Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Anunciar Empresa
CONHEÇA UM FENÔMENO INTERNACIONAL EM FOLCLORE E ARTES POPULARES – Um espetáculo em coreografia, visual, ritmo, técnica e vigor físico.

CONHEÇA UM FENÔMENO INTERNACIONAL EM FOLCLORE E ARTES POPULARES – Um espetáculo em coreografia, visual, ritmo, técnica e vigor físico.

PELA PRIMEIRA VEZ NO BRASIL, O GRUPO ESTÁ EM CRICIÚMA SE APRESENTANDO NA 31ª FESTA DAS ETNIAS. Veja agora um breve
ABERTA 31ª FESTA  DAS ETNIAS DE CRICIÚMA/SC – Nesse evento há uma união das culturas e costumes de diferentes povos.

ABERTA 31ª FESTA DAS ETNIAS DE CRICIÚMA/SC – Nesse evento há uma união das culturas e costumes de diferentes povos.

ENTRE 10 E 15 DESTE MÊS, 7 DOS POVOS COLONIZADORES PROMOVEM A CONFRATERNIZAÇÃO DAS FAMÍLIAS CRICIUMENSES E A COMUNIDADE NO
NOVO CONGRESSO PROTAGONISTA OPTOU POR AJUDAR NA REVOLUÇÃO SEM TIROS – As melhores revoluções da História foram as feitas por ideias e entendimentos.

NOVO CONGRESSO PROTAGONISTA OPTOU POR AJUDAR NA REVOLUÇÃO SEM TIROS – As melhores revoluções da História foram as feitas por ideias e entendimentos.

O CONGRESSO VIU QUE ERA MELHOR SER PROTAGONISTA QUE ANTAGONISTA E VIROU PARCEIRO DAS REFORMAS. EDITORIAL Exceto alguns mercadores de ilusões, o
SE ALGUÉM SÓ RECEBE APLAUSOS É PORQUE JOGA SÓ PARA A PLATEIA – Toda vez que ralham com a gente capitalizamos uma quota a mais de fama.

SE ALGUÉM SÓ RECEBE APLAUSOS É PORQUE JOGA SÓ PARA A PLATEIA – Toda vez que ralham com a gente capitalizamos uma quota a mais de fama.

"QUEM PRECISA CONSERTAR CORRETAMENTE AS COISAS MEXE COM PRIVILÉGIOS, PERSPECTIVAS DE PODER, INTERESSES E VAIDADES". Este Post não é informe publicitário,
CURIOSIDADES POLÍTICAS DO SUL – Prefeitos lendários ou folclóricos e estratégias infalíveis de cabos eleitorais.

CURIOSIDADES POLÍTICAS DO SUL – Prefeitos lendários ou folclóricos e estratégias infalíveis de cabos eleitorais.

  ANTOLÓGICOS PREFEITOS DE LAGES/SC VIRARAM REFERÊNCIAS EM HABILIDADE POLÍTICA E EM ORIGINALIDADE PARA ADMINISTRAR. O PODER DA DENTADURA E DO CAIXÃO...
ANÁLISE DOS PRESIDENTES DOS ÚLTIMOS 50 ANOS E SEUS PLANOS – Governos da prosperidade e Governos das décadas perdidas e altos e baixos/desde Vargas.

ANÁLISE DOS PRESIDENTES DOS ÚLTIMOS 50 ANOS E SEUS PLANOS – Governos da prosperidade e Governos das décadas perdidas e altos e baixos/desde Vargas.

De Vargas aos dias atuais, uns grupos promoveram saltos no Brasil e outros desperdiçaram os avanços e saíram do Poder
PERSONALIDADES E CELEBRIDADES QUE MERECERIAM VIVER MAIS DE UM SÉCULO -Há pessoas tão iluminadas que só nascem de 100 em 100 anos.

PERSONALIDADES E CELEBRIDADES QUE MERECERIAM VIVER MAIS DE UM SÉCULO -Há pessoas tão iluminadas que só nascem de 100 em 100 anos.

