Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Anunciar Empresa
A CIDADE MAIS FRIA E ECOLÓGICA DO BRASIL – Urupema/SC, a terra das araucárias e da neve.

A CIDADE MAIS FRIA E ECOLÓGICA DO BRASIL – Urupema/SC, a terra das araucárias e da neve.

Caminhos da Serra Catarinense - um modelo europeu de rodovias turísticas, onde a paisagem desfila à frente do visitante devido
O QUE ROLA NAS REDES SOBRE POLÍTICA – Veja algumas pérolas do Lula, professor em economia, administração e previdência.

O QUE ROLA NAS REDES SOBRE POLÍTICA – Veja algumas pérolas do Lula, professor em economia, administração e previdência.

  Como se pega a leptospirose e tudo sobre seu "Plano AÇO". E saiba o significado dessa sigla "AÇO". SUGESTÃO DE  LULA
CAMINHOS DA SERRA – Modelo europeu de estradas turísticas

CAMINHOS DA SERRA – Modelo europeu de estradas turísticas

Os projetos financiados pelo BID - Banco Interamericano de Desenvolvimento – seguem o modelo europeu de rodovias turísticas. O asfalto
CÂMARA DE VEREADORES PODE VIR A FAZER ESCOLA/SC – Projetos propõem reduzir para 1/4 salário de vereadores e para metade repasses mensais.

CÂMARA DE VEREADORES PODE VIR A FAZER ESCOLA/SC – Projetos propõem reduzir para 1/4 salário de vereadores e para metade repasses mensais.

Qualquer momento podem entrar na pauta essas medidas que seriam inéditas no País. Em Lages, o vereador passaria a ganhar
BEM HUMORADAS DO FUTEBOL NO PORTAL – Raridade sobre a Seleção: vídeo à cores de uma final ganha por mais de 2 gols!

BEM HUMORADAS DO FUTEBOL NO PORTAL – Raridade sobre a Seleção: vídeo à cores de uma final ganha por mais de 2 gols!

Raridade entre os clubes brasileiros: vídeo à cores de um título mundial do Santos. Coisa impossível! ...... FRASE DE UM LEITOR AQUI
FUTEBOL SERIA O ÓPIO DO POVO? – O fato é que durante as competições o torcedor esquece as mazelas. Essa aí foi a do último amistoso, contra ao Panamá.

FUTEBOL SERIA O ÓPIO DO POVO? – O fato é que durante as competições o torcedor esquece as mazelas. Essa aí foi a do último amistoso, contra ao Panamá.

    A seleção canelinha de vidro da Copa da Rússia, abaixo, foi um carrossel, mas, rolando no gramado. Resultado: voltamos pra
NOVAS CARAS PARA PREFEITO DE LAGES/SC – Qual delas tem o melhor projeto para os próximos 10 anos?

NOVAS CARAS PARA PREFEITO DE LAGES/SC – Qual delas tem o melhor projeto para os próximos 10 anos?

Cenário aponta para uma novidade na Prefeitura. Os vereadores Lucas Neves e Jair Júnior são os virtuais caras. Logo, em Lages/SC,
QUASE 13 MIL MULHERES SÃO MÃES SOZINHAS EM LAGES/SC – Mas, essas guerreiras enfrentam com dignidade a tarefa de criação dos filhos.

QUASE 13 MIL MULHERES SÃO MÃES SOZINHAS EM LAGES/SC – Mas, essas guerreiras enfrentam com dignidade a tarefa de criação dos filhos.

Diante dessa realidade, que políticas sociais e de apoio as três esferas de governo tem para alevianar o peso da

PEDÁGIO E AEROPORTO – Temas em debate da Rádio Voz Serrana de Correia Pinto.


Esta postagem foi publicada em 24 de março de 2018 Administração, Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo, Política.

O Aeroporto Regional e o Pedágio nas rodovias federais foram o foco do debate entre vários convidados, dentro do programa Ponto e Vírgula, do radialista Vinícios Strapassão, na  Rádio Voz Serrana de Corria Pinto.

A expectativa é muito grande no município com relação à entrada em operação do Aeroporto Regional do Planalto Serrano, agora entregue sob a gestão da Infraero. Qual seria o impacto na economia local? Essa é a indagação geral.

INFRAERO

Quanto ao pedágio nas rodovias, a opinião dominante vem sendo a de que ao mesmo tempo em que ele pesa no bolso da população, tem sido decisivo para a conservação das rodovias federais. A BR-116 é um exemplo.

