Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Anunciar Empresa
CONHEÇA UM FENÔMENO INTERNACIONAL EM FOLCLORE E ARTES POPULARES – Um espetáculo em coreografia, visual, ritmo, técnica e vigor físico.

CONHEÇA UM FENÔMENO INTERNACIONAL EM FOLCLORE E ARTES POPULARES – Um espetáculo em coreografia, visual, ritmo, técnica e vigor físico.

PELA PRIMEIRA VEZ NO BRASIL, O GRUPO ESTÁ EM CRICIÚMA SE APRESENTANDO NA 31ª FESTA DAS ETNIAS. Veja agora um breve
ABERTA 31ª FESTA  DAS ETNIAS DE CRICIÚMA/SC – Nesse evento há uma união das culturas e costumes de diferentes povos.

ABERTA 31ª FESTA DAS ETNIAS DE CRICIÚMA/SC – Nesse evento há uma união das culturas e costumes de diferentes povos.

ENTRE 10 E 15 DESTE MÊS, 7 DOS POVOS COLONIZADORES PROMOVEM A CONFRATERNIZAÇÃO DAS FAMÍLIAS CRICIUMENSES E A COMUNIDADE NO
NOVO CONGRESSO PROTAGONISTA OPTOU POR AJUDAR NA REVOLUÇÃO SEM TIROS – As melhores revoluções da História foram as feitas por ideias e entendimentos.

NOVO CONGRESSO PROTAGONISTA OPTOU POR AJUDAR NA REVOLUÇÃO SEM TIROS – As melhores revoluções da História foram as feitas por ideias e entendimentos.

O CONGRESSO VIU QUE ERA MELHOR SER PROTAGONISTA QUE ANTAGONISTA E VIROU PARCEIRO DAS REFORMAS. EDITORIAL Exceto alguns mercadores de ilusões, o
SE ALGUÉM SÓ RECEBE APLAUSOS É PORQUE JOGA SÓ PARA A PLATEIA – Toda vez que ralham com a gente capitalizamos uma quota a mais de fama.

SE ALGUÉM SÓ RECEBE APLAUSOS É PORQUE JOGA SÓ PARA A PLATEIA – Toda vez que ralham com a gente capitalizamos uma quota a mais de fama.

"QUEM PRECISA CONSERTAR CORRETAMENTE AS COISAS MEXE COM PRIVILÉGIOS, PERSPECTIVAS DE PODER, INTERESSES E VAIDADES". Este Post não é informe publicitário,
CURIOSIDADES POLÍTICAS DO SUL – Prefeitos lendários ou folclóricos e estratégias infalíveis de cabos eleitorais.

CURIOSIDADES POLÍTICAS DO SUL – Prefeitos lendários ou folclóricos e estratégias infalíveis de cabos eleitorais.

  ANTOLÓGICOS PREFEITOS DE LAGES/SC VIRARAM REFERÊNCIAS EM HABILIDADE POLÍTICA E EM ORIGINALIDADE PARA ADMINISTRAR. O PODER DA DENTADURA E DO CAIXÃO...
ANÁLISE DOS PRESIDENTES DOS ÚLTIMOS 50 ANOS E SEUS PLANOS – Governos da prosperidade e Governos das décadas perdidas e altos e baixos/desde Vargas.

ANÁLISE DOS PRESIDENTES DOS ÚLTIMOS 50 ANOS E SEUS PLANOS – Governos da prosperidade e Governos das décadas perdidas e altos e baixos/desde Vargas.

De Vargas aos dias atuais, uns grupos promoveram saltos no Brasil e outros desperdiçaram os avanços e saíram do Poder
PERSONALIDADES E CELEBRIDADES QUE MERECERIAM VIVER MAIS DE UM SÉCULO -Há pessoas tão iluminadas que só nascem de 100 em 100 anos.

PERSONALIDADES E CELEBRIDADES QUE MERECERIAM VIVER MAIS DE UM SÉCULO -Há pessoas tão iluminadas que só nascem de 100 em 100 anos.

