DOM ONERES É NOME DO CENTRO DE CONVIVÊNCIA DO IDOSO – Novo bispo visita prefeito

DOM ONERES É NOME DO CENTRO DE CONVIVÊNCIA DO IDOSO – Novo bispo visita prefeito

8dab54e8e85da34f3b1f05f5f6959932Lagesganhar_aembreveoCentroDiadoIdoso3-001

IGREJA E PODER PÚBLICO – RELAÇÕES POSITIVAS QUE JÁ SÃO ECUMÊNICAS

A relação entre o poder público e a igreja católica vem desde a chegada do bandeirante Correia Pinto, o fundador de nossa cidade. Na região, geralmente o primeiro ato de um prefeito é receber o pároco ou outra autoridade do gênero em seu gabinete.

Em são Joaquim, por exemplo, o padre Blévio, quando vivo, comparecia ao gabinete no primeiro dia de mandato do novo prefeito. Até uma vez comparamos o fato ao que acontece nos Estados Unidos, em que, até hoje, o primeiro ato oficial novo presidente da República é um discurso no Senado.

Aqui em Lages sempre o padre ou o bispo visitam o gabinete do novo prefeito. Esta semana foi a vez do novo bispo da diocese de Lages, Dom Guilherme Werlang. Acompanhado do vigário geral da Diocese, Padre Hildo Ghizzoni, ele esteve no gabinete do prefeito Antônio Ceron para uma visita de cortesia e apresentação e inicio de ações conjuntas.

Naquela oportunidade ficou definido, com o apoio da Diocese de Lages, que o Centro de Convivência do Idoso se chamará “Centro de Convivência Dom Oneres Marchiori”. É muito importante o relacionamento das igrejas com o Poder Público. E hoje não é só com a igreja católica o bom relacionamento. Isso tem sido ecumênico.

Mais detalhes no conteúdo abaixo disponibilizado pela Assessoria de Imprensa da Prefeitura.

………….

ANEXO

Na tarde desta terça-feira, 24, o prefeito Antonio Ceron recebeu, em seu gabinete, a visita do bispo diocesano Dom Guilherme Werlang e do vigário geral da Diocese de Lages, o padre Hildo Ghizoni. Entre os assuntos, o interesse e pedido da municipalidade para denominar o Centro de Convivência do Idoso, no bairro Várzea, na antiga Alteri, como Centro de Convivência Dom Oneres Marchiori.

Prontamente, o pedido foi aceito pelo bispo Dom Guilherme, que ressaltou ainda todo apoio da Diocese de Lages nas atividades desenvolvidas pelo Centro de Convivência. “Vamos enviar o projeto para apreciação e aprovação da Câmara de Vereadores. Mas temos a certeza que este importante equipamento de assistência social será ainda melhor com esta nomenclatura”, disse o prefeito.

O Centro de Convivência do Idoso atende 100 pessoas por dia com atividades de artesanato, dança, jogos, cursos de beleza, entre outros. “Dom Oneres tem uma história com Lages. Temos que evidenciar o legado que ele nos deixou”, comentou Dom Guilherme. Acompanharam o encontro o secretário municipal de Assistência Social e Habitação, Samuel Ramos, a diretora de Proteção Social Básica, Taciane Eloísa Fontana, e o secretário de Administração e Fazenda, Antônio Arruda.