Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Anunciar Empresa
O MUNDO ESTÁ CHEIO DE TALENTOS EM TODAS AS ÁREAS – Mas poucos fazem a diferença e potencializam efeitos.

O MUNDO ESTÁ CHEIO DE TALENTOS EM TODAS AS ÁREAS – Mas poucos fazem a diferença e potencializam efeitos.

Na vida pública é bem assim. Toda eleição nós elegemos gente nas três instâncias de poder, mas poucos fazem história.
REFORMA TRIBUTÁRIA SERÁ MAIS OU TÃO IMPORTANTE QUANTO À DA PREVIDÊNCIA – Os efeitos da Tributária serão imediatos e os da Previdência no longo prazo.

REFORMA TRIBUTÁRIA SERÁ MAIS OU TÃO IMPORTANTE QUANTO À DA PREVIDÊNCIA – Os efeitos da Tributária serão imediatos e os da Previdência no longo prazo.

Se a Reforma da Previdência já está impactando nos mercados, imagina somada com os efeitos imediatos da reforma Tributária! Com a
ESTA SEMANA CRICIÚMA/SC DÁ A LARGADA NAS COMEMORAÇÕES DOS 140 ANOS – Prefeitura e Fundação Cultural vão desenvolver seis meses de programação.

ESTA SEMANA CRICIÚMA/SC DÁ A LARGADA NAS COMEMORAÇÕES DOS 140 ANOS – Prefeitura e Fundação Cultural vão desenvolver seis meses de programação.

A largada será nesta terça, 16, na Rádio Som Maior, programa Adelor Lessa, às 7:30h. Dia de Criciúma: 06 de janeiro. Serão
UDN ESTADUAL COMEÇA A ANUNCIAR EXECUTIVAS MUNICIPAIS EM SC – Aqui no Estado o partido começou forte no Sul. De lá é o Presidente Estadual do partido.

UDN ESTADUAL COMEÇA A ANUNCIAR EXECUTIVAS MUNICIPAIS EM SC – Aqui no Estado o partido começou forte no Sul. De lá é o Presidente Estadual do partido.

Recentemente a UDN realizou um encontro histórico em Criciúma. Reuniu representantes de 42 municípios da AMESC, AMREC e AMUREL. O evento
É URGENTE A REDUÇÃO DE GASTOS DA UNIÃO COM SERVIDORES E EQUACIONAR A PREVIDÊNCIA E AS CONTAS DE ESTADOS E MUNICÍPIOS – Para equilibrar a máquina do Estado é preciso gastar melhor o dinheiro e cortar o funcionalismo ineficiente.

É URGENTE A REDUÇÃO DE GASTOS DA UNIÃO COM SERVIDORES E EQUACIONAR A PREVIDÊNCIA E AS CONTAS DE ESTADOS E MUNICÍPIOS – Para equilibrar a máquina do Estado é preciso gastar melhor o dinheiro e cortar o funcionalismo ineficiente.

A Reforma Administrativa será tão polêmica e complicada quanto à da Previdência. A oposição certamente vai querer manter privilégios e os quadros
NOSSA MISÉRIA E A NOSSA IGNORÂNCIA TEM ORIGEM – No modelo e na filosofia da colonização que recebemos.

NOSSA MISÉRIA E A NOSSA IGNORÂNCIA TEM ORIGEM – No modelo e na filosofia da colonização que recebemos.

"MEDE-SE A MISÉRIA E A IGNORÂNCIA DE UM POVO PELO TAMANHO DA TORRE DA IGREJA"/GANDHI. Há quem diga que a diferença
OPOSIÇÃO RODARIA NUMA PROVA SOBRE ARRECADAÇÃO – Derrapou feio na tranquila pista do número mágico do trilhão: entendeu como receita.

OPOSIÇÃO RODARIA NUMA PROVA SOBRE ARRECADAÇÃO – Derrapou feio na tranquila pista do número mágico do trilhão: entendeu como receita.

Reforma não será fonte de receita e sim uma fórmula para não entrar no limite do cheque ou do cartão
BEM HUMORADAS DO PORTAL SOBRE AS VOTAÇÕES DA PREVIDÊNCIA – Do imortal Ulysses: “estamos quase roucos de tanto ouvir discursos”. Aqui do Portal: já estamos roucos de tanto ouvir discursos doidos da oposição!

COMENTÁRIO DO ERON – REFORMA POLÍTICA e o Poder do Norte – Nordeste


Eron J Silva.
Esta postagem foi publicada em 28 de agosto de 2017 Administração, Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo, Política.

Dificilmente irá mudar alguma coisa no Brasil enquanto o Norte – Nordeste estiver dando as cartas no Legislativo. Com o atual sistema eleitoral os Estados do Norte, do Nordeste e quase sempre com o apoio do Centro Oeste, estão em vantagem. Há um desequilíbrio de forças que favorece lá pra cima.

Com um terço da população, essas três regiões vencem tudo no Congresso quando fecham questão. Para início de análise é só observar que o Estado de São Paulo, com mais de 30 milhões de habitantes, tem três senadores, mesmo número de Roraima, com uma das menores populações do País.

Na câmara dos Deputados é praticamente a mesma coisa. Os deputados do Sudeste e do Sul, onde está a maioria da população brasileira, tem menos força que os parlamentares de outras regiões somados, tendo em vista o maior número de Estados.

A saída para corrigir a distorção seria estabelecer um peso maior aos deputados do Sul-Sudeste. Ou criar novos estados aqui pra baixo. Mas será difícil isso acontecer porque o pessoal lá de cima barra através do voto.

Portanto, a questão prioritária não é a forma de eleger parlamentares, Fundo partidário de R$ 3,5 bilhões e cláusulas de barreira. Nem Distritão, Sistema Misto ou como está. A questão mais importante é uma representação política regional mais coerente com a questão demográfica.


237 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-