Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Anunciar Empresa
BEM HUMORADAS DO FUTEBOL NO PORTAL – Raridades da Seleção: vídeo à cores de uma final ganha por mais de 2 gols!

BEM HUMORADAS DO FUTEBOL NO PORTAL – Raridades da Seleção: vídeo à cores de uma final ganha por mais de 2 gols!

Raridades dos clubes brasileiros: vídeo de um título mundial do Santos à cores. ...... FRASE DE UM LEITOR AQUI DO PORTAL: "O Brasil
FUTEBOL É O ÓPIO DO POVO? – O fato é que durante as competições o torcedor esquece as mazelas. Essa aí foi a pior de todas as seleções.

FUTEBOL É O ÓPIO DO POVO? – O fato é que durante as competições o torcedor esquece as mazelas. Essa aí foi a pior de todas as seleções.

A seleção canelinha de vidro da Copa da Rússia foi um carrossel rolando no gramado e voltamos pra cassa mais
NOVAS CARAS PARA PREFEITO DE LAGES/SC – Qual delas tem o melhor projeto para os próximos 10 anos?

NOVAS CARAS PARA PREFEITO DE LAGES/SC – Qual delas tem o melhor projeto para os próximos 10 anos?

Cenário aponta para uma novidade na Prefeitura. Os vereadores Lucas Neves e Jair Júnior são os virtuais caras. Logo, em Lages/SC,
QUASE 13 MIL MULHERES SÃO MÃES SOZINHAS EM LAGES/SC – Mas, essas guerreiras enfrentam com dignidade a tarefa de criação dos filhos.

QUASE 13 MIL MULHERES SÃO MÃES SOZINHAS EM LAGES/SC – Mas, essas guerreiras enfrentam com dignidade a tarefa de criação dos filhos.

Diante dessa realidade, que políticas sociais e de apoio as três esferas de governo tem para alevianar o peso da
AS BEM HUMORADAS DO PORTAL –  Veja logo mais porque o gaúcho usa bombacha e que aumenta a Bancada Papuda. No mundo, Trump vira um Jeca Tatu.

AS BEM HUMORADAS DO PORTAL – Veja logo mais porque o gaúcho usa bombacha e que aumenta a Bancada Papuda. No mundo, Trump vira um Jeca Tatu.

Numa famosa parada em São Pulo descobriram porque o gaúcho usa bombacha. Nas bem humoradas políticas, com as novas prisões de
COMEÇA MAIOR FESTA DO CHURRASCO EM SC – Bom Retiro dá show na abertura da Festa Estadual do Churrasco.

COMEÇA MAIOR FESTA DO CHURRASCO EM SC – Bom Retiro dá show na abertura da Festa Estadual do Churrasco.

Nada menos que 25 enormes costelões assados foram degustados no primeiro dia. As fotos dão água na boca dos leitores. Nesta
VEREADOR REVELAÇÃO CONSEGUE TRABALHO A DETENTOS, DEFENDE O CONSUMIDOR E LUTA PELOS BAIRROS – Um de seus pleitos é um Ceasa em Lages, o que se confirmará logo.

VEREADOR REVELAÇÃO CONSEGUE TRABALHO A DETENTOS, DEFENDE O CONSUMIDOR E LUTA PELOS BAIRROS – Um de seus pleitos é um Ceasa em Lages, o que se confirmará logo.

Veja a seguir o volume de matérias apresentadas pelo vereador Osni Freitas, Vereador Bugre. EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DA CÂMARA DO MUNICÍPIO DE
ALGUMAS OLIGARQUIAS SE MANTEM NA VIDA PÚBLICA – O nome AMIN/SC continua e a nova é a do vereador “Boca Aberta” no PR.

ALGUMAS OLIGARQUIAS SE MANTEM NA VIDA PÚBLICA – O nome AMIN/SC continua e a nova é a do vereador “Boca Aberta” no PR.

NAS ÚLTIMAS ELEIÇÕES AS URNAS SEPULTARAM AS PRINCIPAIS OLIGARQUIAS FAMILIARES, POLÍTICAS E DE CORONÉIS. ALGUMAS AINDA SOBREVIVEM. O vereador Boca Aberta,

FEIJOADA ESTÁ AMEAÇADA: FEIJÃO PRETO É CEREAL AMEAÇADO DE EXTINÇÃO – Poucos países o consomem e seu preparo é difícil e demorado.


capa frj
Esta postagem foi publicada em 27 de março de 2019 Administração, Destaques 5, Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo.

DONA DE CASA ABANDONA ESSE PRATO E MENOS GENTE O PLANTA. SAIBA OS PAÍSES QUE CULTIVAM E CONSOMEM O PRODUTO.

Nada a ver com as ilustrações desta matéria, que são colonos de verdade colhendo feijão e milho.

Mas o fato é que o preço do feijão preto às vezes é tão alto que até motiva ladrões a colher lavouras na calada da noite.

