Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Anunciar Empresa
METADE DO SUDESTE LOGO VAI BEBER ÁGUA SÓ DO AQUÍFERO GUARANI – Mas será que o xixi e o cocô urbanos não estão contaminando as recargas dessa fonte?

METADE DO SUDESTE LOGO VAI BEBER ÁGUA SÓ DO AQUÍFERO GUARANI – Mas será que o xixi e o cocô urbanos não estão contaminando as recargas dessa fonte?

UMA DAS ÁREAS DE RECARGA DO AQUÍFERO GUARANI JÁ ESTÁ QUASE TODA DEBAIXO DA CIDADE DE LAGES/SC. E SUA PRINCIPAL
PESQUISA IBOPE PARA O GOVERNO DE SANTA CATARINA E MAIS 5 ESTADOS – Moisés/PSL passa Merísio/PSD com dianteira de 18 potos.

PESQUISA IBOPE PARA O GOVERNO DE SANTA CATARINA E MAIS 5 ESTADOS – Moisés/PSL passa Merísio/PSD com dianteira de 18 potos.

VEJA TAMBÉM OS NÚMEROS DE OUTROS ESTADOS PESQUISA DO IBOPE DE HOJE CONFIRMA ONDA BOLSONARO EM SANTA CATARINA. SEU CANDIDATO LIDERA
SUCESSÃO PRESIDENCIAL – Datafolha divulgou pequisa nesta quinta, 18, à noite: Bolsonaro sobe um ponto e Haddad cai um ponto. Dianteira de Bolsonaro foi para 18 pontos.

SUCESSÃO PRESIDENCIAL – Datafolha divulgou pequisa nesta quinta, 18, à noite: Bolsonaro sobe um ponto e Haddad cai um ponto. Dianteira de Bolsonaro foi para 18 pontos.

A PESQUISA DO DATAFOLHA COINCIDIU COM A ÚLTIMA PESQUISA DO IBOPE: MESMOS NÚMEROS, CONSIDERANDO SÓ OS VOTOS VÁLIDOS.   Veja os números: Bolsonaro/PSL 
ANIMAIS SILVESTRES INVADEM CIDADES – Conheça, também, a maior cobra do mundo

ANIMAIS SILVESTRES INVADEM CIDADES – Conheça, também, a maior cobra do mundo

JACARÉ ASSUSTA MORADORES NO RIO DE JANEIRO. VEJA NO FINAL DESTA MATÉRIA UMA SUPER SUCURI Nas últimas semanas cresce o número
AS BEM HUMORADAS DA ELEIÇÃO – Bancada da Papuda está com novos integrantes.

AS BEM HUMORADAS DA ELEIÇÃO – Bancada da Papuda está com novos integrantes.

COM A ELEIÇÃO DE NOMES COMO AÉCIO NEVES, ENVOLVIDO NA LAVA JATO E AGORA COM AMAIS UM SENADOR PRESIDIÁRIO SEMIABERTO
MÉDICOS SEM FRONTEIRAS, AJUDA SALVADORA EM CASOS EXTREMOS – Por que precisamos apoiar ações humanitárias?

MÉDICOS SEM FRONTEIRAS, AJUDA SALVADORA EM CASOS EXTREMOS – Por que precisamos apoiar ações humanitárias?

LOGO AS CATÁSTROFES NATURAIS E OS DESASTRES HUMANITÁRIOS PODEM NÃO SER MAIS PRIVILÉGIOS SÓ DE LÁ DO OUTRO LADO DO
OBRAS ESTADUAIS NA SERRA CATARINENSE A PERIGO – Apesar da assinatura de uma liberação de recursos, não há muita perspectiva no curto prazo.

OBRAS ESTADUAIS NA SERRA CATARINENSE A PERIGO – Apesar da assinatura de uma liberação de recursos, não há muita perspectiva no curto prazo.

OBRAS COMO A AMPLIAÇÃO DO HOSPITAL TEREZA RAMOS, CONCLUSÃO DO AEROPORTO REGIONAL E PAVIMENTAÇÃO DA ESTRADA ANITA-CELSO RAMOS ESTÃO A
GAROTAS DO FUTSAL DE LAGES/SC CONQUISTAM A AMÉRICA – Após essa façanha, credenciam Lages para sediar a Copa Santa Catarina.

