Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Nenhum banner para exibir

Anunciar Empresa
VEJA PARTE DA HISTÓRIA DA CONSTRUÇÃO DA ESTRADA CORVO BRANCO/sc – “Estamos tingindo de preto as asas brancas do corvo”.

VEJA PARTE DA HISTÓRIA DA CONSTRUÇÃO DA ESTRADA CORVO BRANCO/sc – “Estamos tingindo de preto as asas brancas do corvo”.

ESSA CONSTRUÇÃO FOI MAIS UM DOS DESAFIOS DA ENGENHARIA À NATUREZA. ELA PASSA POR UM SANTUÁRIO ECOLÓGICO DE GRÃO PARÁ.
FÓRUM PARLAMENTAR/SC FOI À ANTT DISCUTIR CONCESSÃO DA 101 – Amin e FECAM integraram essa comitiva.

FÓRUM PARLAMENTAR/SC FOI À ANTT DISCUTIR CONCESSÃO DA 101 – Amin e FECAM integraram essa comitiva.

O senador Esperidião Amin participou da reunião do Fórum Parlamentar Catarinense com a Diretoria da ANTT, em Brasília. Objetivo foi
UM SONHO DA SERRA DO RIO DO RASTRO – UM TELEFÉRICO LIGANDO SIDERÓPOLIS AO MIRANTE DE BOM JARDIM..

UM SONHO DA SERRA DO RIO DO RASTRO – UM TELEFÉRICO LIGANDO SIDERÓPOLIS AO MIRANTE DE BOM JARDIM..

PENSADO NO GOVERNO CATARINENSE PASSADO, O PROJETO INTERESSOU A INVESTIDORES EXTERNOS. MAS AGORA ESTÁ FORA DA PAUTA DO TURISMO DE
OBRAS DAS RODOVIAS CATARINENSES TEM AS DIGITAIS E AMIN – BR 282 e Esterada da Serra do Rio do Rastro foram seus desafios.

OBRAS DAS RODOVIAS CATARINENSES TEM AS DIGITAIS E AMIN – BR 282 e Esterada da Serra do Rio do Rastro foram seus desafios.

GOVERNADOR POR DUAS VEZES, O ATUAL SENADOR ESPERIDIÃO AMIN SEMPRE FOI UM APAIXONADO POR RODOVIAS. DESDE OS TEMPOS DE SECRETÁRIO
A MULHER NA POLÍTICA – A força da bancada do batom continua em alta em Santa Catarina.

A MULHER NA POLÍTICA – A força da bancada do batom continua em alta em Santa Catarina.

URUPEMA - NA SERRA CATARINENSE - DEVE SER O MUNICÍPIO COM A MAIOR BANCADA FEMININA. São quatro as vereadoras que estão
BASTIDORES DO INDICIAMENTO DE JULIO GARCIA EM IMAGENS – Maioria do público da terça, 15, nos arredores do plenário da ALESC, era de repórteres.

BASTIDORES DO INDICIAMENTO DE JULIO GARCIA EM IMAGENS – Maioria do público da terça, 15, nos arredores do plenário da ALESC, era de repórteres.

PRESIDENTE DO PODER GARANTE QUE VIVERÁ UM CALVÁRIO ATÉ O STF, MAS PROVARÁ OS EQUÍVOCOS DESSA INVESTIGAÇÃO ALCATRAZ EM RELAÇÃO
AUDIÊNCIA PÚBLICA DISCUTE PROJETO QUE BENEFICIA 60% DOS MUNICÍPIOS – A matéria é do deputado Jerry Comper, presidente da comissão de assuntos municipais/SC.

AUDIÊNCIA PÚBLICA DISCUTE PROJETO QUE BENEFICIA 60% DOS MUNICÍPIOS – A matéria é do deputado Jerry Comper, presidente da comissão de assuntos municipais/SC.

PROJETO PROPÕE ALTERAÇÃO NA DISTRIBUIÇÃO DE RECURSOS AOS MUNICÍPIOS. OS MENORES, UNS 60%, SERIAM OS MAIS BENEFICIADOS. Atualmente o bolo do
EDITORIAL –  É importante se criar municípios? Qual o efeito disso no retorno dos impostos?

EDITORIAL – É importante se criar municípios? Qual o efeito disso no retorno dos impostos?

HOJE A DIVISÃO DO BOLO ARRECADADO NO ICMS É DE PARTE IGUALMENTE A TODOS E PARTE COM BASE NO MOVIMENTO

O BRASIL É O ESTRATO DA DIVERSIDADE E DAS MINORIAS – Plural em tudo: constituição demográfica, formação politica, econômica e histórica.


maos-segurando-o-mundo
Esta postagem foi publicada em 21 de julho de 2019 Administração, Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo, Política.

Uns governos fizeram o bem; outros o mal e usaram nossos valores originais em favor de seus projetos. Descaracterizaram um pouco nosso maior patrimônio.

Estudiosos dizem que a diversidade étnica e a influência de culturas externas produziram uma Nação com um povo maravilhoso. Nós aqui entendemos que só faltou, até aqui, o governo certo.

Mas a esperança deve ser a última a morrer!

OPINIÃO DO PORTAL

Reflexão histórica

O Brasil começou a ser dilapidado assim que surgiu. O pau brasil tingiu as roupas do clero católico; o ouro enriqueceu o Vaticano e o decorou junto com igrejas poderosas; a cana de açúcar adoçou a vida nas cortes europeias; o carnaval das lindas mulheres sempre foi produto nobre para a mídia do Planeta; o futebol já é fundamento no ensino da modalidade mundo afora e agora ninguém mais é bobo nisso.

Amazônia

Contudo, não somos apenas um país continente rico só em recursos naturais, reservas que interessam ao Primeiro Mundo também por questões ambientais.

Somos, na verdade, um modelo de gente para o mundo aprender com ele que a monotonia também cansa. Que isso tem prazo de validade e é a razão das civilizações de partes do globo terem sido cíclicas foi a falta de sinergia.

O USO DE NOSSAS MINORIAS INDEVIDAMENTE.

Mesmo que para o mundo sirvamos como exemplo de quebra de paradigma, aqui dentro ainda há muito o que se analisar.

Tentativas de projetos equivocados baseados em sistemas ultrapassados deram errado e quase descaracterizaram nossa diversidade.

Na ânsia de consolidar um projeto de poder, últimos governos, até com apoio da parte da grande mídia, usaram de forma equivocada nossas minorias e nosso projeto original de Nação.

Um exemplo: não valorizaram as minorias para adubá-las. Não resgataram a questão do índio porque gostavam de índio; não potencializaram a questão racial por respeito e bondade; e não deram visibilidade cada vez maior opção sexual por acaso.

Foi para tentar sedimentar aliados para seus interesses.

ERON PORTAL

Onde controla assessorias.

Texto: Eron J Silva.


91 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-