Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Nenhum banner para exibir

Anunciar Empresa
ENTRAMOS NAS SEMANAS CRÍTICAS DA COVID E CURVA DEVE COMEÇAR A ACHATAR – País passa de 1,9 milhão de casos e mais de 74 mil óbitos.

ENTRAMOS NAS SEMANAS CRÍTICAS DA COVID E CURVA DEVE COMEÇAR A ACHATAR – País passa de 1,9 milhão de casos e mais de 74 mil óbitos.

MÉDIA DE ÓBITOS SE MANTÉM EM TORNO DE MIL, MAS PRÓXIMOS DOIS MESES SERÃO MUITO DIFÍCEIS, DIZEM INFECTOLOGISTAS. A QUEDA
GEADAS CASTIGAM O SUL EM PLENA PANDEMIA – Pessoas devem se proteger e cuidar da imunidade.

GEADAS CASTIGAM O SUL EM PLENA PANDEMIA – Pessoas devem se proteger e cuidar da imunidade.

EXPECTATIVA ERA MESMO DE MUITO FRIO DESDE A SEMANA PASSADA. DIA 10 OCORREU A MAIOR GEADA DESTE ANO. Em Urupema foi
CAUSOS E LENDAS DO SUL NO ERON PORTAL – Cara do Sul adapta camiseta da Universidade de Boston. Na sua cópia ficou: “Universidade de Merdon”.

CAUSOS E LENDAS DO SUL NO ERON PORTAL – Cara do Sul adapta camiseta da Universidade de Boston. Na sua cópia ficou: “Universidade de Merdon”.

LEIA, TAMBÉM, AS MAIS ENGRAÇADAS HISTÓRIAS DOS PERSONAGENS CURIOSOS DO RS E SC.   A IDADE DO HOMEM E DA MULHER. As fases da
AS BEM HUMORADAS DO PORTAL – As frases sobre a pandemia e as barbeiragens dos políticos.

AS BEM HUMORADAS DO PORTAL – As frases sobre a pandemia e as barbeiragens dos políticos.

A TRAJETÓRIA DA CORRUPÇÃO NO BRASIS E AS COISAS HILARIANTES DE ALGUNS POLÍTICOS E RAPOSAS VELHAS. Sore o fim da pandemia Velhinha
O JORNALISTA É UM TROPEIRO DA ERA DIGITAL – O original transportava cargas e agregava costumes. O comunicador transporta informação.

O JORNALISTA É UM TROPEIRO DA ERA DIGITAL – O original transportava cargas e agregava costumes. O comunicador transporta informação.

O PRIMEIRO USAVA O LOMBO DE MULAS E O ATUAL OS IMPULSOS ELETRÔNICOS - EDITORIAL - Um pedaço da história da formação
LEGADOS POSITIVOS DA PANDEMIA – Um deles: a descoberta do sofrimento nos lugares mais esquecidos.

LEGADOS POSITIVOS DA PANDEMIA – Um deles: a descoberta do sofrimento nos lugares mais esquecidos.

O DEPOIS DIFERENTE DA HUMANIDADE NOS SENTIMENTOS, NOS COSTUMES E NA SUA VISÃO DA VIDA.   O desafio da superação trará um
HISTÓRIAS BEM HUMORADAS E CURIOSAS DO SUL – O gaúcho caminhoneiro e o Manezinho da Ilha: a linguagem e o diálogo sobre a carga de suínos.

HISTÓRIAS BEM HUMORADAS E CURIOSAS DO SUL – O gaúcho caminhoneiro e o Manezinho da Ilha: a linguagem e o diálogo sobre a carga de suínos.

O "MANEZINHO DA ILHA" É O TÍPICO HABITANTE NATIVO DA ILHA DE FLORIANÓPOLIS. ELE TEM UMA LINGUAGEM TODA ESPECIAL.   HISTÓRIA -
CONGRESSO APROVA PRORROGAÇÃO DAS ELEIÇÕES PARA NOVEMBRO – SAIBA AS NOVAS DATAS DEVIDO À PANDEMIA.