GAROTAS DO FUTSAL DE LAGES/SC CONQUISTAM A AMÉRICA – Após essa façanha, credenciam Lages para sediar a Copa Santa Catarina.

TÍTULO INTERNACIONAL VEIO MAIS PELA GARRA, DETERMINAÇÃO E AMOR AO ESPORTE DO QUE PELO SALÁRIO E INVESTIMENTOS FINANCEIROS NA EQUIPE. https://www.youtube.com/watch?v=lmb59q_GPMA&feature=youtu.be Lages/Serra

MUNDO VAI VIRAR PLÁSTICO – É a síndrome das embalagens que pegará a Humanidade


FOTO ERON  CAPA
Esta postagem foi publicada em 8 de agosto de 2018 Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo.

O PLÁSTICO É UM MATERIAL QUE DEMORA MAIS DE 300 ANOS PARA DESAPARECER. JÁ HÁ MAIS PLÁSTICO DO QUE VIDA NOS MARES. PARTÍCULAS DELE ENVENENARÃO A NATUREZA E AS PESSOAS

A população mundial já passou longe dos 7 bilhões de pessoas. Partindo-se da realidade de que cada pessoa descarta, pelo menos, três embalagens plásticas por dia, então, em menos de 20 anos a qualidade de vida estará comprometida porque a natureza não tem como dar conta de absolver tanto plástico e suas partículas.

O plástico demora mais de 300 anos para se decompor na natureza porque é um material não biodegradável. O crescimento de seu uso pela indústria cresce praticamente em progressão geométrica. Logo, a situação ficará insustentável mais cedo do que se imagina.

Para se ter uma ideia, já existem mais plásticos do que vida nos mares. E do jeito que se faz hoje, sem reaproveitamento completo dos resíduos sólidos, nem destino correto do plástico, bem logo estarão envenenados os mananciais, as matas e os mares.

Os produtos de plástico vão para as matas, para as galerias pluviais, para os rios e depois para o fundo do mar. As baleias, por exemplo, confundem as embalagens plásticas com alimentos marinhos e se envenenam dia após dia.

Estudos comprovam que estamos matando os peixes, moluscos e outras vidas marinhas que já estão em menor quantidade que o lixo. Nas regiões insulares o problema é maior ainda. A situação está, portanto, ficando insustentável.

A indústria já está produzindo equipamentos sofisticados para retirar o lixo da natureza, especialmente dos mares, dotados de sistemas operacionais de alta tecnologia para capturar e separar o plástico, o vidro, metais e outros produtos que vão parar nas águas.

O grande problema do recipiente de plástico é que ele não é reaproveitável para o mesmo fim a que foi concebido. Esse material só vai ser aproveitado para outro uso. Portanto, se não houver um freio na produção de embalagens plásticas o meio ambiente estará no caminho da destruição.

A enorme dificuldade é que a população não aceita mais uma outra forma de sacola, embalagens ou utensílio para portar suas compras do supermercado ou para suas festas de toda ordem.

E o pior é que o plástico e outros produtos dessa família de materiais: acrílico, PVC e outros, estão cada vez mais presentes em nossa vida. Chegará o dia em que esses materiais irão embalar, também as pessoas.

O forro da casa, as lanternas dos automóveis, as redes elétricas, enfim, quase tudo o que usamos será feito de produto derivado do plástico. Ele só perde para o vidro em durabilidade na natureza.

Os grandes times do futebol mundial, através de suas fornecedoras de material esportivo, estão lançando camisas produzidas com plástico retirado dos mares. Através deste ato demonstra-se que se pode usar tal material também para produção de artigos de alta qualidade. É notável, também, o marketing consciente que este ato gera na sociedade e em especial nos torcedores.

Lembremos que diferentes materiais têm diferente tempo de decomposição. Agora compare o tempo de decomposição do plástico com outros matérias:

Papel (1000 Kg) corresponde ao corte de 20 árvores e sua decomposição se dá em alguns meses. O plástico (1000 Kg) retirado da extração do petróleo e sua decomposição acontece em algumas centenas de anos. O alumínio (1000 Kg) requer a retirada que 5 toneladas de bauxita e sua decomposição acontece entre 100 e 500 anos. O vidro (1000 Kg) requer a extração de 1300 kg de areia e sua decomposição ocorre em 4000 anos.


56 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-