Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Nenhum banner para exibir

Anunciar Empresa
DEVEREMOS ENTRAR NAS ÚLTIMAS SEMANAS CRÍTICAS DA COVID E CURVA DEVE COMEÇAR A ACHATAR – País passa de 1,5 milhão de casos e de 63,2 mil óbitos.

DEVEREMOS ENTRAR NAS ÚLTIMAS SEMANAS CRÍTICAS DA COVID E CURVA DEVE COMEÇAR A ACHATAR – País passa de 1,5 milhão de casos e de 63,2 mil óbitos.

MAS, OS PRÓXIMOS DOIS MESES SERÃO MUITO DIFÍCEIS, DIZEM INFECTOLOGISTAS. A QUEDA SÓ COMEÇA EM SETEMBRO. Veja universos onde chegarão as
APÓS CICLONE BOMBA, VEIO GEADA E COMEÇOU A NEVAR NA SERRA CATARINENSE – Sul contabiliza os prejuízos de mais uma catástrofe. De hoje até segunda previsão é de mais frio e chuva.

APÓS CICLONE BOMBA, VEIO GEADA E COMEÇOU A NEVAR NA SERRA CATARINENSE – Sul contabiliza os prejuízos de mais uma catástrofe. De hoje até segunda previsão é de mais frio e chuva.

FOTOS DE URUPEMA: Marleno Muniz Farias. Segundo ele, ocorreu o fenômeno Sincelo, congelando até a névoa, no Moro das Torres. E a
CONGRESSO APROVA PRORROGAÇÃO DAS ELEIÇÕES PARA NOVEMBRO – SAIBA AS NOVAS DATAS DEVIDO À PANDEMIA.

CONGRESSO APROVA PRORROGAÇÃO DAS ELEIÇÕES PARA NOVEMBRO – SAIBA AS NOVAS DATAS DEVIDO À PANDEMIA.

SENADO E CÂMARA APROVAM O ADIAMENTO DAS ELEIÇÕES PARA NOVEMBRO. Sessão conjunta das duas Casas sanciona a matéria nesta quinta,
CORRIDA ARMAMENTISTA CONTRA O VÍRUS – Nova “Gerra Fria” entre superpotências será em busca de armas contra pandemias.

CORRIDA ARMAMENTISTA CONTRA O VÍRUS – Nova “Gerra Fria” entre superpotências será em busca de armas contra pandemias.

A DISPUTA PARA DEMONSTRAÇÃO DE FORÇA, AGORA, SERÁ EM BUSCA DE UMA VACINA CONTRA O CORONAVÍRUS. Já fomos à Lua e
VEJA AS CITAÇÕES QUE SE TORNARÃO IMORTAIS – Confira porque a humanidade será outra depois da pandemia.

VEJA AS CITAÇÕES QUE SE TORNARÃO IMORTAIS – Confira porque a humanidade será outra depois da pandemia.

DUAS SÃO DO SECRETÁRIO GERAL DA OMS E UMA É DE AUTOR DESCONHECIDO. PALAVRAS EMBLEMÁTICAS E QUE SE REVESTIRÃO DE
EXTRAÇÃO PREDATÓRIA DE FLORESTAS NO BRASIL É UM FATO – Mas em reservas indígenas é meia verdade dizer que só há invasões e roubo.

EXTRAÇÃO PREDATÓRIA DE FLORESTAS NO BRASIL É UM FATO – Mas em reservas indígenas é meia verdade dizer que só há invasões e roubo.

HÁ MUITA VISTA GROSSA À EXPLORAÇÃO CLANDESTINA. COMO PODE O CORTE DE MIL ÁRVORES NÃO TER SIDO VISTO. MUITA GENTE
DISCUSSÃO SOBRE QUEIMADAS NA AMAZÔNIA PARECE FOGO DE PALHA DE ONGS E IDEOLOGIA DE RICOS QUE INCENDIARAM SUA RESERVA NATURAL – No Brasil o fogo sempre existiu em áreas agrícolas e de pastagens tradicionais.
INSISTEM NA VOLTA DE UM ESPORTE DE MASSA, MESMO SEM MASSAS NOS ESTÁDIOS –  “NÃO FAZ SENTIDO A VOLTA DO FUTEBOL AGORA, SERÁ UMA IRRESPONSABILIDADE”.