CONGRESSO APROVA PRORROGAÇÃO DAS ELEIÇÕES PARA NOVEMBRO – SAIBA AS NOVAS DATAS DEVIDO À PANDEMIA.

SENADO E CÂMARA APROVAM O ADIAMENTO DAS ELEIÇÕES PARA NOVEMBRO. Sessão conjunta das duas Casas sanciona a matéria nesta quinta,

PEDALADA ECOLÓGICA É TRANSFERIDA DEVIDO ÀS PREVISÕES CLIMÁTICAS


Esta postagem foi publicada em 27 de maio de 2017 Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo, Política.

O horário permanece o mesmo, com saída às 14h30min, da Praça Joca Neves, com destino ao Parque Natural Municipal, às margens da BR-282

A Pedalada Ecológica, que estava programada para acontecer neste sábado (27), foi transferida para o próximo sábado (3). O motivo da mudança são as previsões climáticas que indicam muita chuva neste final de semana, inviabilizando atividades ao ar livre. O evento faz parte da programação do Mês do Meio Ambiente, promovido pela Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente e demais instituições parceiras.

O horário da Pedalada permanece o mesmo, com saída às 14h30min, da Praça Joca Neves, com destino ao Parque Natural Municipal, às margens da BR-282. O trajeto será feito em aproximadamente 40 minutos. Passará pelas avenidas Belizário Ramos (Carahá), Duque de Caxias, seguindo pela BR-282, até o bairro São Paulo, onde está localizada a sede do Parque Natural.

O retorno será pelo mesmo caminho, quando todos se dirigem de volta às suas residências ou outros locais. “Os participantes contarão com o sorteio de brindes, bicicletas e uma surpresa ao chegarem ao Parque Natural”, informa Michelle Pelozato, uma das organizadoras.

Esta é a terceira edição do evento que vem crescendo a cada ano, com a participação da comunidade em geral e dos grupos de ciclistas existentes na cidade e região. O objetivo da programação do Mês do Meio Ambiente é promover a conscientização sobre a preservação, tendo como tema este ano “Mata Atlântica: conhecer para conservar”. Durante todo o mês de junho haverá diversas atividades envolvendo a comunidade, estudantes, professores e pesquisadores.

LAGES PARTICIPARÁ DO DIA DO DESAFIO 2017

unnamed (3)

No dia 31 de maio, milhares de pessoas ao redor do mundo vão reservar no mínimo 15 minutos do seu dia para a prática de um esporte ou atividade

 

O Dia do Desafio é um evento realizado no mundo inteiro. O objetivo é de mobilizar as pessoas para a prática de atividade física, por pelo menos quinze minutos, ou mais. Este ano Lages compete com a cidade de Jupiapa, da Guatemala. No dia 31 de maio o setor de Educação Física, da Secretaria Municipal da Educação, estará contabilizando em todas as Secretarias Municipais, da Prefeitura, a realização das atividades alusivas ao Dia do Desafio 2017 para a contabilização geral da cidade.

De acordo com o Serviço Social do Comércio (Sesc), entidade que organiza e mobiliza os demais parceiros para o Dia do Desafio em Santa Catarina, o lema do evento este ano é “Você se mexe e o mundo mexe junto”. No Estado, 215 cidades vão aderir ao movimento.

 

Sobre o Dia do Desafio

O Dia do Desafio é promovido mundialmente pela TAFISA (The Association dos International Sport for All), e no Brasil é coordenado pelo Sesc/SP e organizado pelos Departamentos Regionais do Sesc em todo o país, em parceria com Prefeituras Municipais e diversos agentes mobilizadores locais. O movimento teve origem no Canadá, em 1983, quando, durante um rigoroso inverno, o prefeito de uma cidade convocou os moradores a saírem de suas casas em um determinado dia e horário para dar a volta em torno do quarteirão. A ideia teve sequência e começou a ser praticada anualmente em cada vez maior número de cidades. No Brasil, começou a ser realizada pelo Sesc/SP em 1995 (e em Santa Catarina em 1997 com envolvimento de 3 cidades).

 

 


479 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-