Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Nenhum banner para exibir

Anunciar Empresa
VEJA PARTE DA HISTÓRIA DA CONSTRUÇÃO DA ESTRADA CORVO BRANCO/sc – “Estamos tingindo de preto as asas brancas do corvo”.

VEJA PARTE DA HISTÓRIA DA CONSTRUÇÃO DA ESTRADA CORVO BRANCO/sc – “Estamos tingindo de preto as asas brancas do corvo”.

ESSA CONSTRUÇÃO FOI MAIS UM DOS DESAFIOS DA ENGENHARIA À NATUREZA. ELA PASSA POR UM SANTUÁRIO ECOLÓGICO DE GRÃO PARÁ.
FÓRUM PARLAMENTAR/SC FOI À ANTT DISCUTIR CONCESSÃO DA 101 – Amin e FECAM integraram essa comitiva.

FÓRUM PARLAMENTAR/SC FOI À ANTT DISCUTIR CONCESSÃO DA 101 – Amin e FECAM integraram essa comitiva.

O senador Esperidião Amin participou da reunião do Fórum Parlamentar Catarinense com a Diretoria da ANTT, em Brasília. Objetivo foi
UM SONHO DA SERRA DO RIO DO RASTRO – UM TELEFÉRICO LIGANDO SIDERÓPOLIS AO MIRANTE DE BOM JARDIM..

UM SONHO DA SERRA DO RIO DO RASTRO – UM TELEFÉRICO LIGANDO SIDERÓPOLIS AO MIRANTE DE BOM JARDIM..

PENSADO NO GOVERNO CATARINENSE PASSADO, O PROJETO INTERESSOU A INVESTIDORES EXTERNOS. MAS AGORA ESTÁ FORA DA PAUTA DO TURISMO DE
OBRAS DAS RODOVIAS CATARINENSES TEM AS DIGITAIS E AMIN – BR 282 e Esterada da Serra do Rio do Rastro foram seus desafios.

OBRAS DAS RODOVIAS CATARINENSES TEM AS DIGITAIS E AMIN – BR 282 e Esterada da Serra do Rio do Rastro foram seus desafios.

GOVERNADOR POR DUAS VEZES, O ATUAL SENADOR ESPERIDIÃO AMIN SEMPRE FOI UM APAIXONADO POR RODOVIAS. DESDE OS TEMPOS DE SECRETÁRIO
A MULHER NA POLÍTICA – A força da bancada do batom continua em alta em Santa Catarina.

A MULHER NA POLÍTICA – A força da bancada do batom continua em alta em Santa Catarina.

URUPEMA - NA SERRA CATARINENSE - DEVE SER O MUNICÍPIO COM A MAIOR BANCADA FEMININA. São quatro as vereadoras que estão
BASTIDORES DO INDICIAMENTO DE JULIO GARCIA EM IMAGENS – Maioria do público da terça, 15, nos arredores do plenário da ALESC, era de repórteres.

BASTIDORES DO INDICIAMENTO DE JULIO GARCIA EM IMAGENS – Maioria do público da terça, 15, nos arredores do plenário da ALESC, era de repórteres.

PRESIDENTE DO PODER GARANTE QUE VIVERÁ UM CALVÁRIO ATÉ O STF, MAS PROVARÁ OS EQUÍVOCOS DESSA INVESTIGAÇÃO ALCATRAZ EM RELAÇÃO
AUDIÊNCIA PÚBLICA DISCUTE PROJETO QUE BENEFICIA 60% DOS MUNICÍPIOS – A matéria é do deputado Jerry Comper, presidente da comissão de assuntos municipais/SC.

AUDIÊNCIA PÚBLICA DISCUTE PROJETO QUE BENEFICIA 60% DOS MUNICÍPIOS – A matéria é do deputado Jerry Comper, presidente da comissão de assuntos municipais/SC.

