Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Nenhum banner para exibir

Anunciar Empresa
CASOS DE COVID-19 SE APROXIMAM DOS 600 E NÚMERO DE MORTES CONTINUA ALTO – Pico da pandemia pode ocorrer na primeira quinzena deste mês.

CASOS DE COVID-19 SE APROXIMAM DOS 600 E NÚMERO DE MORTES CONTINUA ALTO – Pico da pandemia pode ocorrer na primeira quinzena deste mês.

VEJA A SEGUIR O BALANÇO DA SEMANA. CIENTISTAS TEMEM QUE FLEXIBILIZAÇÃO INDISCRIMINADA LEVE À CONTAMINAÇÃO DESCONTROLADA. HISTÓRICO DA SEMANA: Hoje, 04/05 -
INVERNO CHEGA PESADO NO SUL E NO CENTRO DO PAÍS – Mínima foi em Urupema, na Serra Catarinense. Geou também na Gaúcha.

INVERNO CHEGA PESADO NO SUL E NO CENTRO DO PAÍS – Mínima foi em Urupema, na Serra Catarinense. Geou também na Gaúcha.

SOL E CÉU CLAROS, MAS COM MUITO VENTO, APÓS A GEADA, TROUXERAM UMA SENSAÇÃO ATÉRMICA NEGATIVA EM 10 MUNICÍPIOS DAS
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E A DO CONHECIMENTO: Atropelaram a Educação e a resistência a novas culturas

REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E A DO CONHECIMENTO: Atropelaram a Educação e a resistência a novas culturas

HÁ 20 ANOS QUE A NOSSA EDUCAÇÃO ESTÁ ENSINANDO CONTEÚDOS E FORMANDO GENTE PARA TAREFAS DO SÉCULO PASSADO. A ORGANIZAÇÃO E
CAMINHO NATURAL DA  EDUCAÇÃO PODERÁ SER A PRIVATIZAÇÃO – Aquisição de vagas pode aliviar o peso crescente na estrutura e nas contas públicas.

CAMINHO NATURAL DA EDUCAÇÃO PODERÁ SER A PRIVATIZAÇÃO – Aquisição de vagas pode aliviar o peso crescente na estrutura e nas contas públicas.

NAS MÃOS DE PROFISSIONAIS O SETOR SE TORNARIA MAIS PRODUTIVO E SEM INTERFERÊNCIA IDEOLÓGICA, PARTIDÁRIA E DE CONTEÚDOS EXÓTICOS. O Ensino
ESTIAGEM PODE COMPROMETER ABASTECIMENTO NO SUL DE SC – Mais 15 dias sem chuva forte justificará decreto de emergência.

ESTIAGEM PODE COMPROMETER ABASTECIMENTO NO SUL DE SC – Mais 15 dias sem chuva forte justificará decreto de emergência.

BARRAGEM QUE ABASTECE CRICIÚMA E REGIÃO ESTÁ COM 10% DE SUA CAPACIDADE DE ESTOCAGEM. CIDADES, INDÚSTRIAS E AGRICULTURA PODEM TER
CAMPO NÃO PARA E JÁ COLHEU 90% DA SUPERSAFRA DE GRÃOS – Área já está quase toda coberta de milho e é preparado solo para nova safra.

CAMPO NÃO PARA E JÁ COLHEU 90% DA SUPERSAFRA DE GRÃOS – Área já está quase toda coberta de milho e é preparado solo para nova safra.

DADOS IMPORTANTES REVELAM QUE DEPOIS DA PANDEMIA PROVAVELMENTE O MUNDO PRECISARÁ MUITO DE ALIMENTOS E O BRASILEIRO PRECISARÁ COMER E RECUPERAR SUA
FIQUE EM CASA, EVITE IR BUSCAR O VÍRUS E CONTAMINAR QUEM VOCÊ AMA – Parar a Terra, no bom sentido, é preciso!

FIQUE EM CASA, EVITE IR BUSCAR O VÍRUS E CONTAMINAR QUEM VOCÊ AMA – Parar a Terra, no bom sentido, é preciso!

RAUL SEIXAS E SÍLVIO BRITO JÁ PREVIAM ISSO HÁ MAIS DE 30 ANOS: O DIA EM QUE A TERRA PAROU
O DESAFIO DA RECUPERAÇÃO DO PAÍS APÓS A PANDEMIA – Infraestrutura, recuperação de empresas e competitividade.

O DESAFIO DA RECUPERAÇÃO DO PAÍS APÓS A PANDEMIA – Infraestrutura, recuperação de empresas e competitividade.

APÓS VENCIDA A BATALHA PELA VIDA E AS REFORMAS, VEM A BUSCA DA CONFIANÇA DE INVESTIDORES INTERNACIONAIS PARA RECUPERAÇÃO DA

FALTA CULTURA DE RESPONSABILIDADE FISCAL NO BRASIL – Gastar mais do que se tem é socializar o prejuízo. Isso é histórico aqui.


paulo guedes
Esta postagem foi publicada em 5 de dezembro de 2019 Administração, Notícias em Destaques Slide Topo, Política.

MINISTRO PAULO GUEDES TEM RAZÃO! SEM A CULTURA DA AUSTERIDADE A LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL É INÓCUA. Não é preciso ter lei quando se gasta o que não se tem…

Para nós aqui do Portal o poder publico já nasceu cobrador de impostos e explorador das riquezas naturais e das pessoas.

Sempre gastou o que não tem e já começou devendo.

 

EDITORIAL

 

LOGOMARCA ERON PORTAL GRANDE

 

BRASIL NASCEU EXTRATIVISTA E ATÉ BEM POUCO O PODER PÚBLICO FOI UM SAQUEADOR DO CIDADÃO

O Estado Brasileiro veio da Colônia, passando por D João VI e o Império, e chegou à República quase sempre com governos burocratas, cartoriais e que sempre sugaram a população.

Além disso, sempre houve uma aristocracia pesada, uma falsa burguesia e uma classe dominante concentradora e que até escravizava.

E nos últimos 30 anos quase sempre se gastou mais do que se arrecadou. Tanto que durante a Nova República, convivemos com períodos de hiperinflação. Era como se pudéssemos imprimir papel moeda sem precisar de produção e economia crescentes.

Em 1988, com a nova Constituição, vieram mais direitos que obrigações. Surgiu a estabilidade do servidor público e o consequente inchamento constante da máquina pública.

Sem considerar que os últimos governos venderam uma falsa prosperidade onde o dinheiro nunca iria acabar. Era Copa do Mundo, Olimpíadas, casa, carro e avião, tudo quase de graça. Até universidade 0800 para todos. Seria ótimo se soubéssemos de onde viriam os recursos para financiar tudo isso.

Portanto, a irresponsabilidade fiscal é histórica. Ainda bem que já estamos vendo alguma esperança no horizonte.

Onde controla assessorias.

Texto: Eron J Silva.

 


263 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-