ALGUMAS DELAS: SINATRA, SENNA, EVITA, PAULO-II, KENNEDY, CHICO ANYSIO E MAIS RECENTEMENTE RICARDO BOECHAT. ESTES SÃO ALGUNS DOS IRRETOCÁVEIS. Estão entre
ESTE POST NÃO TEM A PRETENSÃO DE DOUTRINAR, É APENAS NOSSA ANÁLISE DIANTE DA NATUREZA – Veja algumas evidências de que algo supremo existe.

ESTE POST NÃO TEM A PRETENSÃO DE DOUTRINAR, É APENAS NOSSA ANÁLISE DIANTE DA NATUREZA – Veja algumas evidências de que algo supremo existe.

FENÔMENOS, EVENTOS E TAMBÉM RESPOSTAS SEVERAS A QUEM OUSA DESAFIÁ-LO OU DESPREZÁ-LO. REFLEXÕES DO SITE Há fenômenos e eventos que regem sua

UM DESAFIO DA ENGENHARIA À NATUREZA – A construção da estrada da Serra do Rio do Rastro uma das maravilhas feitas pelo homem.


Serra do rio do rastro
Esta postagem foi publicada em 9 de outubro de 2018 Destaques 5, Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo, Política.

NOS TEMPOS DAS TROPEADAS O SERRANO LEVAVA CHARQUE E COURO PELA TRILHA DE CHÃO BATIDO E TRAZIA SAL, AÇÚCAR, FARINHA E HORTIGRANJEIROS NO LOMBO DE MULAS.

 

Veja acima o esplendor da natureza.

 

Veja abaixo a obra eu à noite é iluminada:

serra rio do rastro

 

serra-a-noite.jpg.

serra rio do rastro

 

Mapa-Serra

As obras da Serra do Rio do Rastro foram um desafio da engenharia à natureza. Nos velhos tempos, tropeiros levavam charque e traziam, especialmente, sal, açúcar e farinha. Alguns produtos da lavoura eram os preferidos, entre eles, o milho verde, batata e aipim. Na Serra, devido ao frio,  não era tradição plantar milho e feijão. Coisas da cultura da época. Hoje a região é um celeiro de grãos.

Histórias da Serra do Rio do do Rastro

Conta um amigo meu, cujo pai foi tropeiro nos tempos das mulas, levava charque ao Sul do Estado. Trazia os mantimentos como: sal, açúcar, café, farinha e outros. Certa vez vendeu toda a carga de charque. No último armazém entregou as últimas mantas de charque. Mas não é que  se esqueceu  do presente da namorada: uma manta de charque. Ao perceber que entregara toda a carga, resolveu comprar a manta para a namorada. O comerciante cobrou o dobro do preço. Ao reclamar da careza, o bodegueiro explicou: agora já movimentou a mercadoria. Gerou esse tal de ICMS. Acabou pagando quase a metade do valor da venda por um pedaço apenas.

Outra história interessante foi a de um lageano que estava num ônibus da Nevatur que perdeu os freios. O sujeito era muito de voto de São Jorge. Portava  um quadro do santo a cavalo debaixo do braço. Numa daquelas o ônibus perdeu os freios e desceu batendo pelos barrancas. Parou quase pendurado na montanha. Logo que o ônibus disparou ele havia gritado por socorro: valha-me São Jorge! O pessoal olhou e estava só o cavalo no quadro. O São Jorge havia pulado na primeira curva.

Outra história interessante é a do avô do Joaquim Goulat Jr. Numa das corvas dos tempos das tropas de mulas, havia uma pedra que colocava em risco as tropas e as cargas. Durante três dias eles fizeram fogo na pedra, aqueceram água e jogaram até trincá-la. Foi assim que desbravaram os primeiro caminhos.

Até o João Cardoso, ex-vice-prefeito de Lages e atual juiz aposentado, disse que na época das tropas as estradas eram traçadas com ajuda de um burro. Largavam o bicho moro acima e iam abrindo a picada a facão. Isto é, o engenheiro da época era um burro. Mas o João garante que não mudou muito.

Hoje a serventia da Serra é bem diferente. É ponto de contemplação por milhares de pessoas.

Veja mais no link abaixo, um vídeo de que compartilhamos.


437 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-