INSISTEM NA VOLTA DE UM ESPORTE DE MASSA, MESMO SEM MASSAS NOS ESTÁDIOS – “NÃO FAZ SENTIDO A VOLTA DO FUTEBOL AGORA, SERÁ UMA IRRESPONSABILIDADE”.

HÁ TANTA COISA GRAVE EXIGINDO GASTO DE DINHEIRO, ENERGIA E USO DE ESTRUTURA NESTE INSTANTE. E O MAIS GRAVE É QUE

MAIS DE 15 MIL PESSOAS AINDA NÃO PROCURARAM IMUNIZAÇÃO CONTRA A GRIPE A EM LAGES


Esta postagem foi publicada em 17 de maio de 2017 Administração, Notícias em Destaques Slide Topo, Política.

Por enquanto, cobertura vacinal no município é de 64,97%

Em contagem regressiva, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (gripe) terá seu término daqui exatos dez dias (26 de maio), sexta-feira da próxima semana. A Vigilância Epidemiológica, setor ligado diretamente à Secretaria Municipal de Saúde, alerta que ainda falta imunizar 15.649 pessoas. Até o meio da tarde desta terça (16), foram vacinadas 19.351 pessoas pertencentes aos grupos prioritários, de um total de 35 mil como meta no município de Lages. Portanto, a cobertura em Lages por enquanto é de 64,97%.

O auxiliar administrativo da Vigilância Epidemiológica, Alex Westarb, aconselha que as pessoas ainda pendentes sobre a vacina procurem o local mais próximo o mais breve possível para não ficar de fora da proteção gratuita. Paralelo à vacinação contra a gripe estão sendo realizadas vacinas de reforço, principalmente contra o tétano e hepatite B, colocando o calendário de vacinas da população em dia.

Os idosos a partir dos 60 anos se mostraram bastante preocupados com a própria saúde e configura em um dos segmentos de melhor resposta, com 80% de aplicação da meta, que são 17.992 pessoas a serem vacinadas no total. Do contingente de pessoas comórbidas, portadoras de doenças crônicas, como diabetes, renais e cardíacas, entre outras que comprometam a imunidade, praticamente 100% já foram imunizadas, com oito mil doses aplicadas.

O restante dos grupos está disposto da seguinte forma: Puérperas (mulheres no período de até 45 dias após o parto) – de 297, 40% já foram imunizadas; gestantes – de 1.805, 33% já receberam a dose; crianças de seis meses a menores de cinco anos – de 9.863, 28% já foram protegidas, e trabalhadores da Saúde – de 5.052, 23% já foram vacinados. Pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional e professores de escolas públicas ou privadas também são integrantes dos grupos prioritários.

O local de maior movimentação à procura da vacina é a sede da própria Vigilância Epidemiológica, no Centro, onde são aplicadas entre 300 e 400 doses diariamente. O atendimento é prestado nos períodos matutino e vespertino. Entretanto, as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) também concentram este serviço, das 8h às 12h e das 13h às 17h.

A Campanha iniciou no dia 17 de abril e segue até dia 26 de maio. O Dia D foi no sábado (13), quando houve mobilização nacional e ações concentradas em todas as UBSs durante o dia inteiro. No Dia D, em Santa Catarina, estiveram abertas 1.112 salas de UBSs, além de mais 300 locais volantes. Com a iniciativa do final de semana elevou-se a cobertura vacinal no Estado em 67%.

Entenda mais

A vacina disponível no Sistema Único de Saúde (SUS) protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no país: A/H1N1, A/H3N2 e Influenza B. Os grupos prioritários devem se vacinar todos os anos, já que a imunidade contra os vírus diminui progressivamente. Além disto, o vírus da gripe passa por mutações frequentes. No Brasil, mais de 54 milhões de pessoas integrantes dos grupos prioritários deverão ser imunizadas. O Ministério da Saúde adquiriu 60 milhões de doses para esta finalidade.

 

Fotos: Carlos Alberto Becker


394 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-