Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Anunciar Empresa
DEPUTADO SUGERE IMPLOSÃO DA PONTE HERCÍLIO LUZ/SC – Jessé Lopes/PSL, é da CPI que investiga suspeitas de irregularidades na reforma dessa ponte.

DEPUTADO SUGERE IMPLOSÃO DA PONTE HERCÍLIO LUZ/SC – Jessé Lopes/PSL, é da CPI que investiga suspeitas de irregularidades na reforma dessa ponte.

O PARLAMENTAR ENTENDE QUE A POPULAÇÃO DE TODO O ESTADO NÃO PODE CONTINUAR PAGANDO POR UMA OBRA INÚTIL E QUE
DEPUTADO SUGERE IMPLOSÃO DE PONTE EM FLORIANÓPOLIS/SC – “Se for corrigido o que já foi gasto em reformas, o montante passará de R$ 1 bilhão”.

DEPUTADO SUGERE IMPLOSÃO DE PONTE EM FLORIANÓPOLIS/SC – “Se for corrigido o que já foi gasto em reformas, o montante passará de R$ 1 bilhão”.

ESTÁ EM ANDAMENTO A CPI DA PONTE HERCÍLIO LUZ, QUE  INVESTIGA SUSPEITA DE MAU USO DO DINHEIRO PÚBLICO EM CONTRATOS
NEM FOI CONCLUÍDA A REFORMA DA PONTE HERCÍLIO LUZ E AS OUTRAS JÁ ESTÃO LARGANDO PEDAÇOS – Está na hora de parar de gastar com pontes em Florianópolis.

NEM FOI CONCLUÍDA A REFORMA DA PONTE HERCÍLIO LUZ E AS OUTRAS JÁ ESTÃO LARGANDO PEDAÇOS – Está na hora de parar de gastar com pontes em Florianópolis.

QUE TAL COMEÇAR A SE PENSAR EM MUDAR A CAPITAL PARA O CENTRO DO ESTADO? Nem foi concluída a reforma da
PEC DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA NO SENADO – Tendência é qualquer inclusão ocorrer por PEC Paralela.

PEC DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA NO SENADO – Tendência é qualquer inclusão ocorrer por PEC Paralela.

COMEÇAM AUDIÊNCIAS PÚBLICAS E VOTAÇÕES SÃO PREVISTAS PARA 5 DE SETEMBRO E 10 DE OUTUBRO. Já é certa a edição na Casa
SISTEMA FOREVER ÁGUIAS BRASIL DE CRICIÚMA – Treinamento foca nova revolução em produtos para a pele.

SISTEMA FOREVER ÁGUIAS BRASIL DE CRICIÚMA – Treinamento foca nova revolução em produtos para a pele.

SÃO MODERNOS RECURSOS PARA VOCÊ MANTER SUA PELE SEMPRE JOVEM,  SAUDÁVEL, BEM ACESSÍVEIS E SUSTENTÁVEIS. Os produtos Forever são concebidos a
DISCUSSÃO SOBRE PONTES REACENDE IDEIA DA MUDANÇA DA CAPITAL – Qual a solução ideal? Gastar dinheiro com pontes, privatizá-las, ou a mudança da administração para o interior?

DISCUSSÃO SOBRE PONTES REACENDE IDEIA DA MUDANÇA DA CAPITAL – Qual a solução ideal? Gastar dinheiro com pontes, privatizá-las, ou a mudança da administração para o interior?

A ideia da mudança da estrutura administrativa da capital para o interior chegou até a constar das disposições transitórias  da
QUANTO VALEM A SOBERANIA DO BRASIL E A DA AMAZÔNIA? – Não serão algumas doações em dólares que irão comprar nossa autodeterminação ambiental.

QUANTO VALEM A SOBERANIA DO BRASIL E A DA AMAZÔNIA? – Não serão algumas doações em dólares que irão comprar nossa autodeterminação ambiental.

CLARO QUE VAMOS PRESERVARA A AMAZÔNIA E QUE PRECISAMOS DE RECURSOS, MAS, NOSSA DIGNIDADE E SOBERANIA NÃO TEM PREÇO. Isso é
ESPAÇO MUNICIPAL – A PÁGINA DA MINHA TERRA: AMPÉRE, A CIDADE DO EMPREGO

ESPAÇO MUNICIPAL – A PÁGINA DA MINHA TERRA: AMPÉRE, A CIDADE DO EMPREGO

Tem inicio hoje a série “ESPAÇO MUNICIPAL”. Objetivo é mostrar as potencialidades e os fatos marcantes dos municípios de nossa

CÂMARA DE LAGES DÁ EXEMPLO – Pauta limpa mesmo com a Copa e as festas


l2
Esta postagem foi publicada em 19 de junho de 2018 Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo, Política.

ENQUANTO NO CONGRESSO NUNCA DÁ QUÓRUM, A CÂMARA DE LAGES DÁ EXEMPLO DE PRODUÇÃO.

