Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Nenhum banner para exibir

Anunciar Empresa
BRASIL MANTÉM MÉDIA ACIMA DE MIL ÓBITOS DIÁRIOS – OMS diz que América do Sul é novo epicentro do vírus e Brasil é o mais afetado.

BRASIL MANTÉM MÉDIA ACIMA DE MIL ÓBITOS DIÁRIOS – OMS diz que América do Sul é novo epicentro do vírus e Brasil é o mais afetado.

VEJA ADIANTE O BALANÇO DE HOJE. MINISTRO INTERINO VISITA ESTADOS PREOCUPADO SUPER LOTAÇÃO DE HOSPITAIS. Hoje: 26.754 mortos e 438.238 casos. 
INVERNO CHEGA PESADO NO SUL E NO CENTRO DO PAÍS – Geou forte na Serra Catarinense, Gaúcha e até no Sudeste do País.

INVERNO CHEGA PESADO NO SUL E NO CENTRO DO PAÍS – Geou forte na Serra Catarinense, Gaúcha e até no Sudeste do País.

SOL E CÉU CLAROS, MAS COM MUITO VENTO, APÓS A GEADA, TROUXERAM UMA SENSAÇÃO ATÉRMICA NEGATIVA EM 10 MUNICÍPIOS DAS
O DESAFIO DA RECUPERAÇÃO DO PAÍS APÓS A PANDEMIA – Infraestrutura, recuperação de empresas e competitividade.

O DESAFIO DA RECUPERAÇÃO DO PAÍS APÓS A PANDEMIA – Infraestrutura, recuperação de empresas e competitividade.

APÓS VENCIDA A BATALHA PELA VIDA E AS REFORMAS, VEM A BUSCA DA CONFIANÇA DE INVESTIDORES INTERNACIONAIS PARA RECUPERAÇÃO DA
“NÃO PERGUNTE O QUE SEU PAÍS PODE FAZER POR VOCÊ, DIGA O QUE VOCÊ PODE FAZER POR ELE”/Kennedy – Então, palmas e ‘panelaços’ a médicos privados voluntários e a empresas que já estão contribuindo!
HÁ POLÍTICO BRASILEIRO, EM TODOS OS LADOS, PENSANDO QUE É DEUS E OUTROS QUE TEM CERTEZA QUE SÃO – Observe a vaidade de certos líderes e a arrogância de alguns  parlamentares.

HÁ POLÍTICO BRASILEIRO, EM TODOS OS LADOS, PENSANDO QUE É DEUS E OUTROS QUE TEM CERTEZA QUE SÃO – Observe a vaidade de certos líderes e a arrogância de alguns parlamentares.

SÃO COMO O REI SOL DA FRANÇA QUE NUTRIA ENORME INVEJA E CIÚMES DE QUEM FAZIA SUCESSO OU RECEBIA APLAUSOS
BEM HUMORADAS: FUTEBOL, PAIXÃO NACIONAL E “ÓPIO” DO POVO SOFRIDO – O esporte capaz de inspirar aplausos na mansão e festa na favela.

BEM HUMORADAS: FUTEBOL, PAIXÃO NACIONAL E “ÓPIO” DO POVO SOFRIDO – O esporte capaz de inspirar aplausos na mansão e festa na favela.

PARA OS BEM SITUADOS, CHANCE DE VISIBILIDADE; PARA ALGUNS INQUILINOS DO PODER, OPORTUNIDADE DE AGRADAR SÚDITOS; E PARA OS CARENTES
BRASIL JÁ NASCEU COM A CORRUPÇÃO – Depois da herança dos últimos governos, estamos enfrentando outra pandemia.

BRASIL JÁ NASCEU COM A CORRUPÇÃO – Depois da herança dos últimos governos, estamos enfrentando outra pandemia.

DOS TEMPOS DE PLATÃO AOS DO PESÃO CARIOCA, PASSAMOS DE CABRAL PORTUGUÊS A CABAL DO RJ A ATUAL PANDEMIA PARECE MAIS
USARAM JESUS DE FORMA IMPRÓPRIA, EM VÃO, E EM LUGAR INADEQUADO – No mínimo isso poderia acionar a lei do retorno como aviso (cheias e vírus).

