Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Nenhum banner para exibir

Anunciar Empresa
PELO 5º DIA CONSECUTIVO BRASIL REGISTRA MAIS DE MIL ÓBITOS POR COVID-19 – Mais de 650 mil casos antes do pico a ser registrado nesta quinzena.

PELO 5º DIA CONSECUTIVO BRASIL REGISTRA MAIS DE MIL ÓBITOS POR COVID-19 – Mais de 650 mil casos antes do pico a ser registrado nesta quinzena.

ULTRAPASSAMOS A ITÁLIA E NOS TORNAMOS O 3º PAÍS EM VITIMAS DA PANDEMIA. VEJA A SEGUIR O BALANÇO DA SEMANA.   CIENTISTAS
CIDADES COMEÇAM A REATIVAR O TRANSPORTE COLETIVO URBANO EM SC – Ônibus intermunicipal ainda sem previsão de retorno.

CIDADES COMEÇAM A REATIVAR O TRANSPORTE COLETIVO URBANO EM SC – Ônibus intermunicipal ainda sem previsão de retorno.

PREFEITOS DEFINEM CONDIÇÕES PARA OPERAÇÕES E OS CUIDADOS PARA EMPRESAS RETOMAREM OS SERVIÇOS COM MENOS RISCOS DE CONTAMINAÇÃO. Principais cuidados: 50% da
INVERNO CHEGA PESADO NO SUL E NO CENTRO DO PAÍS – Mínima foi em Urupema, na Serra Catarinense. Geou também na Gaúcha.

INVERNO CHEGA PESADO NO SUL E NO CENTRO DO PAÍS – Mínima foi em Urupema, na Serra Catarinense. Geou também na Gaúcha.

SOL E CÉU CLAROS, MAS COM MUITO VENTO, APÓS A GEADA, TROUXERAM UMA SENSAÇÃO ATÉRMICA NEGATIVA EM 10 MUNICÍPIOS DAS
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E A DO CONHECIMENTO: Atropelaram a Educação e a resistência a novas culturas

REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E A DO CONHECIMENTO: Atropelaram a Educação e a resistência a novas culturas

HÁ 20 ANOS QUE A NOSSA EDUCAÇÃO ESTÁ ENSINANDO CONTEÚDOS E FORMANDO GENTE PARA TAREFAS DO SÉCULO PASSADO. A ORGANIZAÇÃO E
CAMINHO NATURAL DA  EDUCAÇÃO PODERÁ SER A PRIVATIZAÇÃO – Aquisição de vagas pode aliviar o peso crescente na estrutura e nas contas públicas.

CAMINHO NATURAL DA EDUCAÇÃO PODERÁ SER A PRIVATIZAÇÃO – Aquisição de vagas pode aliviar o peso crescente na estrutura e nas contas públicas.

NAS MÃOS DE PROFISSIONAIS O SETOR SE TORNARIA MAIS PRODUTIVO E SEM INTERFERÊNCIA IDEOLÓGICA, PARTIDÁRIA E DE CONTEÚDOS EXÓTICOS. O Ensino
ESTIAGEM PODE COMPROMETER ABASTECIMENTO NO SUL DE SC – Mais 15 dias sem chuva forte justificará decreto de emergência.

ESTIAGEM PODE COMPROMETER ABASTECIMENTO NO SUL DE SC – Mais 15 dias sem chuva forte justificará decreto de emergência.

BARRAGEM QUE ABASTECE CRICIÚMA E REGIÃO ESTÁ COM 10% DE SUA CAPACIDADE DE ESTOCAGEM. CIDADES, INDÚSTRIAS E AGRICULTURA PODEM TER
CAMPO NÃO PARA E JÁ COLHEU 90% DA SUPERSAFRA DE GRÃOS – Área já está quase toda coberta de milho e é preparado solo para nova safra.

CAMPO NÃO PARA E JÁ COLHEU 90% DA SUPERSAFRA DE GRÃOS – Área já está quase toda coberta de milho e é preparado solo para nova safra.

