Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Anunciar Empresa
GRUPO DE DANÇA DE LAGES/SC BRILHARÁ NO CARNAVAL DE JOAÇABA – Os jovens talentos formarão a Ala Show coreógrafa numa das escolas.

GRUPO DE DANÇA DE LAGES/SC BRILHARÁ NO CARNAVAL DE JOAÇABA – Os jovens talentos formarão a Ala Show coreógrafa numa das escolas.

O CARNAVAL DE JOAÇABA/SC É CONSIDERADO O 3º MAIOR DO BRASIL E ESTE ANO A ESCOLA GRANDE VALE QUER SER
OS VERBOS INOVAR, REDESENHAR, REPAGINAR E REPOSICIONAR SUGEREM REVOLUÇÃO INDUSTRIAL 4.0 –  E essa revolução também chegou às pessoas. Portanto, não perca a palestra “PESSOAS QUATRO.ZERO”, na ACIL.
O PROFISSIONAL CERTO NO LUGAR CERTO – Walter Manfrói nomeado Secretário Executivo da Amures.

O PROFISSIONAL CERTO NO LUGAR CERTO – Walter Manfrói nomeado Secretário Executivo da Amures.

É INEGÁVEL QUE 50% DO SUCESSO DA AMURES DEPENDE DA HABILIDADE DO SEU SECRETÁRIO EXECUTIVO. Hoje, somando-se as atuações do Secretário,
NÃO AOS GASTOS PÚBLICOS COM O CARNAVAL – MP vem recomendando aos municípios que evitem repassar dinheiro à folia.

NÃO AOS GASTOS PÚBLICOS COM O CARNAVAL – MP vem recomendando aos municípios que evitem repassar dinheiro à folia.

A PREFEITURA DE LAGES/SC RECEBEU NOTIFICAÇÃO RECOMENDATÓRIA NESTE SENTIDO. Nesta semana o Ministério Público de Contas (MPC/SC) emitiu uma notificação recomendatória
RESGATE HISTÓRICO E ROMÂNTICO DAS FERROVIAS – E a importância do trem numa infraestrutura de trasportes.

RESGATE HISTÓRICO E ROMÂNTICO DAS FERROVIAS – E a importância do trem numa infraestrutura de trasportes.

O ÚNICO ERRO DO PLANO 50 EM 5 DE JK FOI NÃO CONSOLIDAR LOGO O SISTEMA FERROVIÁRIO. TERIA SIDO PERFEITO. Seria
O COMENTÁRIO DO PORTAL – Sistema Forever Águias Brasil – Grupo de Lages – trabalhando e crescendo.

O COMENTÁRIO DO PORTAL – Sistema Forever Águias Brasil – Grupo de Lages – trabalhando e crescendo.

EM SINTONIA COM A BOA FILOSOFIA DE SOMAR AS PEQUENAS ALEGRIAS E ESFORÇOS, MATÉRIA PRIMA DO SUCESSO. "Construa você também sua
VIOLÊNCIA COMEÇA EM CASA, VAI À ESCOLA E SE RAMIFICA PELA SOCIEDADE. Tanto faz matar um cachorro ou um ser humano. Garota vira fera e quebre o pescoço da colega. A vida já não vale 1,99!

VIOLÊNCIA COMEÇA EM CASA, VAI À ESCOLA E SE RAMIFICA PELA SOCIEDADE. Tanto faz matar um cachorro ou um ser humano. Garota vira fera e quebre o pescoço da colega. A vida já não vale 1,99!

MARMANJOS ESPANCAM E MATAM MULHERES; SEGURANÇAS MATAM DE CACHORRO A SER HUMANO; E GAROTA BRIGA, VIRA FERA E MATA COLEGA. Escolhemos
REFORMA PRECISA SER DE EFEITO VERTICAL – Atingir o regime geral e os das três esferas da federação.

REFORMA PRECISA SER DE EFEITO VERTICAL – Atingir o regime geral e os das três esferas da federação.

