VEJA AS CITAÇÕES QUE SE TORNARÃO IMORTAIS – Confira porque a humanidade será outra depois da pandemia.

VEJA AS CITAÇÕES QUE SE TORNARÃO IMORTAIS – Confira porque a humanidade será outra depois da pandemia.

DUAS SÃO DO SECRETÁRIO GERAL DA OMS E UMA É DE AUTOR DESCONHECIDO. PALAVRAS EMBLEMÁTICAS E QUE SE REVESTIRÃO DE UM SIMBOLISMO HISTÓRICO.

“Com a ausência da união e da solidariedade, o que é pior ainda virá”: OMS.

“Ao longo dos próximos 60 dais vamos perceber o quanto somos vulneráveis, frágeis”: OMS (no final de fevereiro).

“Já fomos à Lua, enviamos sondas e veículos a Marte. No entanto, ainda não conseguimos dominar um inimigo que está em nossa mão”: Eron Portal.

 

ABOMINAÇÕES E RENOVAÇÕES:

ENTRE A SOCIEDADE, ESSA AMEAÇA VAI REVELAR QUEM NÃO É EGOÍSTA, ORGULHOSO, NEM MATERIALISTA E OPORTUNISTA.

Felizmente se revelarão, também, aqueles que agem pelo coração e para o semelhante.

Aqueles que até tem orgulho, mas o orgulho do bem: o de ser bom e correto, por exemplo.

Entre o poder – líderes, dirigentes e políticos – vai revelar aqueles que agem pensando em cumprir a missão e aqueles que agem pensando no seu projeto pessoal, em dividendos eleitorais de forma oportunista visando apenas o carreirismo politico ou em se locupletar diante da situação vulnerável das pessoas e da Nação.

Mas o saldo será uma legião de cidadãos bem melhores…

Sairemos bem de mais essa!

~~~~~~~~~~~~~~~~~

POSTAGEM ANTERIOR

POSTAGEM ANTERIOR. IRONIA DO DESTINO, EUA E CHINA AGORA DEPENDEM UM DO OURO – Brasil irá mandar aviões à China buscar testes, insumos e equipamentos.

ESTADOS UNIDOS E CHINA DIALOGANDO. QUEM DIRIA! DUAS POTÊNCIAS INIMIGAS AGORA CONVERSAM E TROCAM SOCORRO.

Norte americanos já estão enviando 23 aviões à China buscar testes, insumos, equipamentos e máscaras para segurança de técnicos da saúde hospitalar comprados.

A China é o principal produtor mundial de testes, equipamentos médicos-hospitalares como respiradores, equipamentos de segurança de profissionais da saúde, UTI, máscaras e outros.

Esses produtos se tornaram líderes de mercado este ano devido ao vírus. Os países mais ricos chegam antes e compram tudo, consequentemente, os emergentes e aqueles do Terceiro Mundo ficam em segundo plano, sem nada.

A verdade é que já se sabe de verdadeiros leilões de alguns equipamentos e testes, nessa relação demanda e oferta.

Nesta semana, por exemplo, os Estados Unidos estão enviado à China 23 aviões cargueiros buscar o que já está comprado e à disposição.

Ontem o Ministro Mandetta disse que os ministros envolvidos na campanha irão desenvolver uma ação de emergência e enviar aviões à China, onde está fechada a aquisição de insumos e equipamentos médio-hospitalares para enfrentar o pico da pandemia que deverá ocorrer no fim deste mês.

Esse plano já vinha sendo pensado desde que a doença virou pandemia. Já foram aviões a Wuhan/Chi buscar brasileiros. Veja o roteiro na foto.

POSTAGEM ANTERIOR.

VEJA O PERCENTUAL DE MORTOS E DE CASOS ABAIXO DOS 60 ANOS – OMS sempre alertou: testar, testar, testar e distanciamento social.

VEJA, TAMBÉM, A COMPARAÇÃO ENTRE CASOS E MORTES PELA CONTAMINAÇÃO POR COVID-19 E DAS OUTRAS EPIDEMIAS.

Mais jovens, como já era previsto, amentam as fileiras de casos e mortes.

CONSTATAÇÃO:

Com base nos dados oficiais do Ministério da Saúde e das Secretarias de Estado, divulgados pela mídia, eram de que mais de 80% das mortes vinham ocorrendo entre a população de risco, isto é, de 60 anos acima.

Em março e abril, os dados oficiais divulgados pela mídia, nas faixas abaixo dos 60 anos, revelam que passou de:

11% para 15% e agora chegou a 23% e agora a 25% nas faixas mais jovens.

Quer dizer, 1/4 dos casos e mortes já vem sendo registrado nas faixas mais jovens.

Vale destacar, no entanto, que a OMS trabalha com os números dos padrões demográficos da Europa, onde a população é mais velhas. Isso tem impacto nos maiores índices de mortes entre os mais velhos. Mas o índice de 1/4 da população revela que o vírus atinge idosos e jovens e ricos e pobres.

No Brasil, ainda 60% da população é abaixo de 60 anos.

Esses números que eram tão baixos no Brasil se referiam às mortes entre profissionais da saúde, jovens portadores de doenças crônicas e alguns casos por falta ou baixa imunidade de consequências diversas.

Dado positivo: apenas um caso de morte, até aqui, na faixa entre zero e 05 anos.

 

COMPARATIVO COM OUTRAS EPIDEMIAS

Comparação do número de casos e mortes da pandemia Covid-19 com as outras gripes, a dengue e o sarampo.

Em 45 dias, as ocorrências de casos e mortes por Covid-19 é três vezes maior que o número verificados nas outras epidemias acima citadas, o ano todo.

download (45)

A foto mostra a família do coronavírus.