, é um exemplo de maus tratos a um manancial urbano por parte da população. Uma campanha educativa (Carahá de Cara Limpa) está corrigindo esse péssimo costume da população. Era comum o cidadão parar o carro e esvaziar o porta-malas, cheio de sacos de lixo, e jogar tudo no rio. Felizmente, hoje isso já não é tão comum.

 

Rios urbanos viram canal de esgoto

Como se diz popularmente “o relaxado varre a sujeira para debaixo do tapete”. É o que acontece com os rios urbanos no Brasil. Em São Paulo mais de 300 rios estão sob a selva de concreto nas margens de ruas altamente valorizadas. Resultado da falta de espaço para acomodar tanta gente na metrópole.

Por outro lado, nesses locais há alta concentração demográfica que precisa sobreviver. Sendo ponto de contração popular, no fundo, é altamente econômico, filé para a especulação.

Na cidade do Rio de Janeiro, o Rio Carioca, que inicialmente matava a sede da população e que deu o cognome ao povo local, foi canalizado, escondido, desviado de seu curso e serve de rede de esgoto até a Baía da Guanabara. Essa maldade é como aquela cometida pelos filhos que enterram os pais vivos nos asilos.

Como a prioridade, hoje, é sobreviver, ninguém pensa na sobrevivência dos descendentes amanhã. Culpa da falta de planejamento e de critério na ocupação do Planeta. As vilas que originaram as cidades, especialmente no Brasil, nasceram perto de rios e ao redor de igrejas, localizadas na melhor parte do lugar. Gente perto de rios potencializa os efeitos do clima para a opinião pública. Uma enchente onde não há gente até passa despercebida, pode até nem ser divulgada.


327 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-