NAS ESFERAS ESTADUAL E MUNICIPAL HÁ MENOR MÉDIA DE BENEFÍCIO, PORÉM O CONTINGENTE SERÁ CADA VEZ MAIOR. A PEC ENTREGUE NO

UM GUIA DE TURISMO QUE TRABALHA EM VERSOS – A nova modalidade de guia de turismo trovador.


bruno antunes
Esta postagem foi publicada em 27 de novembro de 2018 Administração, Destaques 3, Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo, Política.

TROVADOR GUIA NARRA A HISTÓRIA, A CULTURA E OS PONTOS TURÍSTICOS EM VERSOS A VISITANTES.

Lages/Serra Catarinense –

Dentro da série “nosso potencial turístico”, destacamos aqui nossa ideia para uma nova modalidade de guia de turismo para agregar valor ao produto dessa atividade: valorizar o talento de um dos maiores artistas da trova.

Nós temos aqui um dos maiores trovadores do Sul do Brasil: Bruno Antunes. Não só faz repentes como também é cantor convencional. Acontece que nós pouco olhamos para nosso umbigo. Até nossas autoridades, profissionais liberais, empresários e inclusive comunicadores e artistas, fazem mais sucesso quando estão fora daqui. Não duvido se daqui um pouco o trovador Bruno Antunes seja contratado lá fora para o fim que se refere esta matéria.

Eu gostaria de sugerir ao pessoal do Turismo de Lages e de São Joaquim algo que poderia vir a fazer a diferença. Recomendo o Bruno Antunes para atuar como um guia turístico cheio de estilo.

É só prepará-lo para ajudar a recepcionar as excursões que chegam, principalmente no inverno, quando muita gente vem curtir nosso frio. No turismo de eventos ele já canta para o pessoal, porém, não do jeito que imagino.

Com a inauguração do Aeroporto Regional, que vai operar com qualquer tempo, vai se tornar viável as operações de voos especiais no turismo de eventos e de serra. Como nossos pontos turísticos são espalhados e distantes, isto seria uma limitante, exigindo engenharia operacional especial.

Portanto, vai ser comum o pessoal chegar ao aeroporto e se deslocar de ônibus para São Joaquim, por exemplo. Isso, além de exigir logística adequada, não deixa de ser cansativo e um intervalo de possível tédio na programação.

Já imaginou colocar um artista como guia turístico. Com indumentária completa e música para receber o pessoal. Mas não seria uma música qualquer e sim um trovador contando nossa história, nossos pontos turísticas, enfim, contando tudo em trova.

3

 

 

 

Seria algo diferente, envolvente, uma agregação de valor. Por si só já seria um produto. Além disso, os 90 km do aeroporto até São Joaquim pareceriam um pulo. Entretendo as pessoas com esse tipo de guia turístico elas nem veriam o tempo passar. Esta seria apenas uma das formas de valorizar melhor o Bruno.

Exemplo de talento

Num desses domingos, cheguei à casa do Peninha, músico, arranjador, compositor e dono de uma grande bagagem musical. Sem saber, encontrei lá seu irmão Bruno Antunes. Foi bem quando faziam uma tertúlia, cantando versos ao acaso. Assim que pus a cara na sala o Bruno já lascou esta:

O que é bom já nasce pronto, meus senhores e minhas senhoras, os meus versos são pra todos e pra juventude de agora. A todos peço licença, bondade a gente conquista, tenho versos nas manchetes, no jornal e na revista, quero saudar o Eron, renomado Jornalista.

Como usar o modelo

Já imaginou o Bruno recebendo turistas, mais ou menos assim:

Mesmo estando no outono, é frio o clima lageano, peço licença a todos, pra mostrar com muito orgulho, um pouco do estilo serrano.

Bem ali já vem chegando, repontado pelo minuano, com um bichará tubiano, o grande Paulo Duarte, ex-prefeito lageano.

Surpreendendo clientes

2

Os conferencistas especializados em palestras direcionadas ao atendimento e aos negócios sempre têm alertado que no mundo competitivo de hoje não basta só satisfazer o cliente. É preciso surpreendê-lo. Imagina só no turismo, atividade onde o visitante sempre espera encontrar emoções, atrações e bom atendimento.

