Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Anunciar Empresa
AS CRIAÇÕES DO IMAGINÁRIO POPULAR: LENDAS DO SUL: Negrinho do Pastoreio, Boitatá, Salamanca do Jarau e São Sepé.

AS CRIAÇÕES DO IMAGINÁRIO POPULAR: LENDAS DO SUL: Negrinho do Pastoreio, Boitatá, Salamanca do Jarau e São Sepé.

RESUMO DAS PRINCIPAIS LENDAS DO FOLCLORE DO SUL, INCLUINDO O GUERREIRO ÍNDIO GUARANI SEPÉ TIARAJU. Uma das proezas do guerreiro índio
EL`DIVINO HAMBURGUERIA – Está chegando o fim de semana, a sugestão é conviver lá com a família e os amigos.

EL`DIVINO HAMBURGUERIA – Está chegando o fim de semana, a sugestão é conviver lá com a família e os amigos.

HÁ CADA MÊS HÁ UMA NOVIDADE PARA A GALERA CURTIR A FOLGA DA SEMANA. ............ Que tal saborear um Xisão que vale
GRUPO DE DANÇA DE LAGES/SC VAI BRILHAR NO CARNAVAL DE JOAÇABA – Os jovens talentos formarão a Ala Show coreógrafa numa das escolas.

GRUPO DE DANÇA DE LAGES/SC VAI BRILHAR NO CARNAVAL DE JOAÇABA – Os jovens talentos formarão a Ala Show coreógrafa numa das escolas.

O CARNAVAL DE JOAÇABA/SC É CONSIDERADO O 3º MAIOR DO BRASIL E ESTE ANO A ESCOLA GRANDE VALE QUER SER
OS VERBOS INOVAR, REDESENHAR, REPAGINAR E REPOSICIONAR SUGEREM REVOLUÇÃO INDUSTRIAL 4.0 –  E essa revolução também chegou às pessoas. Portanto, não perca a palestra “PESSOAS QUATRO.ZERO”, na ACIL.
O PROFISSIONAL CERTO NO LUGAR CERTO – Walter Manfrói nomeado Secretário Executivo da Amures.

O PROFISSIONAL CERTO NO LUGAR CERTO – Walter Manfrói nomeado Secretário Executivo da Amures.

É INEGÁVEL QUE 50% DO SUCESSO DA AMURES DEPENDE DA HABILIDADE DO SEU SECRETÁRIO EXECUTIVO. Hoje, somando-se as atuações do Secretário,
NÃO AOS GASTOS PÚBLICOS COM O CARNAVAL – MP vem recomendando aos municípios que evitem repassar dinheiro à folia.

NÃO AOS GASTOS PÚBLICOS COM O CARNAVAL – MP vem recomendando aos municípios que evitem repassar dinheiro à folia.

A PREFEITURA DE LAGES/SC RECEBEU NOTIFICAÇÃO RECOMENDATÓRIA NESTE SENTIDO. Nesta semana o Ministério Público de Contas (MPC/SC) emitiu uma notificação recomendatória
CAUSOS DO ERON PORTAL – Namorado enfrenta onça pra encantar futuro sogro e Prefeito confunde estátua do Neguinho do Pastoreio com a de um menor carente.

CAUSOS DO ERON PORTAL – Namorado enfrenta onça pra encantar futuro sogro e Prefeito confunde estátua do Neguinho do Pastoreio com a de um menor carente.

DUAS HISTÓRIAS DE FAZER VOCÊ DAR GAITADAS DE RISO. INCRÍVEIS QUE ATÉ PARECEM MENTIRAS. Veja o gaúcho que mostrou valentia ao
RESGATE HISTÓRICO E ROMÂNTICO DAS FERROVIAS – E a importância do trem numa infraestrutura de trasportes.

RESGATE HISTÓRICO E ROMÂNTICO DAS FERROVIAS – E a importância do trem numa infraestrutura de trasportes.

O ÚNICO ERRO DO PLANO 50 EM 5 DE JK FOI NÃO CONSOLIDAR LOGO O SISTEMA FERROVIÁRIO. TERIA SIDO PERFEITO. Seria

UM DESAFIO DA ENGENHARIA À NATUREZA – A construção da estrada da Serra do Rio do Rastro uma das maravilhas feitas pelo homem.


Serra do rio do rastro
Esta postagem foi publicada em 9 de outubro de 2018 Destaques 5, Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo, Política.

NOS TEMPOS DAS TROPEADAS O SERRANO LEVAVA CHARQUE E COURO PELA TRILHA DE CHÃO BATIDO E TRAZIA SAL, AÇÚCAR, FARINHA E HORTIGRANJEIROS NO LOMBO DE MULAS.

 

Veja acima o esplendor da natureza.

 

Veja abaixo a obra eu à noite é iluminada:

n1

serra-a-noite.jpg.

serra rio do rastro

 

Mapa-Serra

As obras da Serra do Rio do Rastro foram um desafio da engenharia à natureza. Nos velhos tempos, tropeiros levavam charque e traziam, especialmente, sal, açúcar e farinha. Alguns produtos da lavoura eram os preferidos, entre eles, o milho verde, batata e aipim. Na Serra, devido ao frio,  não era tradição plantar milho e feijão. Coisas da cultura da época. Hoje a região é um celeiro de grãos.

Histórias da Serra do Rio do do Rastro

Conta um amigo meu, cujo pai foi tropeiro nos tempos das mulas, levava charque ao Sul do Estado. Trazia os mantimentos como: sal, açúcar, café, farinha e outros. Certa vez vendeu toda a carga de charque. No último armazém entregou as últimas mantas de charque. Mas não é que  se esqueceu  do presente da namorada: uma manta de charque. Ao perceber que entregara toda a carga, resolveu comprar a manta para a namorada. O comerciante cobrou o dobro do preço. Ao reclamar da careza, o bodegueiro explicou: agora já movimentou a mercadoria. Gerou esse tal de ICMS. Acabou pagando quase a metade do valor da venda por um pedaço apenas.

Outra história interessante foi a de um lageano que estava num ônibus da Nevatur que perdeu os freios. O sujeito era muito de voto de São Jorge. Portava  um quadro do santo a cavalo debaixo do braço. Numa daquelas o ônibus perdeu os freios e desceu batendo pelos barrancas. Parou quase pendurado na montanha. Logo que o ônibus disparou ele havia gritado por socorro: valha-me São Jorge! O pessoal olhou e estava só o cavalo no quadro. O São Jorge havia pulado na primeira curva.

Outra história interessante é a do avô do Joaquim Goulat Jr. Numa das corvas dos tempos das tropas de mulas, havia uma pedra que colocava em risco as tropas e as cargas. Durante três dias eles fizeram fogo na pedra, aqueceram água e jogaram até trincá-la. Foi assim que desbravaram os primeiro caminhos.

Até o João Cardoso, ex-vice-prefeito de Lages e atual juiz aposentado, disse que na época das tropas as estradas eram traçadas com ajuda de um burro. Largavam o bicho moro acima e iam abrindo a picada a facão. Isto é, o engenheiro da época era um burro. Mas o João garante que não mudou muito.

Hoje a serventia da Serra é bem diferente. É ponto de contemplação por milhares de pessoas.

Veja mais no link abaixo, um vídeo de que compartilhamos.


263 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-