CORRIDA ARMAMENTISTA CONTRA O VÍRUS – Nova “Gerra Fria” entre superpotências será em busca de armas contra pandemias.

CORRIDA ARMAMENTISTA CONTRA O VÍRUS – Nova “Gerra Fria” entre superpotências será em busca de armas contra pandemias.

A DISPUTA PARA DEMONSTRAÇÃO DE FORÇA, AGORA, SERÁ EM BUSCA DE UMA VACINA CONTRA O CORONAVÍRUS.

Já fomos à Lua e mandamos sondas para Marte mas ainda estamos às voltas para nos proteger de um vírus.

 

Editorial

A “GUERRA FRIA” DO NOVO MILÊNIO

É bem provável que a disputa entre as grandes potências, agora, seja pela vacina, o mais eficazmente possível, contra o Coronavírus.

Estados Unidos, China e Rússia, por exemplo, deverão se aprofundar em estudos para garantir uma prevenção segura contra as novas doenças epidêmicas do Milênio, a começar pelo Covid-19.

Certamente virão novas ondas por aí.

Então, encontrar defesa, repensar a reorganizar a civilização e investir no ser humano vai ser uma prioridade.

Pobreza, miséria, falta d’água tratada, de saneamento e de moradia serão setores apropriados para a aplicação do dinheiro que está sobrando no mundo.

Estima-se em mais de U$ 1,5 trilhão que está debaixo do colchão, com remuneração zero ou negativa, por falta de opção mais segura e justificável para aplicação.

Logo quem chegar antes a algo com efeito letal contra vírus perigosos vai ganhar dinheiro e, consequentemente,  reunir forças, até para determinar o equilíbrio no concerto das nações.

Mais uma vez, Estados Unidos deverão vencer a corrida.

Aí não se precisará mais de polícias do  mundo e sim virão os protetores de almas vivas para demonstrar poder e conquistar corações e mentes.

Quanto ao ser humano do pós pandemia, uma coisa já é certa: vem aí uma nova ordem, com muita gente cada vez melhor e cada vez mais solidária.

É que o ser humano percebeu que é simplesmente frágil e que precisa voar em dois ou mais.

Onde controla assessorias.
Texto: Eron J Silva.