Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Anunciar Empresa
FRIO PODE TRAZER NEVE NO FIM DE SEMANA EM SC – Fenômeno deve até fechar estradas e há risco de vir um tornado.

FRIO PODE TRAZER NEVE NO FIM DE SEMANA EM SC – Fenômeno deve até fechar estradas e há risco de vir um tornado.

Modelos de números meteorológicos preveem Neve Joaquina ainda este mês e ocorrência de fortes geadas. Desta vez não será a Neve
REFLEXÃO HISTÓRICA SOBRE O PODER CENTRAL NO BRASIL – Seus altos e baixos de Vargas aos dias atuais.

REFLEXÃO HISTÓRICA SOBRE O PODER CENTRAL NO BRASIL – Seus altos e baixos de Vargas aos dias atuais.

De Vargas até os dias de hoje, uns grupos promoveram saltos no Brasil e outros desperdiçaram os avanços e saíram
EL`DIVINO HAMBURGUERIA – Sempre com uma novidade especial pra você. Neste outono/inverno pense num lugar aconchegante!

EL`DIVINO HAMBURGUERIA – Sempre com uma novidade especial pra você. Neste outono/inverno pense num lugar aconchegante!

Aproveite as oportunidades do El'Divino e conheça as novidades da estação. Agora com muito mais opções. FIQUE ATENTO ÀS PROMOÇÕES E
SELEÇÃO FEMININA EM MAIS UMA COPA DO MUNDO – Elas entram em campo no próximo dia 9, na França.

SELEÇÃO FEMININA EM MAIS UMA COPA DO MUNDO – Elas entram em campo no próximo dia 9, na França.

As 23 convocadas já se apresentaram no Brasil e esta será sua sétima participação em Copas do Mundo. O curioso foi
A CIDADE MAIS FRIA E ECOLÓGICA DO BRASIL – Urupema/SC, a terra das araucárias e da neve.

A CIDADE MAIS FRIA E ECOLÓGICA DO BRASIL – Urupema/SC, a terra das araucárias e da neve.

Caminhos da Serra Catarinense - um modelo europeu de rodovias turísticas, onde a paisagem desfila à frente do visitante devido
O QUE ROLA NAS REDES SOBRE POLÍTICA – Veja algumas pérolas do Lula, professor em economia, administração e previdência.

O QUE ROLA NAS REDES SOBRE POLÍTICA – Veja algumas pérolas do Lula, professor em economia, administração e previdência.

  Como se pega a leptospirose e tudo sobre seu "Plano AÇO". E saiba o significado dessa sigla "AÇO". SUGESTÃO DE  LULA
CAMINHOS DA SERRA – Modelo europeu de estradas turísticas

CAMINHOS DA SERRA – Modelo europeu de estradas turísticas

Os projetos financiados pelo BID - Banco Interamericano de Desenvolvimento – seguem o modelo europeu de rodovias turísticas. O asfalto
CÂMARA DE VEREADORES PODE VIR A FAZER ESCOLA/SC – Projetos propõem reduzir para 1/4 salário de vereadores e para metade repasses mensais.

CÂMARA DE VEREADORES PODE VIR A FAZER ESCOLA/SC – Projetos propõem reduzir para 1/4 salário de vereadores e para metade repasses mensais.

Qualquer momento podem entrar na pauta essas medidas que seriam inéditas no País. Em Lages, o vereador passaria a ganhar

PÁTRIA SOBRE PNEUS E EM PÉSSIMAS ESTRADAS – País cada vez mais rodoviário. Caminhões já estão sendo repensados.


l
Esta postagem foi publicada em 18 de junho de 2018 Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo, Política.

GOVERNOS ANTERIORES NÃO CUIDARAM DA LOGÍSTICA. AGORA ATÉ OS CAMINHÕES ESTÃO SENDO REPENSADOS. É A PÁRIAS SEM ESTRADAS E SOBRE PNEUS.

O movimento dos caminhoneiros era previsível. Inclusive previmos aqui uma espécie de apagão pela dependência do do transporte rodoviário, as más condições das estradas e o crescente aumento da produção.

O ALERTA FOI:

PODE OCORRER APAGÃO NA ENERGIA E NOS TRANSPORTES. DIANTE DA MAIOR PRODUÇÃO EM TUDO, COMO TRANSPORTAR? E CADÊ A ENERGIA PARA MOVIMENTAR O SETOR PRODUTIVO? A SE CONFIRMAR UM CRESCIMENTO DE 3% NO PIB COMO TRANSPORTAR?

Lembramos que uma das montadoras teve de construir um campo de provas de 16 pistas e do tamanho de 150 campos de futebol para testar um caminhão que aguente o tranco nas nossas estraras.

REVEJA A MATÉRIA:

Os governos paternalistas e pregadores da falsa prosperidades, de FHC a Dilma, fizeram muito bem o que disse Margareth Thatcher: praticaram o socialismo até acabar com o dinheiro alheio.

Estes governos populistas e irresponsáveis, fizeram cortesia com o chapéu alheio. Deram as coisas, viciaram as pessoas no paternalismo e criaram uma geração sem futuro. Agora teremos de adotar para não custar mais caro daqui um pouco. É aquela história: que se vão os anéis, mas que fiquem os dedos.

Nos três governos anteriores o que fizeram o tempo todo foi propalar que o Brasil virou uma potência, que era possível distribuir renda a torto e direito, aposentar gente sem ter contribuído, dar casa de graça, andar de avião, comprar carro novo e assim por diante. Até dar salário sem o sujeito trabalhar e fazer Copa do Mundo e Olimpíadas. Foi o modo  usado no Império Romano, o de oferecer pão e circo em troca do apoio do povo.

Só que se esqueceram de um detalhe: ver da onde viriam os recurso para financiar. Não perceberam que mesmo com uma carga tributária já beirando os 40% um dia acabou o dinheiro dos cofres e também da economia como um todo.

Enquanto se preocuparam só com o pão e circo não cuidaram da infra estrutura e nem das empresas públicas. Então, comera os ovos e não deram ração e água para galinha dos ovos de ouro: a Economia. As gorduras acabaram, quebraram as empresas públicas e caiu por terra o discurso de prosperidade, onde dava até para emprestar dinheiro a outros países.

Hoje o problema está aí. A logística está no limite, 70% das estradas não tem qualidade ou não tem pavimento, os portos estão com maior Custo Brasil de todos, não há trem, hidrovias, navegação de cabotagem e na energia corremos o risco de apagão. E as que foram construídas custaram mais caro devido à propina e o superfaturamento para financiar campanhas eleitorais. gora estão se deteriorando.

Se o Brasil crescer  mesmo os 3% previsto para este ano teremos problemas de logística  para transportar a produção e falta de energia para movimentar as fábricas.

No Agronegócio é uma safara maior que a outra: maior produção de soja e de café da história cujos grãos irão acabar como pavimento em atoleiros de estradas de chão.

Um exemplo do erro estratégico deste sistema ilusionista e enganador, é o que teve de fazer uma montadora de caminhões. Construiu um campo de prova para caminhões que custou mais de R$ 90 milhões. Antes, fez um laboratório ambulante sobre um caminhão com sensores que percorreu 16 mil quilômetros de diferentes estradas para chagar a uma tecnologia capaz de produzir um caminhão que suporte o desafio de enfrentar nossas estradas


85 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-