CULTURA ARTESANAL.

A cultura do feijão preto é praticamente artesanal. porém já existem máquinas para colheita automatizada. Mas nunca dispensa a mão humana.

Até os anos 1960 o plantio e a colheita do feijão preto era uma atividade penosa. Seu cultivo depende muito das condições do tempo (equilíbrio na ocorrência de chuva e sol e se nos três dias da florada se chover a produção será um sucesso.

Na colheita eram utilizados métodos rudimentares: a trituração da palhas sobre uma lona pelo manguá, casco de cavalo ou batendo os feixes em tábuas.

A máquina mais sofisticada nessa época era a trilhadeira, uma engenhoca movida motor que tritura a palha e o grão sai já limpo é ensacado e transportado logo. O bom tempo nas 48 horas apos os após arrancado é fundamental para a qualidade do grão . Com chuva ele germinam no próprio pé, ainda no interior das vagens.

DIA DO AGRICULTOR

Parabéns a todos os agricultores pelo seu dia, 28/07! Pra quem não conhece esse processo utilizado aí é com o famoso Manguá. Pai e filho estão malhando feijão no interior de Ametista do Sul.

O articulista desta matéria já fez esse trabalho aí do Manguá. Também podem ser usadas as patas de um cavalo sob o monte de feijão. Coloca-se um guri a cavalo para dar rédeas e circular pisoteando o feijão. Também pode se bater os feixes em tábuas, como se faz com o arroz. A pessoa bate os macinhos em algo sólido e os grãos caem sobre a lona.

GRÃO AMEAÇADO DE EXTINÇÃO

Técnicos alertam para o fato de que o feijão para o consumo é um cereal em extinção. Poucos países o consomem, mas apenas por tradição. Os tradicionais produtores e consumidores são o Brasil, o México e na Venezuela.

O que ainda há certa procura lá fora é pelo seu consumo em determinados restaurantes de brasileiros no exterior. Nossa culinária tradicional tem dois produtos competitivos em outros países: a feijoada e o churrasco na brasa.

No Brasil o consumo do feijão vem se perdendo no tempo. Deve – se  ao fato de que a dona de casa não o prepara devido à dificuldade e o tempo e cozimento. Vivemos uma época em que as refeições dependem mais do forno microondas do que do fogão tradicional.

Mas nem por isso a famosa feijoada irá se acabar tão cedo. No carnaval do Rio, por exemplo,  as escolas de samba promovem um avento acompanhado de uma feijoada. Mesmo sendo um prato de difícil digestão, mesmo assim é feito um e “esquenta” e o pessoal acaba caindo no samba.

O FEIJÃO VALE OURO EM ALGUNS CASOS

Nos últimos anos com a escassez do grão, o preço do feijão disparou e houve casos em que o quilo teve preço de preciosidades.

Noticiamos aqui vários casos de ladrões, estimulados pelo preço, colheram lavouras inteiras na calada da noite e furtaram até as máquinas batedeiras da palha desse produto.

É que o preço justifica o trabalho difícil para colher o grão.

Mas, é um produtos que tem alto preço no mercado em determinadas épocas. E especialmente para a feijoada, esse é um cereal que vale muito. Nosso reconhecimento ao valor do produtor tradicional de grãos . Ele mantém viva a produção artesanal do feijão nosso de cada dia.

O vídeo e as fotos abaixo não são de furto de feijão. São apenas exemplos de como é difícil colher o grão. São agricultores de verdade fazendo o trabalho final  na colheita de feijão e milho.

Nossa homenagem a eles que ajudam a manter a tradição da nossa agricultura artesanal que mantem viva a cultura do feijão e do milho originais.

Estas duas culturas foram praticamente aniquiladas pelo cultivo intensivo da soja e do milho para a exportação, a partir dos anos 60.

 

Homenagem aqui do Portal ao Dia do Colono : 28 de julho.

Trilhar milho é o trabalho mais penoso devido a alergia que a poeira que sua palha provoca. O jornalista Eron J Silva, aqui do Portal,  já fez este trabalho. Uma das suas primeiras tarefas remuneradas foi a de ajudante de trilhadeira.

Esse aí chamado pixurum – Significado de pixurum. O que é pixurum: Na língua falada pela gente brasileira lá das bandas do sul,pixurum quer dizer mutirão. Um pixurum acontece quando as pessoas se juntam para fazer um trabalho em favor de um só. Pode ser o plantio ou a colheita de uma roça, a construção de uma casa ou de um lugar.(Assim está no Google).

Nessa propriedade aí do vídeo/RS, os vizinhos se reuniram e colheram , em um só dia, uma carreta puxada a bois cheia  sacas de grãos da soja.

O vídeo foi uma produção do sindicato dos trabalhadores rurais e registou mais de 3 milhões de acessos. 

 


543 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-