PROJETO PROPÕE ALTERAÇÃO NA DISTRIBUIÇÃO DE RECURSOS AOS MUNICÍPIOS. OS MENORES, UNS 60%, SERIAM OS MAIS BENEFICIADOS. Atualmente o bolo do
EDITORIAL –  É importante se criar municípios? Qual o efeito disso no retorno dos impostos?

EDITORIAL – É importante se criar municípios? Qual o efeito disso no retorno dos impostos?

HOJE A DIVISÃO DO BOLO ARRECADADO NO ICMS É DE PARTE IGUALMENTE A TODOS E PARTE COM BASE NO MOVIMENTO

IMIGRAÇÃO JAPONESA NO BRASIL – I Lages Matsuri celebra os 110 anos


f3
Esta postagem foi publicada em 11 de julho de 2018 Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo.

Um espetáculo, essa é a palavra para o evento que vem aí! A Fundação Cultural de Lages (FCL) e Associação Cultural Nipo Brasileira de Lages (ACNBL) planejam evento no Parque Jonas Ramos (Tanque).

A tarde de segunda-feira (9 de julho) foi de reunião da comissão organizadora do I Lages Matsuri. O superintendente da Fundação Cultural de Lages, Giba Ronconi, e os colaboradores Fabrício Furtado e Fernanda Oliveira receberam membros da Associação Cultural Nipo Brasileira de Lages (ACNBL) no Parque Jonas Ramos (Tanque) para o ajuste de detalhes do Iº Lages Matsuri – evento que comemorará os 110 anos de imigração japonesa no Brasil no dia 21 de julho, sábado.

O I Lages Matsuri será um festival da cultura japonesa que terá por objetivo comemorar os 110 anos de colonização japonesa no Brasil. Será a primeira vez que Lages recebe um evento do gênero. No encontro desta segunda, o presidente da ACNBL, Gilberto Massashi Ide e seus associados fizeram estudos dos espaços do Tanque para a decoração. “Com a parceria da Fundação Cultural também visualizamos onde e como ficarão as tendas para gastronomia e os shows. Na biblioteca, a Fundação Cultural disponibilizou espaços para as oficinas de mangáorigami e para que o nosso pessoal possa trabalhar a logística do evento”, informa Massashi.

A programação inicia na manhã do sábado (21 de julho), a partir das 10h, com a abertura das oficinas e os quiosques de gastronomia, e às 11h acontece a cerimônia oficial de abertura com os hinos do Brasil e do Japão e o discurso de autoridades com tradução simultânea em japonês.

Shows, oficinas, exposição e gastronomia durante o dia

No espaço da Biblioteca Pública Municipal Carlos Dorval de Macedo, além das oficinas de mangá e origami, uma exposição histórica com itens japoneses também terá seu espaço. Na programação artística, o grupo de taiko Sakura Daiko fará apresentações, assim como exibições de artes marciais e música tradicional japonesa. No espaço gastronômico, sushi e pastéis japoneses serão os destaques.

Para o superintendente da FCL, o apoio da Fundação Cultural ao evento se deve principalmente para que a comunidade lageana conheça um pouco mais das pessoas que também fazem parte do convívio da cidade. “Nós temos diversos exemplos de identidade cultural em Lages, a japonesa, até então era desconhecida por nós na cidade. Nossa missão é fazer com que essa cultura também faça parte dos nossos manifestos”, comenta Giba.

Serviço:

O quê: I Lages Matsuri – 110 anos da imigração japonesa no Brasil;

Quando: 21 de julho, sábado;

Onde: Parque Jonas Ramos (Tanque);

Hora: A partir das 10h, com cerimônia de abertura às 11h;

Atrações – Taikô (tambores japoneses), danças tradicionais japonesas, artes marciais, exposições, oficinas de mangá, origami e bonsai. Gastronomia com venda de pastel japonês, sushi e outros.

 

Fotos: Fabrício Furtado

86 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-