Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Nenhum banner para exibir

Anunciar Empresa
UM DESAFIO DA ENGENHARIA À NATUREZA – A construção da estrada da Serra do Rio do Rastro uma das maravilhas feitas pelo homem.

UM DESAFIO DA ENGENHARIA À NATUREZA – A construção da estrada da Serra do Rio do Rastro uma das maravilhas feitas pelo homem.

NOS TEMPOS DAS TROPEADAS O SERRANO LEVAVA CHARQUE E COURO PELA TRILHA DE CHÃO BATIDO E TRAZIA SAL, AÇÚCAR, FARINHA
AS BEM HUMORADAS DO FUTEBOL: SELEÇÃO “EMPATITE” SÓ GOLEIA DE 1 A 1 – E nosso craque Neymar só participa da largada.

AS BEM HUMORADAS DO FUTEBOL: SELEÇÃO “EMPATITE” SÓ GOLEIA DE 1 A 1 – E nosso craque Neymar só participa da largada.

PARECE O COPERSUCAR DO ÉMERSON FITTIPALDI: QUASE SÓ PARTICIPAVA DA LARGADA E SÓ ESTEVE EM DOIS PÓDIOS EM CINCO ANOS. Seleção
APOSTA AQUI DO PORTAL: FLAMENGO SERÁ CAMPEÃO NA 34ª RODADA – Que tal por o time do Jesus no lugar da seleção do Tite nas Eliminatórias?

APOSTA AQUI DO PORTAL: FLAMENGO SERÁ CAMPEÃO NA 34ª RODADA – Que tal por o time do Jesus no lugar da seleção do Tite nas Eliminatórias?

MÍDIA ESPORTIVA APOSTA QUE VIRA CAMPEÃO  NA 35ª RODADA. MAS, A CONTINUAR ESSE ANDOR DO JESUS SERÁ ANTES... Quem sabe colocamos
VEJA PARTE DA HISTÓRIA DA CONSTRUÇÃO DA ESTRADA CORVO BRANCO/sc – “Estamos tingindo de preto as asas brancas do corvo”.

VEJA PARTE DA HISTÓRIA DA CONSTRUÇÃO DA ESTRADA CORVO BRANCO/sc – “Estamos tingindo de preto as asas brancas do corvo”.

ESSA CONSTRUÇÃO FOI MAIS UM DOS DESAFIOS DA ENGENHARIA À NATUREZA. ELA PASSA POR UM SANTUÁRIO ECOLÓGICO DE GRÃO PARÁ.
FÓRUM PARLAMENTAR/SC FOI À ANTT DISCUTIR CONCESSÃO DA 101 – Amin e FECAM integraram essa comitiva.

FÓRUM PARLAMENTAR/SC FOI À ANTT DISCUTIR CONCESSÃO DA 101 – Amin e FECAM integraram essa comitiva.

O senador Esperidião Amin participou da reunião do Fórum Parlamentar Catarinense com a Diretoria da ANTT, em Brasília. Objetivo foi
UM SONHO DA SERRA DO RIO DO RASTRO – UM TELEFÉRICO LIGANDO SIDERÓPOLIS AO MIRANTE DE BOM JARDIM..

UM SONHO DA SERRA DO RIO DO RASTRO – UM TELEFÉRICO LIGANDO SIDERÓPOLIS AO MIRANTE DE BOM JARDIM..

PENSADO NO GOVERNO CATARINENSE PASSADO, O PROJETO INTERESSOU A INVESTIDORES EXTERNOS. MAS AGORA ESTÁ FORA DA PAUTA DO TURISMO DE
OBRAS DAS RODOVIAS CATARINENSES TEM AS DIGITAIS E AMIN – BR 282 e Esterada da Serra do Rio do Rastro foram seus desafios.

OBRAS DAS RODOVIAS CATARINENSES TEM AS DIGITAIS E AMIN – BR 282 e Esterada da Serra do Rio do Rastro foram seus desafios.

GOVERNADOR POR DUAS VEZES, O ATUAL SENADOR ESPERIDIÃO AMIN SEMPRE FOI UM APAIXONADO POR RODOVIAS. DESDE OS TEMPOS DE SECRETÁRIO
A MULHER NA POLÍTICA – A força da bancada do batom continua em alta em Santa Catarina.

A MULHER NA POLÍTICA – A força da bancada do batom continua em alta em Santa Catarina.

URUPEMA - NA SERRA CATARINENSE - DEVE SER O MUNICÍPIO COM A MAIOR BANCADA FEMININA. São quatro as vereadoras que estão

PONTES SEM MANUTENÇÃO, PERIGO DEBAIXO DOS PÉS – Pontes Pedro Ivo e Colombo Sales na mira do MP.


PONTEE-1
Esta postagem foi publicada em 12 de janeiro de 2019 Administração, Destaques 5, Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo, Política.

Já é hora de se pensar na mudança da estrutura administrativa do Estado para o interior ou privatizar as pontes. Se a estrutura das laterais – passeios da ponte Pedro Ivo, em Floripa – está como revela a foto desta matéria, é sinal que a fadiga dos materiais já começou.

Há muito que a mídia, os pescadores, turistas que andam de lancha e lideranças políticas alertam que o perigo ronda as pessoas o dia inteiro na travessia do continente à ilha.

Sinal disso é que o MP já interviu por várias veze e agora deve exigir um termo de ajuste de conduta para as providências para o caso.

Daqui um pouco só um teleférico vai melhorar a travessia do continente à Ilha.

Mal salvamos Ponte Hercílio Luz – que agora também apresenta problemas – e já teremos de começar a salvar as outras. Fotos revelam que as ferragens da ponte mais nova, a Pedro Ivo Campos,  já estão expostas em alguns pontos da estrutura das laterais.

Achamos que chega de por dinheiro fora em pontes na Capital. É hora de se pensar em alternativas, como a privatização das pontes ou na mudança da estrutura administrativa do Estado para o interior.

Os problemas que estão surgindo nas pontes provavelmente são decorrentes de serviços malfeitos para economia e desvio de recursos em propina e superfaturamentos. Certamente foi mal feita a estrutura e agora pode estar sofrendo desgaste com a maresia. Se uma ferragem não for bem protegida o desgaste no mar pode ser 10 vezes maior que na Serra, por exemplo.

Está na hora mesmo de pensar na mudança da Capital para o Interior como já chegou a até estar previsto na Constituição Estadual. Chega de jogar dinheiro fora em pontes e obras para acomodar o fluxo de veículos e empreendimentos imobiliários que até invadem o mar.

Se não pensarmos nisso, logo terão de ser privatizadas as pontes para que o pedágio cubra os custos de manutenção.

Se cada veículo pagasse um centavo para passar nas pontes já seria o suficiente para mantê-las. Mas, com a mudança da Capital iria reduzir o fluxo.


490 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-