Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Anunciar Empresa
CANCHA DE ARREMATES DE CORREIA PINTO SERÁ CONCLUÍDA – Governo do Estado libera recursos ao Parque da Cidade.

CANCHA DE ARREMATES DE CORREIA PINTO SERÁ CONCLUÍDA – Governo do Estado libera recursos ao Parque da Cidade.

CONVÊNIO FOI ASSINADO COM A ADR DE LAGES E PRODUTORES COMEMORAM AVANÇO. Com a assinatura de convênio entre o Governo do
VEREADOR SUGERE UMA FÁBRICA NO PRESÍDIO – Contou com a unanimidade dos colegas e vai ter apoio também na ALESC.

VEREADOR SUGERE UMA FÁBRICA NO PRESÍDIO – Contou com a unanimidade dos colegas e vai ter apoio também na ALESC.

OUTRA IDEIA POSITIVA DO VEREADOR OSNI FREITAS BUGRE FOI A DA CRIAÇÃO DE UMA UNIDADE DO CEASA EM LAGES.   https://www.youtube.com/watch?v=_c_6otBaWqs&feature=youtu.be ESSA IDEIA
UM DEPUTADO BEM SUCEDIDO NAS URNAS – Vereador Bugre/PDT mostrou força a seu deputado.

UM DEPUTADO BEM SUCEDIDO NAS URNAS – Vereador Bugre/PDT mostrou força a seu deputado.

A SERRA CATARINENSE É A REGIÃO DE BAIXA DENSIDADE ELEITORAL, AS MAIORES DISTÂNCIAS E ONDE FALTA ATÉ INFORMAÇÃO SOBRE A
EX-PREFEITA DE BOMBINHAS VIRA DEPUTADA – Líderes do PDT de Lages agora tem sua representante na ALESC.

EX-PREFEITA DE BOMBINHAS VIRA DEPUTADA – Líderes do PDT de Lages agora tem sua representante na ALESC.

DESTA VEZ O PDT DA SERRA TEVE EM QUEM VOTAR PARA DEPUTADA ESTADUAL: ANA PAULA DA SILVA. Atendendo a pedidos de
COLUNA ERON J SILVA – Nomes da Equipe de Transição do governador eleito Comandante Moisés.

COLUNA ERON J SILVA – Nomes da Equipe de Transição do governador eleito Comandante Moisés.

JÁ TEM O PERFIL DO NOVO COLEGIADO: UMA EQUIPE  ALTAMENTE TÉCNICA E SEM VINCULAÇÃO POLÍTICO PARTIDÁRIA. "Como não fiz coligação, meu
MAGIAS NATURAIS DE SANTA CATARINA – Se Deus demorou 7 dias para fazer o mundo deve ter gasto um só para fazer a Serra Catarinense e a Gaúcha.

MAGIAS NATURAIS DE SANTA CATARINA – Se Deus demorou 7 dias para fazer o mundo deve ter gasto um só para fazer a Serra Catarinense e a Gaúcha.

VEJA IMAGENS MÁGICAS NOS VÍDEOS DESTA REPORTAGEM E NA GASTRONOMIA TÍPICA DO SUL. Sempre tenho dito que se Deus demorou sete
VIOLÊNCIA E MORTE NO FUTEBOL – A incoerência do esporte de massa que daqui um pouco não terá massa nos estádios.

VIOLÊNCIA E MORTE NO FUTEBOL – A incoerência do esporte de massa que daqui um pouco não terá massa nos estádios.

MAIS UM FIM DE SEMANA COM MORTE E FERIDOS EM VOLTA DOS ESTÁDIOS NO RJ. REFLEXO DA VIOLÊNCIA CRESCENTE DO
REVELAÇÃO DE NOVOS TALENTOS – Em tempos de tanta violência também há quem estimule a sensibilidade humana!

REVELAÇÃO DE NOVOS TALENTOS – Em tempos de tanta violência também há quem estimule a sensibilidade humana!

LAGES/SERRA CATARINENSE - O CONSERVATÓRIO DE MÚSICA VANDERLEI XAVIER É UM NINHO DE NOVOS E TALENTOSOS ARTISTAS E TAMBÉM DE

CONDOMÍNIO PONTE GRANDE – Entrega beneficia cerca de 200 famílias


Esta postagem foi publicada em 16 de maio de 2018 Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo.

CONDOMÍNIO COMEÇA A SER HABITADO EM JUNHO

Na noite desta quarta, 16, a Prefeitura, através da Secretariai de Assistência Social e Habitação e a CEF, realizou o sorteio e a escolha das casas do Condomínio Ponte Granate. Estão sendo beneficiadas cerca de 200 famílias, a  maioria que foram atingidas pelas obras do Complexo Ponte Grande.

Inicialmente, foram chamadas as famílias com pessoas portadoras de necessidades especiais. Em seguida, as famílias com idosos. Depois os demais, inclusive selecionados de outros municípios, comprovadamente necessitados.