USARAM JESUS DE FORMA IMPRÓPRIA, EM VÃO, E EM LUGAR INADEQUADO – No mínimo isso poderia acionar a lei do retorno como aviso (cheias e vírus).

O CARNAVAL NÃO DEVE SER O LUGAR IDEAL PARA PROTESTAR USANDO O NOME E A FIGURA DE DEUS. Coincidência ou não,

Lages conquista prêmio nacional com projeto de compostagem do lixo


Esta postagem foi publicada em 28 de dezembro de 2017 Administração, Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo, Política.

Município conquistou o primeiro lugar entre 300 inscritos em todo o Brasil e receberá R$ 985 mil para implementação do programa

A Prefeitura de Lages conquistou o primeiro lugar nacional no prêmio 1º Edital de Compostagem, lançado pelo Ministério do Meio Ambiente e pela Caixa Econômica Federal. O resultado foi publicado no Diário Oficial da União e apresentado nesta terça-feira, dia 26 de dezembro, ao prefeito Antonio Ceron e ao vice Juliano Polese.

Desenvolvido pela Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Meio Ambiente e pelo Centro de Ciências Agroveterinárias da Universidade do Estado de Santa Catarina (CAV Udesc), o projeto intitulado Lixo orgânico zero em Lages receberá R$ 985 mil para a implantação do programa.

Das 300 propostas inscritas de todo o país, apenas 11 foram selecionadas. Além de Lages, na primeira posição geral, foram classificadas também, em ordem do segundo ao 11º lugar, a Prefeitura de Florianópolis/SC, Prefeitura de Santos/SP, Prefeitura de Rancho Queimado/SC, Prefeitura de Maracaju/MS, Prefeitura de Sertãozinho/SP, Consórcio do Complexo Nascentes do Pantanal/MT, Prefeitura de Igarapé/MG, Prefeitura de Palotina/PR, Prefeitura de Herval/RS e Prefeitura de Tacuru/MS.

Projeto de Lages contemplou toda a rede pública de ensino

Todo o projeto lageano utiliza-se da técnica de minicompostagem ecológica, desenvolvida pelo CAV e aplicada entre 2013 e 2015 em quase todas as escolas públicas de Lages. Coordenados pela pedagoga Silvia Oliveira, pelo agrônomo Germano Güttler e pela bióloga Márcia Spiller, os trabalhos incentivaram a implantação de hortas e jardins nas escolas. E como efeito, muitos estudantes levaram a dinâmica para as suas casas.

Assim, boa parte dos produtos orgânicos que antes era levada ao aterro sanitário, como cascas e restos de frutas, legumes, hortaliças, folhas, gramas e podas de plantas, passou a ser utilizada nas próprias residências como material de adubo para pequenas lavouras orgânicas. A partir daí, ampliou-se também a possibilidade de reaproveitamento de materiais secos, garantindo mais renda aos catadores e cooperativas de reciclagem de lixo.

Meta é reduzir em 40% o volume de orgânicos no aterro sanitário

Agora, com os R$ 985 mil conquistados no prêmio nacional, a Prefeitura de Lages e o CAV têm dois anos para desenvolver o programa. A principal meta é abranger dez mil residências, inclusive as futuras casas do Complexo Ponte Grande e os condomínios do Minha Casa Minha Vida, proporcionando uma redução de 40% do total de orgânicos enviados ao aterro sanitário.

Isso será possível por meio de um intenso trabalho de mídia, seminários, orientação nos bairros, distribuição de mudas, acompanhamento técnico, palestras e oficinas nas escolas.

“Vamos aproveitar em casa aquilo que está lá e pode gerar renda, sem causar impacto ao meio ambiente”, diz a pedagoga Silvia.

“A conquista desse prêmio levou o nome de Lages a um âmbito nacional, e agora vamos agir para fazer a nossa cidade se tornar uma referência para o Brasil”, completa o agrônomo Germano.

O prefeito Antonio Ceron e o vice Juliano Polese se empolgaram com o projeto e garantiram todo o apoio da Prefeitura para a implantação e o sucesso das ações.

“É motivo de muito orgulho para nós, e vamos envolver todas as secretarias que possam contribuir. Não podemos perder essa oportunidade de deixar um grande legado para a nossa cidade, pois estamos falando de natureza, de saúde pública e economia”, conclui Ceron.

Foto: Greik Pacheco

 


289 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-