DADOS IMPORTANTES REVELAM QUE DEPOIS DA PANDEMIA PROVAVELMENTE O MUNDO PRECISARÁ MUITO DE ALIMENTOS E O BRASILEIRO PRECISARÁ COMER E RECUPERAR SUA
FIQUE EM CASA, EVITE IR BUSCAR O VÍRUS E CONTAMINAR QUEM VOCÊ AMA – Parar a Terra, no bom sentido, é preciso!

FIQUE EM CASA, EVITE IR BUSCAR O VÍRUS E CONTAMINAR QUEM VOCÊ AMA – Parar a Terra, no bom sentido, é preciso!

RAUL SEIXAS E SÍLVIO BRITO JÁ PREVIAM ISSO HÁ MAIS DE 30 ANOS: O DIA EM QUE A TERRA PAROU

MEGA OPERAÇÃO DE LOGÍSTICA AÉREA BUSCARÁ COMPRAS NA CHINA – Voos internacionais vão fazer escalas na Arábia Saudita.


repatriacao-de-brasileiros-va
Esta postagem foi publicada em 14 de abril de 2020 mundo, Notícias em Destaques Slide Topo, Slide Esportes, tragedia.

DE SÃO PAULO SAIRÃO VOOS PARA TODO O PAÍS COM ESQUIPAMENTOS. PRIORIDADES: FORTALEZA, MANAUS E DISTRITO FEDERAL.

A FOTO É DO ROTEIRO FEITO PELA FAB QUE FOI BUSCAR BRASILEIROS NA CHINA.

Aqui dentro a operação será ainda maior. A urgência exige transporte aéreo. Por via rodoviária, um caminhão pode percorrer até 3 mil km, já que o Brasil é um País Continente.

Na entrevista coletiva de hoje à tarde o ministro Henrique Mandetta anunciou que serão enviados 40 voos ao exterior, especialmente à China, buscar as compras que o  ministério fez para enfrentar a Pandemia do Coronavírus.

Destaca que o maior desafio foi conseguir comprar testes, respiradores, EPIs (equipamentos de proteção individual) para enfermeiros e médicos, máscaras e outros insumos.

Respirador é um item que vale ouro, pois todos os países querem comprar. Está em falta no Brasil. Mas já está viabilizada nova compra.

Novidade é a produção interna, em montadoras e outras indústrias.

Na coletiva de hoje o Ministério da Ciência e Tecnologia anunciou uma linha de crédito para financiamento a empresas que desejem fazer a adaptação do seu sistemas de produção voltado para a fabricação de respiradores e EPIs.

 


 

POSTAGEM ANTERIOR

 

POSTAGEM ANTERIOR. IRONIA DO DESTINO, EUA E CHINA AGORA DEPENDEM UM DO OURO – Brasil irá mandar aviões à China buscar testes, insumos e equipamentos.

ESTADOS UNIDOS E CHINA DIALOGANDO. QUEM DIRIA! DUAS POTÊNCIAS INIMIGAS AGORA CONVERSAM E TROCAM SOCORRO.

Norte americanos já estão enviando 23 aviões à China buscar testes, insumos, equipamentos e máscaras para segurança de técnicos da saúde hospitalar comprados.

A China é o principal produtor mundial de testes, equipamentos médicos-hospitalares como respiradores, equipamentos de segurança de profissionais da saúde, UTI, máscaras e outros.

Esses produtos se tornaram líderes de mercado este ano devido ao vírus. Os países mais ricos chegam antes e compram tudo, consequentemente, os emergentes e aqueles do Terceiro Mundo ficam em segundo plano, sem nada.

A verdade é que já se sabe de verdadeiros leilões de alguns equipamentos e testes, nessa relação demanda e oferta.

Nesta semana, por exemplo, os Estados Unidos estão enviado à China 23 aviões cargueiros buscar o que já está comprado e à disposição.

Ontem o Ministro Mandetta disse que os ministros envolvidos na campanha irão desenvolver uma ação de emergência e enviar aviões à China, onde está fechada a aquisição de insumos e equipamentos médio-hospitalares para enfrentar o pico da pandemia que deverá ocorrer no fim deste mês.

Esse plano já vinha sendo pensado desde que a doença virou pandemia. Já foram aviões a Wuhan/Chi buscar brasileiros. Veja o roteiro na foto.


395 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-