ALGUMAS DELAS: SINATRA, SENNA, EVITA, PAULO-II, KENNEDY, CHICO ANYSIO E MAIS RECENTEMENTE RICARDO BOECHAT. ESTES SÃO ALGUNS DOS IRRETOCÁVEIS. Estão entre
ESTE POST NÃO TEM A PRETENSÃO DE DOUTRINAR, É APENAS NOSSA ANÁLISE DIANTE DA NATUREZA – Veja algumas evidências de que algo supremo existe.

ESTE POST NÃO TEM A PRETENSÃO DE DOUTRINAR, É APENAS NOSSA ANÁLISE DIANTE DA NATUREZA – Veja algumas evidências de que algo supremo existe.

FENÔMENOS, EVENTOS E TAMBÉM RESPOSTAS SEVERAS A QUEM OUSA DESAFIÁ-LO OU DESPREZÁ-LO. REFLEXÕES DO SITE Há fenômenos e eventos que regem sua

COLUNA ERON J SILVA DA SEMANA – Destaque: Aeroporto da Serra Catarinense precisa ser inaugurado logo senão vira elefante branco.


aerporto
Esta postagem foi publicada em 24 de janeiro de 2019 Coluna Eron J. Silva, Destaques 1, Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo, Política.

SUGESTÃO: REPRESENTAÇÃO POLÍTICA PRESSIONAR O GOVERNO DO ESTADO.

Para que o Aeroporto Regional do Planalto não vire um elefante branco e mais prejuízos, os novos eleitos bem que poderiam agir logo. A deputada Carmem Zanotto já está falando em lutar por equipamentos. Mas, os novos senadores, Esperidião Amin e Jorginho Melo, também podem entrar no circuito via emendas da bancada federal já no Orçamento da União. E o deputado Március Machado deveria interceder junto à Secretaria de Infraestrutura – à qual o aeroporto está ligado – e apressar seu funcionamento. O aeroporto já está praticamente pronto, a pista em fase de homologação, a Infraero já assumiu a gestão, o acesso e a rede já estão prontos, o Corpo de Bombeiros até já faz treinos e estão chegando empresas que precisarão de transporte. A demanda virá assim que o mesmo estiver funcionando. O que não dá é para continuar o desperdício com uma obra de cerca de R$ 30 milhões se deteriorando. O Governo do Estado é que deve agir.

Foto 1 (2)

Lei repara uma injustiça histórica

Com a urbanização do Brasil após os anos 50 as cidades ganharam força política devido à concentração de votos. Com isso, a Agricultura, que no passado fez este país e é a âncora verde do Real foi ficando para trás. A prioridade ao campo é quase só discurso. Enquanto o habitante urbano ganha rua, calçadas, praças, escolas e até melhorias dentro de casa de graça, o do campo tem de carregar a produção nas paletas da casa até a estrada geral: o Município não podia abrir estrada após a porteira porque significava serviço particular.

A partir do ano passado uma lei aprovada na Câmara de Lages corrigiu esse equívoco. O projeto “Porteira a Dentro” possibilitou que a administração municipal abrisse ou melhorasse a estrada até a sede da propriedade. Agora o produtor de leite e de hortifrutigranjeiros não precisa mais carregar a produção nos ombros ou de carrinho de mão a até o caminhão.

Em novembro e dezembro/18 o prefeito Antônio Ceron vistoriou as obras desse projeto que melhorou mais de 2 mil km de estradas. Só na Entrada do Campo e adjacências (foto) foram mais de 100 produtores beneficiados. É como diz o diretor administrativo da Secretaria da Agricultura, o Polaco: “Se o agricultor não planta o homem da cidade não janta.”

Foto 3 (1)

“Colegiado e comissionados devem ser do quadro”

O vereador David Moro tem uma solução para a reforma da Previdência Municipal e a redução de custos com pessoal.  No seu projeto para apresentar numa eventual candidatura sua a prefeito, o colegiado, assessores, diretores e presidentes de autarquias seriam nomeados com prioridade a nomes do quadro de servidores estáveis. Ele justifica a medida com a economia com salários, que seria revertida em obras e ações à população, além de fazer frente aos gastos com o custeio, folha, aposentados e dívidas, hoje beirando os 80% da receita. Além da economia, a medida estimularia a produtividade, pela valorização e a expectativa de carreira aos servidores, pois, ser comissionado não seria mais uma função transitória.

 


821 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-