Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Nenhum banner para exibir

Anunciar Empresa
OPINIÃO – MINISTRO PAULO GUEDES TEM RAZÃO – A Lei de Responsabilidade Fiscal é inócua sem a cultura da responsabilidade nos gastos.

OPINIÃO – MINISTRO PAULO GUEDES TEM RAZÃO – A Lei de Responsabilidade Fiscal é inócua sem a cultura da responsabilidade nos gastos.

PARA NÓS AQUI DO PORTAL O PODER PÚBLICO JÁ NASCEU COBRADOR DE IMPOSTOS E EXPLORADOR DAS RIQUEZAS NATURAIS E DAS
CRIADA FRENTE PARLAMENTAR DO AGRONEGÓCIO, TURISMO RURAL E TRADIÇÕES – Deputado Berlanda é o primeiro coordenador dos trabalhos.

CRIADA FRENTE PARLAMENTAR DO AGRONEGÓCIO, TURISMO RURAL E TRADIÇÕES – Deputado Berlanda é o primeiro coordenador dos trabalhos.

O LANÇAMENTO DA NOVA FRENTE PARLAMENTAR SERÁ NESTA QUARTA DIA 13, ÀS 09H30, NA ALESC. A novidade é a Cultura Tradicionalista,
MUNICÍPIOS SÃO UM FARDO A MAIS PARA O CIDADÃO – Mas só enxugando a folha da Prefeitura e da Câmara já não é preciso incorporação.

MUNICÍPIOS SÃO UM FARDO A MAIS PARA O CIDADÃO – Mas só enxugando a folha da Prefeitura e da Câmara já não é preciso incorporação.

BASTA SUBSTITUIR O LEGISLATIVO POR UM CONSELHO SEM SALÁRIO QUE REDUZ O QUADRO E MELHORA O RESULTADO. OPINIÃO Quando as câmaras de
BEM HUMORADAS DO FUTEBOL NO PORTAL – Técnicos param em pé enquanto os jogadores querem. Dos que derrubaram o chefe só as raposas velhas perderam.

BEM HUMORADAS DO FUTEBOL NO PORTAL – Técnicos param em pé enquanto os jogadores querem. Dos que derrubaram o chefe só as raposas velhas perderam.

TÉCNICO DE FUTEBOL ATÉ PARECE MINISTRO DA EDUCAÇÃO: SE O APARELHAMENTO IDEOLÓGICO, OS MANISFESTANTES E OS GREVISTAS RESOLVEREM, DERRUBAM. Como é
INCORPORAÇÃO DE PEQUENOS MUNICÍPIOS REPERCUTE NOS ESTADOS – Deputado Jerry Comper, da comissão de assuntos municipais/SC é contra.

INCORPORAÇÃO DE PEQUENOS MUNICÍPIOS REPERCUTE NOS ESTADOS – Deputado Jerry Comper, da comissão de assuntos municipais/SC é contra.

DEPUTADO ARGUMENTA QUE É PRECISO FORTALECER, NÃO ENFRAQUECER COMUNIDADES DO INTERIOR.   O presidente da Comissão de Assuntos Municipais da Assembleia Legislativa
EDUARDO BOLSONARO FAZ PALESTRA EM CRICIÚMA/SC – Foi uma viagem na História, da velha França ao Brasil de Jair Bolsonaro.

EDUARDO BOLSONARO FAZ PALESTRA EM CRICIÚMA/SC – Foi uma viagem na História, da velha França ao Brasil de Jair Bolsonaro.

A PROMOÇÃO E A ORGANIZAÇÃO FOI DA EQUIPE DA COALIZÃO CONSERVADORA LOCAL. O PRIMEIRO COMPROMISSO PÚBLICO OFICIAL DA NOITE FOI UMA
EDUCAÇÃO ADVENTISTA, UMA IDEIA INTELIGENTE – Ensina o ser humano a pensar, a se destacar, é criativa e da era 4.0.

EDUCAÇÃO ADVENTISTA, UMA IDEIA INTELIGENTE – Ensina o ser humano a pensar, a se destacar, é criativa e da era 4.0.

EM DEZEMBRO FICA PRONTA  A UNIDADE DE CRICIÚMA/SC. Hoje, 10, houve festa para a criançada e já se pode ter
OS 13 ANOS DO SISTEMA FOREVER ÁGUIAS BRASIL DE CRICIÚMA – A festa de comemoração muito animada aconteceu hoje.

OS 13 ANOS DO SISTEMA FOREVER ÁGUIAS BRASIL DE CRICIÚMA – A festa de comemoração muito animada aconteceu hoje.

Mais de 150 empreendedores participaram das festividades e de um jantar memorável no Balneário Godinho, em Lauro Muller.   A gerente Célia,

O comentário do ERON – Reeleição parlamentar não significa mais atravessar o Rio Jordão.


Esta postagem foi publicada em 16 de março de 2017 Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo, Política.

(Foto divulgação)

 

Num passado não muito distante um parlamentar com mal feitos e que conseguisse a reeleição estava purificado e imune à Lei, devido à impunidade e o corporativismo. Quer dizer, a reeleição significava atravessar o Rio Jordão e se purificar, ser perdoado de todo o mau passado. O Jordão é o rio sagrado onde Jesus foi batizado.

 

Hoje em dia isso não dá mais a segurança de uma travessia tranquila de um mandato para outro. Com uma imprensa cada vez mais vigilante, as redes sociais atuando forte como um Big Brother, um Ministério Público independente e uma Justiça cada vez mais atuantes, a classe política não tem mais dormido direito.

 

Com a instituição da Ficha Limpa [nascida de um projeto de iniciativa popular] também ficou bem mais difícil conseguir novo mandato e continuar com o foro privilegiado. Até dizem que muitos políticos confundem Foro Privilegiado com “foram privilegiados”. Até parece que muito político se considera um ser de outro mundo, acima dos mortais.

 

Um avanço no combate à corrupção foi com a Constituição Federal de 1988. Ela criou a independência do Ministério Público, que passou a ter seu próprio orçamento e a atuar em várias frentes: transparência, questão ambiental, Procuradoria da República, Estadual e assim por diante.

 

Os novos tempos com a indignação da opinião pública, a mira da Operação Lava Jato e as transformações na sociedade com o brutal avanço tecnológico nas comunicações que viabilizaram o poderio da Internet com as redes sociais, a classe política anda em polvorosa, à cata de artifícios para salvar a própria pele.

 

As últimas iniciativas foram o enfraquecimento do combate à corrupção na desfiguração do projeto de iniciativa popular das 10 medidas e agora com o retorno da ideia de aprovação às pressas de uma reforma política. A novidade seria a chamada lista fechada, em que o eleitor [que é obrigado a ir às urnas] votaria numa lista e o partido decidiria internamente de quem seria o novo mandato. Parece mesmo que o mundo político está alheio ao clamor popular. Não quer ouvir a voz rouca das ruas.

eron


506 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-