As casas começarão a ser habitadas em junho. Antes disso, cada família fara uma vistoria à unidade escolhida e daí assinatura o contrato que será registrado em cartório valendo como escritura. Durante 10 anos o morador terá de permanecer no imóvel. após isso fica dono podendo fazer o que bem entender com o mesmo.

O condomínio terá um síndico, acesso asfaltado, saneamento com tratamento total, aquecimento solar, ruas com pavimento primário e instalação de água, luz e telefone.

Mais detalhes no conteúdo abaixo, disponibilizado pela Prefeitura.

ANEXO

Obras de saneamento

 Até o mês que vem ficará pronto o saneamento básico do Condomínio Ponte Grande. O cronograma estabelecido, em comum acordo com todos os agentes responsáveis pelos serviços, está em dia nos 90 dias combinados.
Os técnicos já estão com as obras de pavimentação dos primeiros 1.600 metros de pista da Avenida Ponte Grande.

Na quarta-feira (7 de março) foi realizada uma reunião envolvendo todas as secretarias municipais que atuam nas obras do Complexo Ponte Grande, incluindo técnicos e diretores da Caixa Econômica Federal (CEF), órgão financiador dos serviços de infraestrutura.

De acordo com o secretário municipal de Planejamento e Obras, Claiton Bortoluzzi, na pauta do encontro esteve a conclusão do conjunto de obras do Condomínio Ponte Grande, resolução de pendências contratuais de projetos e definições de trabalho entre a Caixa Econômica e o Ministério das Cidades. “Nesta reunião estabelecemos um cronograma, em que as empresas contratadas se comprometeram em cumprir os prazos estabelecidos”, enfatizou.

Na quinta (8 de março) foram retomadas as obras de saneamento do Complexo Ponte Grande. “Com essa ação, teremos condições de tocar outros serviços de infraestrutura da nova avenida e também de entregar para as famílias, de forma definitiva, o Condomínio Ponte Grande”, explicou o secretário.

No cronograma estabelecido, em comum acordo com todos os agentes responsáveis pelos serviços, ficou definido que em 90 dias as casas do Condomínio deverão ser entregues juntamente a todas as obras necessárias para que o local possa ser habitado.

Reuniões de planejamento

Outro assunto que foi abordado é em relação ao acompanhamento, a cada 15 dias, da evolução dos serviços do Complexo Ponte Grande. As secretarias de Planejamento e Obras, Assistência Social e Habitação e Semasa, juntamente aos demais órgãos envolvidos, se reunirão com o propósito de monitorar o cronograma de serviços executado pelas empreiteiras responsáveis.

Pavimentação dos primeiros 1.600 metros de pista

Os técnicos já estão trabalhando no planejamento e projetos de pavimentação de 1.600 metros de pista da Avenida Ponte Grande. Este trecho irá compreender do Condomínio Ponte Grande até a Avenida Castelo Branco.

ANEXO

Entre 200 famílias, mãe e filha são as primeiras sorteadas para escolherem residências do Complex

Felizes da vida, na noite desta quarta-feira (16 de maio), no Teatro Marajoara, Nadir Alves dos Santos, de 66 anos, acompanhada pela filha Daniela Alves dos Santos, 31 anos, foram às primeiras famílias sorteadas pela Caixa Econômica Federal para escolherem suas residências no Complexo Ponte Grande. “De forma estratégica, levamos em consideração dois aspectos fundamentais para o nosso bem-estar: decidimos ser vizinhas para que possamos cuidar uma da outra e também optamos por casas distante dos trilhos por causa do barulho”, explica Daniela.

Com este mesmo pensamento e visivelmente sorridentes, Maria Aparecida de Oliveira, de 56 anos e Adão de Oliveira, de 75 anos, já tinham convicção da casa que iriam escolher. “Estivemos visitando o empreendimento um dia antes. Gostamos do que vimos lá. Este é um momento muito especial para nós”, destaca Adão.

Segundo o secretário de Assistência Social e Habitação, Samuel Ramos, é compreensível a ansiedade e cobrança pela obra devido ao tempo de construção. “Nem tudo aconteceu como esperávamos, mas a partir de agora, não haverá mais prorrogações. Todas as residências serão entregues nas melhores condições de moradia”, enfatiza Samuel. Por sua vez, Juliana Sardá, coordenadora da gerência de habitação da Caixa, explicou quais serão os procedimentos daqui em diante. “Pessoas com deficiência e idosos tiveram prioridade de escolha. As famílias terão o contrato válido por dez anos. O próprio contrato é considerado como escritura do imóvel. Após a vistoria individual, haverá reunião com as famílias, assinatura dos contratos, assembleia de eleição do síndico, solenidade de entrega das chaves e mudança dos beneficiários”, esclarece. De acordo com a gerente de engenharia da construtora responsável pelo empreendimento, Carla Taynara, as famílias serão encarregadas pelo pedido de ligação de energia elétrica, água e colocação de gás e chuveiro elétrico. “No empreendimento terá sistema de aquecimento solar e estação de tratamento de esgoto. As obras do Complexo custaram em torno de R$ 12 milhões. São cinco ruas dentro do empreendimento, com acesso único”, comenta.

 

 


51 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-