Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Nenhum banner para exibir

Anunciar Empresa
UM DESAFIO DA ENGENHARIA À NATUREZA – A construção da estrada da Serra do Rio do Rastro uma das maravilhas feitas pelo homem.

UM DESAFIO DA ENGENHARIA À NATUREZA – A construção da estrada da Serra do Rio do Rastro uma das maravilhas feitas pelo homem.

NOS TEMPOS DAS TROPEADAS O SERRANO LEVAVA CHARQUE E COURO PELA TRILHA DE CHÃO BATIDO E TRAZIA SAL, AÇÚCAR, FARINHA
AS BEM HUMORADAS DO FUTEBOL: SELEÇÃO “EMPATITE” SÓ GOLEIA DE 1 A 1 – E nosso craque Neymar só participa da largada.

AS BEM HUMORADAS DO FUTEBOL: SELEÇÃO “EMPATITE” SÓ GOLEIA DE 1 A 1 – E nosso craque Neymar só participa da largada.

PARECE O COPERSUCAR DO ÉMERSON FITTIPALDI: QUASE SÓ PARTICIPAVA DA LARGADA E SÓ ESTEVE EM DOIS PÓDIOS EM CINCO ANOS. Seleção
APOSTA AQUI DO PORTAL: FLAMENGO SERÁ CAMPEÃO NA 34ª RODADA – Que tal por o time do Jesus no lugar da seleção do Tite nas Eliminatórias?

APOSTA AQUI DO PORTAL: FLAMENGO SERÁ CAMPEÃO NA 34ª RODADA – Que tal por o time do Jesus no lugar da seleção do Tite nas Eliminatórias?

MÍDIA ESPORTIVA APOSTA QUE VIRA CAMPEÃO  NA 35ª RODADA. MAS, A CONTINUAR ESSE ANDOR DO JESUS SERÁ ANTES... Quem sabe colocamos
VEJA PARTE DA HISTÓRIA DA CONSTRUÇÃO DA ESTRADA CORVO BRANCO/sc – “Estamos tingindo de preto as asas brancas do corvo”.

VEJA PARTE DA HISTÓRIA DA CONSTRUÇÃO DA ESTRADA CORVO BRANCO/sc – “Estamos tingindo de preto as asas brancas do corvo”.

ESSA CONSTRUÇÃO FOI MAIS UM DOS DESAFIOS DA ENGENHARIA À NATUREZA. ELA PASSA POR UM SANTUÁRIO ECOLÓGICO DE GRÃO PARÁ.
FÓRUM PARLAMENTAR/SC FOI À ANTT DISCUTIR CONCESSÃO DA 101 – Amin e FECAM integraram essa comitiva.

FÓRUM PARLAMENTAR/SC FOI À ANTT DISCUTIR CONCESSÃO DA 101 – Amin e FECAM integraram essa comitiva.

O senador Esperidião Amin participou da reunião do Fórum Parlamentar Catarinense com a Diretoria da ANTT, em Brasília. Objetivo foi
UM SONHO DA SERRA DO RIO DO RASTRO – UM TELEFÉRICO LIGANDO SIDERÓPOLIS AO MIRANTE DE BOM JARDIM..

UM SONHO DA SERRA DO RIO DO RASTRO – UM TELEFÉRICO LIGANDO SIDERÓPOLIS AO MIRANTE DE BOM JARDIM..

PENSADO NO GOVERNO CATARINENSE PASSADO, O PROJETO INTERESSOU A INVESTIDORES EXTERNOS. MAS AGORA ESTÁ FORA DA PAUTA DO TURISMO DE
OBRAS DAS RODOVIAS CATARINENSES TEM AS DIGITAIS E AMIN – BR 282 e Esterada da Serra do Rio do Rastro foram seus desafios.

OBRAS DAS RODOVIAS CATARINENSES TEM AS DIGITAIS E AMIN – BR 282 e Esterada da Serra do Rio do Rastro foram seus desafios.

GOVERNADOR POR DUAS VEZES, O ATUAL SENADOR ESPERIDIÃO AMIN SEMPRE FOI UM APAIXONADO POR RODOVIAS. DESDE OS TEMPOS DE SECRETÁRIO
A MULHER NA POLÍTICA – A força da bancada do batom continua em alta em Santa Catarina.

A MULHER NA POLÍTICA – A força da bancada do batom continua em alta em Santa Catarina.

URUPEMA - NA SERRA CATARINENSE - DEVE SER O MUNICÍPIO COM A MAIOR BANCADA FEMININA. São quatro as vereadoras que estão

OPOSIÇÃO RODARIA NUMA PROVA SOBRE ARRECADAÇÃO – Derrapou feio na tranquila pista do número mágico do trilhão: entendeu como receita.


reforma da previdencia, camara de deputados
Esta postagem foi publicada em 13 de julho de 2019 Administração, Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo, Política.

Reforma não será fonte de receita e sim uma fórmula para não entrar no limite do cheque ou do cartão de crédito do Poder Executivo.

EDITORIAL

Ao cumprirmos nosso dever de oficio, tivemos que aturar o festim demagógico de uma oposição que ainda não descobriu que perdeu a eleição e discursa com pose de base parlamentar de um governo que operou milagres e que mesmo assim lhe usurparam o Poder.

Acompanhamos todos os debates da tramitação e das votações da PEC da Previdência. E olha que fizemos marcação cerrada e desde os debates na CCJ e na Comissão Especial.

Ao longo desse período colhemos pérolas que ficarão na história. Até brincamos, esta semana, ao dizer que o Congresso produziu várias frases que são candidatas a mantra.

É que tal foi sua repetição ao olongo dos debates que algumas expressões já devem ter o poder de conduzir mentes.

Algumas delas: os mais pobres; uma crueldade ao trabalhador; ninguém mais vai se aposentar… Entre outras tantas.

Mas o que atesta o vazio, o tom de metralhadora verbal giratória e a falta de fundamentação no que dizem os arautos defensores do pobres e oprimidos, foi a massante cobrança do plano para gastar esse R$1 trilhão que a reforma promete.

Faltou os técnicos da oposição avisarem que nesse processo não se trata de o Governo embolsar dinheiro e sim de evitar que se gaste o que não se tem.

Mas deve ter sido o uso do cachimbo que fez a boca torta. Os últimos governos fizeram escola, ensinado como se distribuir o que não se tem.

Nunca se viu, na História da Humanidade, durar muito tempo um governo que insiste em fazer distribuição de renda sem ter fonte de receita. Nunca se viu dividir bolo sem ter o bolo.

Esse é o caminho mais curto até o rombo fiscal, os fundos e programas deficitários e a falência do Estado.

Só que o mais intrigante é que a oposição é habitada por sumidades, cabeças privilegiadas e experientes líderes da vertente socialista. Só pede terem perdido o rumo, diante do inesperado fracasso de um projeto de poder de longo prazo.

ERON PORTAL

Onde controla assessorias.

Texto: Eron J Silva.

 

 

 


121 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-