Também foi tema em debate a importância das concessões de rodovias como forma de investimento. A duplicação da BR-282, na opinião de muitas lideranças, só vai ser possível via concessão e pedágio. Inclusive já é bandeira de muito candidato a deputado federal.

A preocupação dessas lideranças políticas é com um possível retorno ao isolamento do passado, quando não tínhamos a BR-282. É que assim que for concluída a duplicação e a privatização da BR-470, uma tendência é o tráfego que vem do Oeste preferir aquela rodovia. A BR-282 tem muitos gargalos e cada vez é mais deficiente.

Porém, o que mais passou a preocupar, com relação ao desvio de fluxo na região, é a conclusão da ligação da Serra Gaúcha com o Sul do Estado de SC. Isto atrairá grande parte ou no todo o fluxo de verão vindo da Argentina e do Rio Grande do Sul.

 

Um pouco da história do aeroporto

O Aeroporto Regional do Planalto Serrano em Correia Pinto foi uma conquista do PDTER, projeto que estabeleceu prioridades para o desenvolvimento da nossa região. Foi liderado pela ACIL, em Lages.

Na época recém havia chagado a Lages o saudoso Comandante Ricardo Sell Wagner, aposentado da então Varig. Apaixonado pelo assunto aéreo, Ricardo logo se integrou ao grupo da ACIL e foi indicado para coordenador da luta pelo novo aeroporto.  Com seu vasto conhecimento do assunto, ele começou a pesquisar o sitio ideal para localização de um Aeroporto Regional.

Três locais (sítios) foram localizados: um em Painel, outro em Palmeira/Otacílio Costa e o de Correria Pinto.  O Comandante Wagner antecipou que o 5º COMAR iria aprovar o sítio de Correia Pinto porque é considerou o melhor lugar para um aeroporto estratégico em SC.

Realmente foi escolhido pelo 5º COMAR o sítio de Correia Pinto. Logo a ideia ganhou repercussão e o então prefeito daquele município, Roberto Ziliotto, tomou a decisão corajosa e desapropriou a área onde hoje está o aeroporto.

Acompanhamos a construção do aeroporto desde o primeiro furo no campo nativo para a pesquisa de solo e a elaboração do projeto básico da localização da pista. Dali em diante, começou a batalha em busca de recursos e da elaboração do projeto executivo.

A Secretaria dos Transportes do Estado, através do departamento aeroportuário, sob a direção de Fernando Faraco, sempre deu apoio total à construção do nosso aeroporto regional. Foram inúmeras as viagens de comitivas, tanto ao 5º Comar em Canoas/RS, como a Florianópolis, RJ e a Brasília.

aeroporto

Foi realizada a terraplenagem, depois asfaltada a pista com 1200 metros de extensão, construídos os terminais de cargas, de passageiros, o acesso, o trevo, as instalações da rede elétrica e criada a unidade do Corpo de Bombeiros.

6 (Copy)

Para se ter uma ideia, só para a ANTT liberar a construção do trevo foi uma espera de quase cinco anos. Houve época que as obras ficaram tomadas pelo mato.

Hoje, após quase 20 anos, o aeroporto está prestes a ser inaugurado. Agora sob a gestão da Infraero. A homologação da pista já está encaminhada. A grande preocupação era sobre quem iria gerir esse aeroporto.

Contudo, agora a preocupação passou a ser com relação à demanda. Muita gente acha que o aeroporto será mais um elefante branco por falta de passageiros.

O fato é que o Aeroporto do Planalto Serrano jamais irá decolar só com a demanda local e regional. O que irá fazê-lo grande é a transformação do potencial turístico da região e destino definitivo. Isso irá criar condições até para voos especiais só para ver a neve.

Aqui temos belezas naturais, frio até com ocorrência de neve e a tendência é as pessoas procurar o interior. O turista está fugindo das grandes cidades, onde há muita violência. Aqui ainda não temos balas perdidas e nem o caos na mobilidade urbana.

Participaram do debate: a professora Neuza Tibes, o vereador Francisco Pierre Pereira Alves e o Juiz aposentado Fernando Cordioli. Presentes: o vereador Josmar da Silva e o diretor da emissor, Marcos Figueiredo. O apresentador do programa Ponto e Vírgula é Vinícios Strapassão e a repórter é Suyane de Liz.


230 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-