Um turista que entrar “numa fria”, adquirindo um pacote que no fim não foi lá essas coisas, pode até dizer em sua cidade que gostou. Afinal, não irá querer passar atestado de mal informado em destinos turísticos. Mas, com certeza, nunca mais irá voltar.

SAM_7368 (Copy)

Galeria de fotos : 

 

O NOVO CIRCUITO TURÍSTICO DA SERRA

SAM_8015 (Copy) (2)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

É preciso um projeto integrado do turismo de serra em nossa região. Aqui já está consolidado esse modelo e basta que uma entidade de credibilidade se encarregue da gestão e da profissionalização.

Nosso potencial é um evento que Deus se encarregou de construir. Temos belezas naturais, clima e gastronomia típica. Digo que se Deus demorou sete dias para fazer o mundo gastou um só para fazer a Serra Catarinense e a Gaúcha.

Mas, para alcançarmos o estágio em que se encontram gramado e Canela, no RS, precisamos de investimentos e que o poder público lidere o processo de aproveitamento desse potencial.

Temos a Serra do Rio do Rastro, as cidades de São Joaquim, Urubici e Urupema já com iniciativas. Lages tem estrutura, as fazendas do
Turismo Rural e a gastronomia típica que encanta quem vem de fora. Testemunhamos o encanto pela nossa comida típica e pela cidade por um grupo de turistas de Criciúma durante o Natal Felicidade. Nosso lugar encanta por tudo disso e pela energia que tem.

Como novas atrações, cito os projetos do teleférico e da passarela e vidro na Serra do Rio do Rastro. Em Lages a nova atração será a Coxilha Rica e a noite da cidade.

Na infra-estrutura, o aeroporto regional está para ser inaugurado; a estrada de Lages a São Joaquim já foi revitalizada e a BR – 116 é um tapete com a conservação da Auto Pistas Planalto Sul. A duplicação da BR-282 é inevitável e pode ser colocado um trem histórico (Maria Fumaça) de Correia Pinto à Coxilha Rica.

Para profissionalização há as melhores escolas, entre elas, o IFSC e as universidades. Podem formar um leque de cursos voltados ao projeto.

A região ganhou a pavimentação da estrada da Coxilha, onde estão mais de 30 mil hectares de terras agricultáveis para produção de grão e dos demais itens da gastronomia típica, inclusive o boi verde.

Mas, é preciso atitude, cultura voltada para o trabalho, articulação entre entidades, eleger políticos de comprovada competência e de uma geração de profissionais com habilidade e técnicas para o turismo.

Creio que tudo passará pela eleição do ano quem vem. Quem seria o mais indicado nome para o próximo governador? E quais os deputados estaduais e federais que levarão votos e que assumirão compromissos?

Com a palavra as principais entidades da região que sempre se integraram nas campanhas eleitorais: ACIL, CDL, Amures e Uveres. Podem se integrar a esse grupo as universidades e as escolas de formação técnica, como o Senac, IFSC, CEDUP e SENAI, entre outras.

Aqui não é um lugar mais indicado para indústrias tradicionais e sim às de inovação e o turismo, que é a indústria sem chaminé. Vamos criar atrativos para as novas gerações e segurar aqui as cabeças privilegiadas que vem de fora. Aí estará pronto nosso próprio projeto de desenvolvimento econômico e social. Mais um pilar da economia moderna.

Teleférico pode ser atração na Serra

Um dos projetos mais arrojados já pensados para nossa região é a implantação de um teleférico da cidade de Siderópolis ao topo da Serra do Rio do Rastro, à direita de quem chega daqui de Lages ao Mirante atual. Uma empresa italiana esta interessada em arranjar investidores no Sul do Estado para esse projeto. Veja a foto da simulando o bondinho. O vereador David Moro considera o projeto arrojado, porém viável, que iria atrair milhares de turistas para a região serrana.

materia

 


464 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-