Nas quatro últimas sessões da Câmara de Vereadores de Lages houve muita produtividade. A começar pela sessão realizada na segunda, 11 de junho, que os vereadores aprovaram um projeto de lei, cinco pedidos de informação e duas moções legislativas. Saiba mais sobre os assuntos deliberados na Câmara Municipal. Confira:

Projeto de lei

O projeto de lei 038/2018, de autoria do Executivo Municipal, altera o artigo 2º e acresce o artigo 2º-A à Lei nº 891, de 20.06.1985, que institui eleição direta para escolha dos diretores escolares. Dessa forma, o novo texto define que não haverá eleições para diretores nas unidades escolares com número de alunos inferior a cem, considerando o número de alunos matriculados na data da publicação do edital de lançamento da eleição.

Pedidos de Informação

O pedido de informação 121/2018 questiona à Prefeitura Municipal se diante da redução do preço do óleo diesel, dado a exclusão de alguns impostos (PIS-Cofins e Cide), a tarifa operacionalizada pela prestadora do serviço de transporte coletivo na cidade terá reflexo para o usuário, ou seja, se haverá redução no preço da passagem. Outra indagação é sobre qual o efetivo impacto na redução do custo no transporte coletivo representado pela retirada dos impostos elencados. “Fizemos uma pesquisa que apontou a redução de 8,33% no preço do diesel nos postos de Lages, sendo que antes do movimento era vendido a R$ 3,99 e agora caiu para R$ 3,53. Como o preço do combustível é um dos fatores que impacta no valor da passagem do coletivo queremos saber se o reflexo dessa redução chegará aos usuários desse serviço”, explicou o proponente da matéria, vereador Lucas Neves (Progressistas).

O pedido de informação 122/2018 pergunta ao prefeito Antonio Ceron (PSD) se existe um cronograma específico para a implantação de redutores de velocidade (travessias elevadas) nas seguintes avenidas: Antônio Ribeiro Dos Santos, bairro da Várzea; Luiz de Camões (em frente a Escola de Educação Básica Rubens de Arruda Ramos), no Coral; Corina Caon com rua Senador Salgado Filho, no Jardim Cepar; Papa João XXIII com Rua Joinvile, no bairro Petrópolis e, também, para a rua Edmundo da Costa Arruda (proximidades do conjunto habitacional), no Bela Vista. De autoria do vereador Lucas Neves (Progressistas), o documento será enviado ao Executivo Municipal, que terá até 30 dias para responder.

O pedido de informação 124/2018 busca esclarecimentos sobre a concessão da tarifa social pela Secretaria Municipal de Águas e Saneamento de Lages (Semasa). Autor do pedido, o vereador Ivanildo Pereira (PR) pergunta: quais os critérios ou documentos necessários, quais os prazos e se há custos para a obtenção da tarifa social; se o referido programa tem assistente social e/ou psicóloga e quantas famílias são atendidas com esse benefício. As dúvidas serão enviadas ao prefeito Antonio Ceron (PSD), que terá o prazo de 30 dias para responder.

O pedido de informação 125/2018 solicita ao Executivo Municipal informações sobre o número de servidores efetivos do município que recebem função gratificada, qual a classe de função gratificada que se enquadram e qual o critério ou justificativa para concessão da função gratificada aos servidores. As dúvidas, apresentadas em conjunto pelos vereadores Amarildo Farias (PT), Bruno Hartmann (PSDB), Ivanildo Pereira (PR), Jair Junior (PSD), João Chagas (PSC) e Osni Freitas (PDT), destinam-se a responder as solicitações de pessoas da comunidade lageana, bem como cumprir com o papel de fiscalizador dos legisladores. O documento será encaminhado ao prefeito Antonio Ceron (PSD).

O pedido de informação 126/2018 indaga à Prefeitura sobre o parecer desfavorável da Procuradoria Geral do Município acerca da possibilidade de disponibilização de cotas de exames médicos via Sistema Único de Saúde (SUS) aos sindicatos e também o parecer desfavorável do Centro de Apoio Operacional de Direitos Humanos e Terceiro Setor do Ministério Público do Estado de Santa Catarina, acerca da possibilidade de aceitação e Autorização de Internação Hospitalar (AIH) de pacientes atendidos por médicos particulares. Apresentado pelo vereador David Moro (MDB), os questionamentos acerca do assunto serão encaminhados ao prefeito Antonio Ceron (PSD).

Moção Legislativa

A moção legislativa 105/2018 recomenda à Administração Municipal a abertura de concurso público para o Programa de Defesa do Consumidor (Procon) de Lages, com a criação do cargo de Fiscal de Defesa do Consumidor. A matéria teve a autoria do vereador David Moro (MDB), porém o assunto já foi pauta na Câmara em outras oportunidades, através das moções 275/2017 e 38/2018, respectivamente propostas pelos vereador Amarildo Farias (PT) e Lucas Neves (Progressistas). Novamente, a sugestão será enviada para análise do prefeito Antonio Ceron (PSD).

A moção legislativa 107/2018 apoia os projetos de lei do Senado Federal número 580/2015, o qual estabelece a obrigação de o preso ressarcir o Estado das despesas com a sua manutenção no sistema prisional, mediante recursos próprios ou por meio de trabalho, bem como ao 063/2018, que prevê a construção de colônias agrícolas para o cumprimento de penas por crimes cometidos sem violência no regime semiaberto. A matéria foi proposta pelos vereadores Osni Freitas (PDT) e Ivanildo Pereira (PR).

 


104 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-